O
s carboidratos são formados por carbono, hidrogênio e oxigênio, formando cadeias de açúcares simples ou complexas. São encontrados em vegetais, raízes, tubérculos, cereais, leguminosas e frutos.
        Os principais carboidratos utilizados na alimentação humana são: o amido, a sacarose, a lactose e aqueles encontrados nos frutos.
        De acordo com sua atuação no organismo são divididos em:
        MONOSSACARíDEOS: não necessitam sofrer qualquer transformação para serem absorvidos pelo nosso corpo, passando diretamente do intestino para o sangue.
        DISSACARÍDEOS: são compostos por duas moléculas de monossacarídeos associadas, que são separadas por hidrólise, quando no organismo.
        POLISSACARÍDEOS: originários da condensação de vários mono. No organismo funcionam como agentes estruturais e reserva metabólica de monossacarídeos.
        O amido é um polissacarídeo formado por amilose e amilopectina. A amilose é uma macromolécula constituída de 250 a 300 resíduos de D-glicopiranose, ligadas por pontes glicosídicas alfa-1,4, que conferem à molécula uma estrutura helicoidal. Já a amilopectiana é menos hidrossolúvel que a amilose e compõe-se de aproximadamente 1400 resíduos de alfa-glicose, ligados por pontes glicosídicas alfa-1,4, ocorrendo também ligações alfa-1,6. Ela constitui cerca de 80% dos polissacarídeos existentes no grão de amido.
        O amido é encontrado em sementes, raízes, tubérculos, bulbos e em alguma porcentagem nos caules e nas folhas dos vegetais. Encontra-se em grandes quantidades na batata, pão, arroz, macarrão e cereais. Na digestão o amido é decomposto, por reações de hidrólise, em carboidratos menores, como a glicose, que é a fonte primária de energia para o corpo. Essa hidrólise é efetuada pelas enzimas amilases existentes na saliva e no suco pancreático. A maior parte da nossa necessidade de carboidratos é fornecida por amidos.

FECHAR