Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial

Último evento: I Salão de Ações Afirmativas

Destaques do I SALÃO DE AÇÕES AFIRMATIVAS

Esses são os autores dos trabalhos destaques no I Salão de Ações Afirmativas da UFRGS, sendo - portanto - todos candidatos ao Prêmio Abdias do Nascimento.
A cerimônia de entrega do prêmio será no dia 24 de outubro, às 16h30min, no Salão de Atos da UFRGS.

 

Edianie Bardoni
Vander Rodrigues
Waldemar Moura
Jessica Prestes
Manoel Avila da Silva
Cidara Souza
Letícia Gomes Farias
Dinamara Prates
Adilson Silva da Silva
Ellen Platt
Josiane de Assis Bueno
Aline Domingos
Priscila Nunes
Vanessa Rodrigues da Silva
Ana Isabel Melo Santos
Vanessa Rose da Costa
Diego de Matos Noronha
Carolina Pereira Montiel

 

 

 

APRESENTADORES DE TRABALHO NO SALÃO DE AÇÕES AFIRMATIVAS DA UFRGS

Listagem completa com informações, horários e locais das apresentações

https://plone.ufrgs.br/acoesafirmativas/aluno-ufrgs/apresentacoes-salao-acoes-afirmativas-sessao-e-local/view

 

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA do salão de ações afirmativas ->

http://www.ufrgs.br/salaoufrgs/programacao/acoes-afirmativas/

--------------------------

Prezado participante

Está disponibilizado no link abaixo o modelo para confecção do poster eletrônico virtual.

O poster é opcional, no entanto será considerado para avaliação e premiação.

O arquivo deverá ser postado no

sistema de inscrição, a partir do modelo da imagem abaixo -->

https://plone.ufrgs.br/acoesafirmativas/aluno-ufrgs/poster-virtual/at_download/file

 https://www1.ufrgs.br/EventosInstitucionais/PortalYii/evento/55

sob a forma de upload até o dia 16/10.


Poster Virtual

I SALÃO AÇÕES AFIRMATIVAS 

 

Em 2014, acontece  o XXVI Salão de Iniciação Científica. No SIC desse ano A UFRGS abre um espaço para novas exposições. Com isso, nasce o I Salão de Ações Afirmativas. Será um espaço para trabalhos, ações e projetos que visam à promoção da educação para as relações étnico-raciais, tanto para pessoas de dentro da Universidade quanto de fora.

Clique aqui para acessar e salvar o Regulamento:

--> https://plone.ufrgs.br/acoesafirmativas/aluno-ufrgs/i-salao-de-acoes-afirmativas/view

 

RELAÇÃO DOS TRABALHOS ACEITOS


Temos o prazer de informar a relação de trabalhos aceitos e homologados para o I Salão de Ações Afirmativas, concorrendo ao Prêmio Abdias do Nascimento.

 As apresentações deverão realizadas nos dias 22 e 23 de outubro nos turnos da manhã e da tarde. O horário e o local das apresentações será informado no dia 21/10.

Conforme prevê o regulamento, além da apresentação oral, o participante poderá apresentar seu trabalho sob a forma poster eletrônico. O modelo será disponibilizado até o dia 10/10.

Caso tenha alguma dúvida, nos acione pelo telefone: 3308-4582 ou por email acoesafirmativas@ufrgs.br.

 

