Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial

Recepção aos novos estudantes indígenas 

 

novos estudantes indígenas
       Foto: Gustavo Diehl/UFRGS

 

A UFRGS deu as boas-vindas aos estudantes indígenas aprovados no Processo Seletivo Específico para Ingresso de Estudantes Indígenas, que oferece dez vagas em diferentes cursos de graduação. Na manhã de ontem (11), eles ouviram orientações das Pró-Reitorias de Graduação e de Assuntos Estudantis e da Coordenadoria de Ações Afirmativas. Em vídeo, a primeira estudante indígena formada na UFRGS, a enfermeira Denize Letícia Marcolino, relatou sua experiência.

Os estudantes entregaram os documentos exigidos na primeira fase da matrícula, junto ao Decordi, e confeccionaram o cartão de identificação da Universidade. À tarde, eles realizarão a matrícula presencial nas Comissões de Graduação de seus cursos.

Os estudantes que compareceram hoje e seus respectivos cursos:

Ana Paula Nascimento, Odontologia – Diurno;

Daniel Acosta, Artes Visuais – Licenciatura;

Denise Leopoldino Cipriano, Fisioterapia;

Edson Ribeiro, Saúde Coletiva – Bacharelado - Noturno;

Elisa Regina Freitas da Rosa, Medicina;

Marleidi Vennh Kosó Leopoldino, Nutrição;

Paulo Segio da Silva, Políticas Públicas - Bacharelado – Noturno;

Rodrigo Mariano, Ciências Jur/Soc - Direito – Diurno;

Silvana Moreira Claudino, Serviço Social -Bacharelado – Noturno.

 

Fonte: UFRGS Notícias

 

 

CEUE Pré-vestibular está com inscrições abertas

São oferecidas 240 vagas para os turnos tarde e noite

 O Centro dos Estudantes Universitários de Engenharia – CEUE está com as inscrições abertas até 31 de janeiro para o curso preparatório do vestibular da UFRGS. São oferecidas 240 vagas, sendo 120 para o turno da tarde e 120 para o turno da noite.  As inscrições são realizadas das 9h às 12h e das 14h às 18h na sala 605, do Prédio Novo da Engenharia (Av. Osvaldo Aranha, 99) e tem taxa de R$ 15,00, mais 1 quilo de alimento. O edital e a documentação necessária para inscrição podem ser acessados no site do CEUE.

 Destinado preferencialmente a alunos em condições de sensibilidade socioeconômica e oriundos da rede pública de ensino, o curso pré-vestibular tem processo seletivo dia 8 de fevereiro no Prédio Novo da Engenharia e consiste de prova com 25 questões de conhecimentos gerais do ensino médio e um parágrafo dissertativo.

 O curso se estende de 10 de março até o Vestibular da UFRGS, em janeiro de 2015, com custo mensal de R$ 60,00, valor que inclui  o material didático. Serão concedidas bolsas de estudos integrais para alunos que comprovarem no ato da inscrição que possuem renda inferior a 1 salário-mínimo e meio por pessoa e terem cursado integralmente a rede pública de ensino.

 

Divulgada lista de classificados do PSE Indígena 2014

 

A COPERSE, Comissão Permanente de Seleção, divulgou ontem a list ade classificados no Processo Seletivo Especial para Ingresso de Estudantes Indígenas, edição de 2014. São dez candidatos aprovados em dez diferentes cursos; a lista pode ser encontrada aqui.

Os candidatos também podem consultar os boletins de desempenho a partir desta página.

 

Curso pré-vestibular gratuito da UFRGS abre inscrições

 

O Projeto Educacional Alternativa Cidadã – PEAC, curso pré-vestibular ligado à Pró-Reitoria de Extensão da UFRGS, está com as inscrições abertas para novos alunos dos dias 20 a 23 de janeiro. O pré-vestibular é destinado a estudantes de baixa renda, com um total de 150 vagas, divididas em três turmas. Para ingressar no PEAC, o candidato passa por um processo de seleção e deve estar dentro do perfil de aluno do projeto.

Para se inscrever, é preciso preencher formulário de inscrição e entregar a documentação necessária na sala 103, das 15h às 20h, no prédio 43211 do Campus do Vale. Os candidatos serão analisados conforme tabela de avaliação socioeconômica. O edital e a lista de documentos que deverão ser entregues podem ser consultados no site do PEAC. É cobrada taxa de inscrição de três reais.

O projeto existe desde de 2000 e funciona no Campus do Vale da UFRGS. Os professores são todos alunos da graduação ou pós-graduação da Universidade. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail peac@ufrgs.br.

 

 

Processo Seletivo Específico para Ingresso de Estudantes Indígenas UFRGS 2014

 

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul torna pública a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Específico, mediante a oferta de 10 vagas a serem disputadas exclusivamente por estudantes indígenas do território nacional.

 

As inscrições deverão ser realizadas, exclusivamente pela internet, entre 13/12/2013 e 06/01/2014.

 

Para informações sobre os cursos oferecidos, consulte o Material de Divulgação dos cursos.

 

Para maiores informações, consulte o folder informativo e o Edital

.