Autor(a) Titulo do Trabalho
ADILSON SILVA DA SILVA Diário de Campo sobre Rincão dos Negros: intolerância e segregação racial e seus novos desdobramentos.
ALINE DOMINGOS Estudo exploratório sobre a permanência de estudantes indígenas na UFRGS
ANA ISABEL MELO DOS SANTOS Monitoria Indígena: encontro de culturas, lugar de trocas e de aprendizagens
ANA LUCÉLIA SILVA DIAS “Agora é hora de você assumir... ou sumir”
ANA LUCIA LIBERATO TETTAMANZY Os donos da palavra contra as palavras do dono
ANDRESSA DAS NEVES TEIXEIRA A INFLUÊNCIA DO FÓRUM PERMANENTE DE MOBILIDADE HUMANA NA FORMULAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DIRECIONADAS A HAITIANOS NO RIO GRANDE DO SUL
BRUNA MORELO O Curso de Leitura e Escrita na Universidade para Estudantes Indígenas da UFRGS: uma ação de permanência no campo das linguagens
CAMILA CORÓ SCHWERZ projeto Africa
CARLA BEATRIZ MEINERZ Trajetórias da educação das relações étnico-raciais no Rio Grande do Sul: o caso de Cachoeirinha
CARLA MARLISE SILVA Africanidades: conexão de saberes a partir de uma perspectiva multidisciplinar
CARLOS ALBERTO KALINOVSKI HOFFMANN ADMINISTRAÇÃO DE COMUNIDADES DE TERREIRO DAS RELIGIÕES DE MATRIZ-AFRICANA: ELEMENTOS EPISTEMOLÓGICOS PARA O DEBATE DE UMA INSTITUCIONALIZAÇÃO AFROCENTRADA
CÁSSIO HENRIQUE SILVA DA SILVA Quilombismo Contemporâneo
CIDARA LOGUERCIO SOUZA Diálogo com a Cultura Indígena Mbyá-Guarani
CLÁUDIA ROCHA DAVID O Brincar pela janela do meu olhar:visibilidade e construção de cidadania no Projeto Brincando COMPAZ
CRISTIANE SILVEIRA GUEDES PRODUÇÃO CULTURAL AFRO-BRASILEIRA PARA AS CRIANÇAS: BOAS PRÁTICAS METODOLÓGICAS NA ABORDAGEM DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA A PARTIR DA LEI FEDERAL 10.639/03
CRISTINA DA SILVA BRITO Alternativas para o combate ao racismo no ambiente escolar
DAIANA CLOTILDES FERREIRA NOGUEIRA AS AÇÕES AFIRMATIVAS NO ÂMBITO DA UNIPAMPA: A SITUAÇÃO DOS COTISTAS NEGROS
DANIELE MACHADO VIEIRA PERCURSOS NEGROS EM PORTO ALEGRE: geografias para educação das relações étnico-raciais
DIEGO DE MATOS NORONHA Projeto Novos Talentos - Subprojeto: Ações de implementação da Lei Federal 10.639/03 e 11.645/08 em escolas municipais e estaduais de Uruguaiana – RS.
DINAMARA DA SILVA PRATES A INSERÇÃO DAS MULHERES NEGRAS NOS CARGOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR
EDIANIE ELIOMARA AZEVEDO BARDONI Leis 10.639/03 e 11.645/08:desafio político e pedagógico para a escola Chapéu do Sol
ELAINE OLIVEIRA SOARES Promotor@s em Saúde da População Negra
ELLEN DIOGO PLATT O debate sobre política de cotas e sua conexão com questões étnico-raciais
FABIANE Educação antirracista para enfrentar desigualdades.
FELIPE GADELHA ROCHA Afirme Ações: Ações afirmativas do ensino médio ao ensino superior
GIOVANA DA SILVA LENZI AFIRMAÇÃO DE IDENTIDADES NEGRAS NA ESCOLA: Desafios e Possibilidades
GUILHERME PIETRO ASSANDRI BONATO Conversações Afirmativas: um exercício de alteridade
IVANIZE CHRISTIANE DO NASCIMENTO HONORATO REVISITANDO OS REFERENCIAIS CURRICULARES DA ESCOLA MUNICIPAL JOÃO ANTONIO SATTE SOB O OLHAR DA LEI 10.639
IVANIZE CHRISTIANE DO NASCIMENTO HONORATO O DESAFIO DA OVELHA:IMPLEMENTAÇÃO DA LEI 10.639 NA SALA DE AULA E SALA DOS PROFESSORES
JADE GARCIA ROCHA Alimentação e plantas medicinais da comunidade indígena Sol Nascente, Osório, Rio Grande do Sul
JAQUELINE ROSA DA CUNHA Cultura e Literatura Afro-brasileira e Indígena no PROEJA: (re)conhecendo as nossas origens
JÉSSICA MELO PRESTES Territórios Negros Urbanos: descobrindo a Porto Alegre negra
JOÃO BATISTA RODRIGUES Racismo e Evasão Escolar
JOSÉ CARLOS FERRARI JUNIOR DESVELANDO MITOS DA FORMAÇÃO ESPACIAL E ECONÔMICA DO RIO GRANDE DO SUL NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
JOSIANE DE ASSIS BUENO Qual é o pente que te penteia? Uma análise antropológica sobre o afro-consumo feminino na cidade de Porto Alegre
JOSIAS LOUREIRO DE MELLO Projeto Saída de Campo para Aldeia de Pinhalzinho: construindo saberes a partir do diálogo intercultural
JULIANA PAIVA PALHARES Universidade Pública: Tô Dentro
JULIANA PAIVA PALHARES EDUCAÇÃO PARA DIVERSIDADE ÉTNICA E RACIAL: TERRA DE NEGRO, TERRA DE ÍNDIO, HISTÓRIAS NÃO CONTADAS EM SAPIRANGA
LESLIE SEDREZ CHAVES Usos da internet nos movimentos sociais negros em rede na luta pela igualdade racial no Brasil: Estudo de caso da Agência Afropress
LETICIA GOMES FARIAS Uma terra cor de terra: Trabalhando relações étnico- raciais nos anos iniciais do ensino fundamental
LILIAM RAMOS DA SILVA Contação de histórias: Personagens negros no romance hispano-americano
LILSIMARA DOS SANTOS ROZA PRODUÇÃO CULTURAL AFRO-BRASILEIRA PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA (LEI FEDERAL 10.639/03)
LIZIANE GUEDES DA SILVA PROMOTOR@S EM SAÚDE DA POPULAÇÃO NEGRA: SAÚDE PÚBLICA, RACISMO INSTITUIONAL E FORMAÇÃO PROFISSIONAL
LUCIANA SILVEIRA EGRES Projeto: Mulheres Negras que fazem a diferença no SUS – Sistema Único de Saúde
LUCIANE BELLO O processo de resiliência em trajetórias de cotistas negros da UFRGS: virando a página
LUCIANE DE OLIVEIRA MACHADO UM REPENSAR SOBRE A IMPORTÂNCIA DA RELIGIÃO DE MATRIZ AFRICANA NA SALA DE AULA
LUECI DA SILVA SILVEIRA Tecendo falas e problematizando olhares no cotidiano escolar: a compreensão dos alunos do ensino médio no estudo das religiões afro-brasileiras
LUIZ CARLOS DA SILVA VIEGAS JUNIOR O PET-Saúde/Redes de Atenção à Saúde Indígena e o potencial na formação de profissionais adequados ao contexto intercultural da saúde indígena
MANOEL JOSÉ ÁVILA DA SILVA Combate ao racismo nos anos iniciais do Ensino Fundamental: uma ação exemplar
MÁRCIA DA SILVA VIEGAS Maracatu: prejuicio religioso y racial como temática para la clase de lengua española
MARIA DE FÁTIMA NASCIMENTO URRUTH Educação Indígena e Educação Ambiental
MARTA REGINA DOS SANTOS NUNES O Meio Ambiente nas Comunidades Tradicionais de Matriz africana como base para implementação da Lei 10.639/03
PRISCILA NUNES PEREIRA Experiências na Coordenação Estadual da Saúde da População Negra: visões de duas jovens negras
PRISCILA NUNES PEREIRA Ação educativa: A representação do negro no Museu Júlio de Castilhos
RAFAEL DOS SANTOS DE OLIVEIRA GUARDA NEGRA: HEGEMONIA CAPOEIRISTA NO FINAL DO IMPÉRIO
SONIA ROSELI LIKES LOURENÇO A BELEZA ESTÁ NA DIFERENÇA: Um Projeto de Educação para a Diversidade
TOBIAS DEPRÁ ROSA Políticas educacionais na escola: tensionando a discriminação e o preconceito.
VANDER LUIS DUARTE RODRIGUES Escola D’Avila: História em Quadrinhos como instrumento didático para o estudo da história e da cultura Afro-brasileira.
VANESSA RODRIGUES DA SILVA Reconciliação: Um Encontro Entre Nós
VANESSA ROSA DA COSTA Identidade Docente no Curso UNIAFRO- 1ª Ed.
VITÓRIA FERNANDES PORTO Neabi do IFRS - Câmpus Osório
WAGNER LUÍS DAS NEVES TEIXEIRA Os libertos brasileiros e seu retorno à África no século XIX
WALDEMAR MOURA LIMA Contando a Verdade, Cantando a História
ZULEIKA ANDRADAS ALBUQUERQUE RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NEGRA: PROPOSTA DE AÇÃO PEDAGÓGICA EM ESCOLA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE

 

 

_______________________________________________________________________________

CALOURADAS AFIRMATIVAS - * será conferido certificado aos participantes

Para receber e dar as boas vindas aos calouros cotistas, convidamos a todos para uma atividade de recepção no Campus Saúde.

Programação:


Atividade cultural com a participação de Andressa Ferreira, Gutcha Ramil

Palestrantes:
Prof. Dr. Jorge Riscado - Universidade Federal de Alagoas
Saúde de população indígena e negra

Baba Diba Iyemonja - Estudante cotista do curso de Saúde Pública
Saúde, Religiosidade, Interculturalidade

Denize Marcolino - Enfermeira Indígena e Luciola Belfort - Estudante Indígena
Saberes e conhecimentos indígenas antes e depois da experiência universitária

Jumara Ferreira - Enfermeira e mestranda de Sociologia
Trajetórias profissionais negras

Dia 11 de setembro, 17h
Auditorio da Escola de Enfermagem da UFRGS!

CALOURADAS AFIRMATIVAS

 


_____________________________________________________________________
 

I Encontro Esportivo e Cultural Indígena da UFRGS

Será realizado no dia 13 de setembro o I Encontro Esportivo e Cultural Indígena da UFRGS que reunirá, membros dos povos Kaingang e Guarani,  estudantes e a comunidade. O objetivo é difundir a cultura indígena por meio de oficinas, apresentações e jogos no Campus Olímpico da Universidade.

As inscrições poderão ser realizadas no blog, na CAF ou na PRAE. Será oferecido um almoço para os presentes, além de lembranças indígenas que serão entregues ao final do evento.

Ainda, criamos um blog para servir de suporte aos principais questionamentos. Lá você encontrará "Sobre o Encontro": ficha de inscrição, contatos, localização e imagens indígenas. Na permanência de dúvidas entrar em contato com a CAF por email, telefone ou visita.

Contamos com a presença de todos a fim de tornar essa atividade um momento para difundir a cultura indígena presente no interior da universidade.

CAF/UFRGS

 

Blog: http://encontro-indigena.webnode.com/

Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/708155159232279/?fref=ts

Facebook: https://www.facebook.com/cotas.UFRGS

 

Imagem jogos indígenas 2014

______________________________________________________________________________

 

Em recente decisão (245/2014), o Conselho Universitário (CONSUN) da UFRGS altera o percentual de cotas nas próximas seleções para ingresso na graduação via Concurso Vestibular e Sistema de Seleção Unificada (SiSU). De acordo com o texto aprovado, o índice de vagas destinadas às ações afirmativas aumenta de 30% para 40% em cada curso de graduação da UFRGS no Vestibular e no SiSU em 2015. O texto ainda prevê um índice de 50% nas seleções a partir de 2016.

Consulte o texto consolidado  (268/2012 e modificações) que regulamenta o Programa de Ações Afirmativas na UFRGS

A medida tem o objetivo de adequar os processos de ingresso da Universidade à Lei Federal nº 12711/2012, que exige ampliação gradual do índice de vagas reservadas para 50% até 2016 em todas as instituições federais de ensino. Quanto às modalidades de cotas, em que as oportunidades são divididas por categorias conforme renda e raça/etnia, nada foi alterado, mantendo-se as quatro categorias.

As vagas para ingresso na UFRGS são divididas entre o Concurso Vestibular e o SiSU (Sistema de Seleção Unificada, que utiliza a nota do Exame Nacional do Ensino Médio). O Vestibular fica com 70% das vagas e o SiSU com as 30% restantes. O índice de 40% de reserva de vagas para as Ações Afirmativas no ingresso em 2015 é válido tanto para o Vestibular quanto para o SiSU.

Como são as cotas na UFRGS?

O percentual de 40% de vagas reservadas às Ações Afirmativas destina-seexclusivamente a egressos do ensino médio no sistema público, de acordo com as seguintes categorias:

Ra) candidatos com renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita;

Rb) estudantes com renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita, com registro de autodeclaração étnico-racial (preto, pardo ou indígena);

Rc) candidatos com renda familiar bruta superior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita;

Rd) alunos autodeclarados e com renda familiar bruta superior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita.

Vagas na UFRGS: http://www.ufrgs.br/acoesafirmativas/informacoes/copy_of_Slide1.JPG/view


 

 

A UFRGS disponibiliza 6 vagas para ingresso extravestibular aos estudantes indígenas no 2º semestre de 2014, através do Edital de Abertura de Inscrições. 

Caso seja o seu interesse, acessa o Edital, preenche o formulário e abre o processo de solicitação na Coordenadoria de Ações Afirmativas (CAF) da Universidade.

 

Aqui estão os links para acesso do edital e formulário!

 

- Edital

- Formulário ( http://www.ufrgs.br/prograd/processos-seletivos/ingresso-extravestibular/formulario-para-solicitacao-de-tranferencia-interna-indigena )

Para maiores informações, o email  da Coordenadoria de Ações Afirmativas é acoesafirmativas@ufrgs.br.


Recepção aos novos estudantes indígenas 

 

novos estudantes indígenas
       Foto: Gustavo Diehl/UFRGS

 

A UFRGS deu as boas-vindas aos estudantes indígenas aprovados no Processo Seletivo Específico para Ingresso de Estudantes Indígenas, que oferece dez vagas em diferentes cursos de graduação. Na manhã de ontem (11), eles ouviram orientações das Pró-Reitorias de Graduação e de Assuntos Estudantis e da Coordenadoria de Ações Afirmativas. Em vídeo, a primeira estudante indígena formada na UFRGS, a enfermeira Denize Letícia Marcolino, relatou sua experiência.

Os estudantes entregaram os documentos exigidos na primeira fase da matrícula, junto ao Decordi, e confeccionaram o cartão de identificação da Universidade. À tarde, eles realizarão a matrícula presencial nas Comissões de Graduação de seus cursos.

Os estudantes que compareceram hoje e seus respectivos cursos:

Ana Paula Nascimento, Odontologia – Diurno;

Daniel Acosta, Artes Visuais – Licenciatura;

Denise Leopoldino Cipriano, Fisioterapia;

Edson Ribeiro, Saúde Coletiva – Bacharelado - Noturno;

Elisa Regina Freitas da Rosa, Medicina;

Marleidi Vennh Kosó Leopoldino, Nutrição;

Paulo Segio da Silva, Políticas Públicas - Bacharelado – Noturno;

Rodrigo Mariano, Ciências Jur/Soc - Direito – Diurno;

Silvana Moreira Claudino, Serviço Social -Bacharelado – Noturno.

 

Fonte: UFRGS Notícias

 

 

CEUE Pré-vestibular está com inscrições abertas

São oferecidas 240 vagas para os turnos tarde e noite

 O Centro dos Estudantes Universitários de Engenharia – CEUE está com as inscrições abertas até 31 de janeiro para o curso preparatório do vestibular da UFRGS. São oferecidas 240 vagas, sendo 120 para o turno da tarde e 120 para o turno da noite.  As inscrições são realizadas das 9h às 12h e das 14h às 18h na sala 605, do Prédio Novo da Engenharia (Av. Osvaldo Aranha, 99) e tem taxa de R$ 15,00, mais 1 quilo de alimento. O edital e a documentação necessária para inscrição podem ser acessados no site do CEUE.

 Destinado preferencialmente a alunos em condições de sensibilidade socioeconômica e oriundos da rede pública de ensino, o curso pré-vestibular tem processo seletivo dia 8 de fevereiro no Prédio Novo da Engenharia e consiste de prova com 25 questões de conhecimentos gerais do ensino médio e um parágrafo dissertativo.

 O curso se estende de 10 de março até o Vestibular da UFRGS, em janeiro de 2015, com custo mensal de R$ 60,00, valor que inclui  o material didático. Serão concedidas bolsas de estudos integrais para alunos que comprovarem no ato da inscrição que possuem renda inferior a 1 salário-mínimo e meio por pessoa e terem cursado integralmente a rede pública de ensino.

 

Divulgada lista de classificados do PSE Indígena 2014

 

A COPERSE, Comissão Permanente de Seleção, divulgou ontem a list ade classificados no Processo Seletivo Especial para Ingresso de Estudantes Indígenas, edição de 2014. São dez candidatos aprovados em dez diferentes cursos; a lista pode ser encontrada aqui.

Os candidatos também podem consultar os boletins de desempenho a partir desta página.

 

Curso pré-vestibular gratuito da UFRGS abre inscrições

 

O Projeto Educacional Alternativa Cidadã – PEAC, curso pré-vestibular ligado à Pró-Reitoria de Extensão da UFRGS, está com as inscrições abertas para novos alunos dos dias 20 a 23 de janeiro. O pré-vestibular é destinado a estudantes de baixa renda, com um total de 150 vagas, divididas em três turmas. Para ingressar no PEAC, o candidato passa por um processo de seleção e deve estar dentro do perfil de aluno do projeto.

Para se inscrever, é preciso preencher formulário de inscrição e entregar a documentação necessária na sala 103, das 15h às 20h, no prédio 43211 do Campus do Vale. Os candidatos serão analisados conforme tabela de avaliação socioeconômica. O edital e a lista de documentos que deverão ser entregues podem ser consultados no site do PEAC. É cobrada taxa de inscrição de três reais.

O projeto existe desde de 2000 e funciona no Campus do Vale da UFRGS. Os professores são todos alunos da graduação ou pós-graduação da Universidade. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail peac@ufrgs.br.

 

 

Processo Seletivo Específico para Ingresso de Estudantes Indígenas UFRGS 2014

 

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul torna pública a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Específico, mediante a oferta de 10 vagas a serem disputadas exclusivamente por estudantes indígenas do território nacional.

 

As inscrições deverão ser realizadas, exclusivamente pela internet, entre 13/12/2013 e 06/01/2014.

 

Para informações sobre os cursos oferecidos, consulte o Material de Divulgação dos cursos.

 

Para maiores informações, consulte o folder informativo e o Edital

.

 

Comunicado

 

Comunicamos que a Coordenadoria de Acompanhamento do Programa de Ações Afirmativas (CAF) não terá expediente externo no dia 12 de dezembro próximo.

 

Empossado Conselho Consultivo da Coordenadoria de Ações Afirmativas

posse conselho

Foto: Ramon Moser

 

O Conselho Consultivo da Coordenadoria de Acompanhamento do Programa de Ações Afirmativas da UFRGS (CAF) foi empossado na tarde desta terça-feira, em cerimônia realizada no Salão Nobre da Reitoria. Integrado por representantes dos professores, dos alunos, dos técnico-administrativos e da sociedade civil, o conselho foi instituído pela decisão Nº 268/2012 do CONSUN que manteve a política de reserva de vagas na Universidade e determinou a criação de uma coordenadoria constituída por um coordenador (professora Luciene Simões), um vice-coordenador (Edilson Nabarro) e pelo conselho.

A coordenadora da CAF, Luciene Simões, abriu a cerimônia fazendo um agradecimento a todos os envolvidos na política de cotas desde 2008 “pelo que já fizeram e aos que agora chegam pelo que ainda vamos fazer”, afirmou. Ao saudar os conselheiros, a coordenadora disse que a equipe abraça um projeto de futuro das ações afirmativas na UFRGS e que tem por desafio ajudar na revitalização da rede de apoio à política. O vice-reitor Rui Vicente Oppermann também destacou a responsabilidade dos conselheiros em dar continuidade ao programa e em promover a incorporação pela Universidade do aprendizado que o processo de inclusão proporciona. A missão do conselho foi destacada também pelo reitor Carlos Alexandre Netto, que afirmou: "o sucesso de vocês é o sucesso da UFRGS".

A cerimônia, que lotou o Salão Nobre, teve também o lançamento de duas importantes publicações: Relatório do Programa de Ações Afirmativas da UFRGS 2008-2012 e Estudantes Indígenas no Ensino Superior - Uma abordagem a partir da experiência na UFRGS. Os livros reúnem as avaliações do Programa e relatos de experiências docentes e discentes neste processo. As publicações estão disponíveis aos interessados na CAF. Membros da Administração Central, diretores de unidades acadêmicas, estudantes, professores e técnico-administrativos prestigiaram o evento.

Confira a composição do Conselho Consultivo da CAF:

Representantes por área:

  1. Ciências Agrárias: Prof. Eduardo de Bastos Santos
  2. Ciências Biológicas: Profª Ângela Terezinha de Souza Wyse,
  3. Ciências Exatas e da Terra: Prof. Paulo Roberto Rodrigues Soares,
  4. Ciências Humanas: Profª Maria Aparecida Bergamaschi
  5. Ciências da Saúde: Profª Marilise Oliveira Mesquita
  6. Ciências Sociais e Aplicadas: Profa. Ana Tercia Lopes Rodrigues
  7. Engenharias: Prof. Luiz Antonio Bressani
  8. Lingüística, Letras e Artes: Profª. Luciana Prass
Representante docente: Denise Fagundes Jardim
Representantes dos técnico-administrativos: Rita de Cassia dos Santos Camisolão e Rosane Barcelos Souza
Representante discente: André Simões e Marlise Paz dos Santos
Representantes da sociedade civil: Antonio Matos (Movimento Negro Unificado) e João Maria Fortes (Representante indígena do Conselho Estadual dos Povos Indígenas – CEPI)

Fonte: UFRGS Notícias


MEC LANÇA PROGRAMA DE BOLSAS NO EXTERIOR PARA NEGROS E ÍNDIOS


O Ministério da Educação (MEC) vai lançar um programa de intercâmbio internacional para negros, indígenas e pessoas com deficiência. O programa também fomentará o ingresso em mestrado e doutorado no Brasil de pessoas com esse perfil, com objetivo de aumentar o número de professores.

Batizado de "Programa de Desenvolvimento Acadêmico Abdias Nascimento", ele será uma espécie de Ciência Sem Fronteiras (CsF) - que já levou 38 mil estudantes para o exterior. Entretanto, enquanto o CsF é focado em áreas como Engenharia e Exatas, o novo programa dá prioridade às Humanas, como o combate ao racismo, igualdade racial, história afro-brasileira e indígena, acessibilidade, inclusão ações afirmativas. Para incentivar o ingresso desses alunos na pós-graduação no Brasil, o MEC também vai criar cursos preparatórios. A ideia é que haja a possibilidade de curso de leitura e produção de textos acadêmicos em português e em língua estrangeira, metodologia e projeto de pesquisa. Também há previsão de assistência estudantil.

Para maiores informações, confira a reportagem no jornal Estadão: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,mec-lanca-programa-de-bolsas-no-exterior-para-negros-e-indios-,1096844,0.htm

 

CAF NO SALÃO UFRGS 2013


A Coordenadoria de Ações Afirmativas estará presente em um estande no Salão UFRGS 2013. Um espaço com rodas de conversa, oficinas temáticas e projeção de vídeos sobre ações afirmativas, acesso à UFRGS e permanência dos estudantes cotistas na Universidade. Os encontros trarão convidados diretamente ligados com a temática, dentre eles, Ivair Augusto Alves dos Santos/UnB, o professor Marcelo Tragtenberg da UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina, ambos com larga experiência na implementação de programas de  Ações Afirmativas no Ensino Superior para negros, indígenas e oriundos de escolas públicas e Onir Araújo, representante do Movimento Negro Unificado. As atividades iniciam na segunda-feira a tarde, dia 21 de outubro, com a mesa "O Desafio da Permanência dos estudantes cotistas: política de benefícios e de acompanhamento acadêmico" no Prédio de Sala de Aulas da UFRGS."

Confira a programação completa das atividades da CAF -  http://www.ufrgs.br/salaoufrgs/programacao/acoes-afirmativas/


CAF NO I ENCONTRO NACIONAL DOS ESTUDANTES INDÍGENAS

enei

       Foto: Michele Doebber

De segunda a sexta desta semana, uma comitiva da UFRGS formada por técnico-administrativos e estudantes, entre os quais sete indígenas, participa do I Encontro Nacional de Estudantes Indígenas na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). 

O evento reúne mais de 300 estudantes de graduação e pós-graduação de 45 etnias brasileiras, bem como estudantes não indígenas. O ENEI foi concebido e organizado pelos estudantes indígenas da UFSCar, que participarão também das mesas de discussão do Encontro, ao lado de outras lideranças indígenas do País.

O evento tem transmissão on-line pela internet, através do link:http://webconf2.rnp.br/UAB_UFSCAR. Para acessar, basta preencher o campo "convidado" no horário marcado.

Informações sobre o Encontro também estão disponíveis na página do Facebook ou pelo site do evento.

 

ESTUDE NA EUROPA! - Mundus Lindo
Bolsas de mobilidade de graduação para estudantes negros e indígenas


mundus lindo

Mundus Lindo é um consórcio que compreende 20 universidades: 7 universidades europeias e 13 latino americanas, das quais 3 são brasileiras. O projeto, coordenado pela Universidade de Valladolid (Espanha), oferece bolsas de estudos para estudantes negros ou indígenas nas instituições europeias parceiras na modalidade graduação sanduíche. 
Mais informações sobre o programa estão disponíveis no site do MUNDUS LINDO: http://www5.uva.es/munduslindo/.

 

        CAF promove Calouradas Afirmativas

calouradas

A Coordenadoria de Acompanhamento do Programa de Ações Afirmativas CAF/UFRGS em conjunto com a Faculdade de Direito está promovendo atividade de recepção aos cotistas "Calouradas Afirmativas". 
Essa atividade tem como tema: Direitos para todos! E será realizada no dia 27 de agosto, 9h no Salão da Faculdade do Direito e terá a seguinte programação:
9h – Abertura
 
9h30 - Apresentação musical: Coral do Centro de Cultura Negra – CECUNE
 
10h - Mesa: Direitos para todos
 
Conferência: Estado da arte das Ações Afirmativas - Roger Raupp Rios – Juiz Federal do Tribunal Regional Federal 4ª Região
 
Agenda propositiva dos povos indígenas no campo do Direito – Lúcia Fernanda Jófej Kaingang – Advogada indígena do Instituto Indígena Brasileiro de Propriedade Intelectual
 
Agenda propositiva da população negra no campo do Direito – Jorge Luis Terra da Silva – Procurador do Estado da Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Sul
 
11h30 - Intervenção Poética: "Sankofa - ressignificando o presente" – Pâmela Amaro

COTAS UFRGS: É pra valer!

 

Visita a Aldeia Tekoa Nhundy

 

foto

Fonte: Tv brasil

No dia 8 de agosto, o Programa de Extensão da CAF -  Coordenadoria de Ações Afirmativas, realizou uma visita à Aldeia Tekoa Nhundy, com o objetivo de divulgar e esclarecer o programa de Ações Afirmativas da Universidade.

Foi realizada uma roda de conversa, com a participação dos alunos do ensino médio da Escola Estadual de Ensino Fundamental Karaí Nhee Katu, onde os mesmos puderam sanar suas dúvidas sobre a forma de ingresso e permanência na UFRGS.   

 

No site: UFRGS divulga edital de concessão de benefícios para Vestibular 2014

Candidatos podem solicitar, a partir do dia 12 de agosto, desconto ou isenção do pagamento do valor da inscrição.

Abre na próxima segunda-feira, dia 12 de agosto, o prazo para solicitação de desconto ou isenção do pagamento do valor da inscrição ao Vestibular UFRGS 2014. Os candidatos devem acessar antecipadamente o edital sobre o programa de benefícios, disponível em www.ufrgs.br/coperse/concurso-vestibular/vestibular-2014, para providenciar os documentos necessários. Estão disponíveis duas modalidades de benefício: desconto de 50% no valor da inscrição ou isenção total do custo.

Para solicitar o desconto, o candidato deve estar concluindo o Ensino Médio em 2013 e comprovar que cursou, com aprovação, todo o Ensino Médio em escola da rede pública. O benefício de isenção é concedido com base na Lei nº 12.799, de 10/04/2013 (renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio e ter cursado o Ensino Médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola da rede privada).

A solicitação do benefício deverá ser realizada exclusivamente pela internet, no site www.vestibular.ufrgs.br, da zero hora do dia 12 de agosto às 23h59min do dia 1º de setembro. A Comissão Permanente de Seleção (COPERSE) disponibilizará computadores, com acesso à internet, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h30min. O endereço da COPERSE é Rua Ramiro Barcelos, 2574 - Portão K - Bairro Santa Cecília - Porto Alegre.

Fonte: UFRGS Notícias

PRIMEIRO MESTRE INDÍGENA DA UFRGS

zaqueu 

        Fonte: UFRGS Notícias - Foto: Flávio Dutra

A UFRGS diplomou na tarde de ontem, 20 de junho, Zaqueu Key Claudino, que defendeu sua tese com o tema: A formação da pessoa nos pressupostos da tradição: Educação Indígena Kanhgág

Em seu trabalho, o aluno abordou as concepções da educação indígena a partir da tradição Kaingang, relacionando-as com a educação escolarizada. 

O estudante explicou que a necessidade do estudo surgiu de sua experiência pessoal, ao observar os processos de “tradução” e de ressignificação de seus elementos rituais para o contexto escolar. “O crescente número de Kaingang que vive nas aldeias e interage com o mundo não indígena suscita indagações quanto à transformação e à readaptação de seus discursos no que diz respeito aos estudos realizados nas escolas Kaingang. Esta pesquisa pretende explicitar como é realizado esse movimento e as formas de afirmação identitária e de conquistas políticas, principalmente no campo da educação indígena e da educação escolarizada desenvolvida pelo Estado brasileiro, em suas diferentes esferas”, esclarece o mestre.

Sobre orientação da professora Maria Aparecida Bergamaschi, Zaqueu tornou-se o primeiro indígena a receber título de mestre pela UFRGS.

Ações do documento

Prograd     prorext     SAE

« Outubro 2014 »
Outubro
SeTeQuQuSeSaDo
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Salão de Iniciação Científico 

 

Em 2014, acontece  o XXVI Salão de Iniciação Científica. No SIC desse ano A UFRGS abre um espaço para novas exposições. Com isso, nasce o I Salão de Ações Afirmativas. Será um espaço para trabalhos, ações e projetos que visam à promoção da educação para as relações étnico-raciais, tanto para pessoas de dentro da Universidade quanto de fora.

Clique aqui para acessar e salvar o Regulamento:

--> https://plone.ufrgs.br/acoesafirmativas/aluno-ufrgs/i-salao-de-acoes-afirmativas/view

 Clique aqui para fazer sua inscrição:

--> https://www1.ufrgs.br/EventosInstitucionais/PortalYii/evento/55

 


Coordenadoria de Acompanhamento do Programa de Ações Afirmativas

Email: acoesafirmativas@ufrgs.br

https://www.facebook.com/cotas.UFRGS

Telefones: (51)3308-4582 / 3308-3154