 

Comunicado

 

Comunicamos que a Coordenadoria de Acompanhamento do Programa de Ações Afirmativas (CAF) não terá expediente externo no dia 12 de dezembro próximo.

 

Empossado Conselho Consultivo da Coordenadoria de Ações Afirmativas

posse conselho

Foto: Ramon Moser

 

O Conselho Consultivo da Coordenadoria de Acompanhamento do Programa de Ações Afirmativas da UFRGS (CAF) foi empossado na tarde desta terça-feira, em cerimônia realizada no Salão Nobre da Reitoria. Integrado por representantes dos professores, dos alunos, dos técnico-administrativos e da sociedade civil, o conselho foi instituído pela decisão Nº 268/2012 do CONSUN que manteve a política de reserva de vagas na Universidade e determinou a criação de uma coordenadoria constituída por um coordenador (professora Luciene Simões), um vice-coordenador (Edilson Nabarro) e pelo conselho.

A coordenadora da CAF, Luciene Simões, abriu a cerimônia fazendo um agradecimento a todos os envolvidos na política de cotas desde 2008 “pelo que já fizeram e aos que agora chegam pelo que ainda vamos fazer”, afirmou. Ao saudar os conselheiros, a coordenadora disse que a equipe abraça um projeto de futuro das ações afirmativas na UFRGS e que tem por desafio ajudar na revitalização da rede de apoio à política. O vice-reitor Rui Vicente Oppermann também destacou a responsabilidade dos conselheiros em dar continuidade ao programa e em promover a incorporação pela Universidade do aprendizado que o processo de inclusão proporciona. A missão do conselho foi destacada também pelo reitor Carlos Alexandre Netto, que afirmou: "o sucesso de vocês é o sucesso da UFRGS".

A cerimônia, que lotou o Salão Nobre, teve também o lançamento de duas importantes publicações: Relatório do Programa de Ações Afirmativas da UFRGS 2008-2012 e Estudantes Indígenas no Ensino Superior - Uma abordagem a partir da experiência na UFRGS. Os livros reúnem as avaliações do Programa e relatos de experiências docentes e discentes neste processo. As publicações estão disponíveis aos interessados na CAF. Membros da Administração Central, diretores de unidades acadêmicas, estudantes, professores e técnico-administrativos prestigiaram o evento.

Confira a composição do Conselho Consultivo da CAF:

Representantes por área:

  1. Ciências Agrárias: Prof. Eduardo de Bastos Santos
  2. Ciências Biológicas: Profª Ângela Terezinha de Souza Wyse,
  3. Ciências Exatas e da Terra: Prof. Paulo Roberto Rodrigues Soares,
  4. Ciências Humanas: Profª Maria Aparecida Bergamaschi
  5. Ciências da Saúde: Profª Marilise Oliveira Mesquita
  6. Ciências Sociais e Aplicadas: Profa. Ana Tercia Lopes Rodrigues
  7. Engenharias: Prof. Luiz Antonio Bressani
  8. Lingüística, Letras e Artes: Profª. Luciana Prass
Representante docente: Denise Fagundes Jardim
Representantes dos técnico-administrativos: Rita de Cassia dos Santos Camisolão e Rosane Barcelos Souza
Representante discente: André Simões e Marlise Paz dos Santos
Representantes da sociedade civil: Antonio Matos (Movimento Negro Unificado) e João Maria Fortes (Representante indígena do Conselho Estadual dos Povos Indígenas – CEPI)

Fonte: UFRGS Notícias


MEC LANÇA PROGRAMA DE BOLSAS NO EXTERIOR PARA NEGROS E ÍNDIOS


O Ministério da Educação (MEC) vai lançar um programa de intercâmbio internacional para negros, indígenas e pessoas com deficiência. O programa também fomentará o ingresso em mestrado e doutorado no Brasil de pessoas com esse perfil, com objetivo de aumentar o número de professores.

Batizado de "Programa de Desenvolvimento Acadêmico Abdias Nascimento", ele será uma espécie de Ciência Sem Fronteiras (CsF) - que já levou 38 mil estudantes para o exterior. Entretanto, enquanto o CsF é focado em áreas como Engenharia e Exatas, o novo programa dá prioridade às Humanas, como o combate ao racismo, igualdade racial, história afro-brasileira e indígena, acessibilidade, inclusão ações afirmativas. Para incentivar o ingresso desses alunos na pós-graduação no Brasil, o MEC também vai criar cursos preparatórios. A ideia é que haja a possibilidade de curso de leitura e produção de textos acadêmicos em português e em língua estrangeira, metodologia e projeto de pesquisa. Também há previsão de assistência estudantil.

Para maiores informações, confira a reportagem no jornal Estadão: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,mec-lanca-programa-de-bolsas-no-exterior-para-negros-e-indios-,1096844,0.htm

 

CAF NO SALÃO UFRGS 2013


A Coordenadoria de Ações Afirmativas estará presente em um estande no Salão UFRGS 2013. Um espaço com rodas de conversa, oficinas temáticas e projeção de vídeos sobre ações afirmativas, acesso à UFRGS e permanência dos estudantes cotistas na Universidade. Os encontros trarão convidados diretamente ligados com a temática, dentre eles, Ivair Augusto Alves dos Santos/UnB, o professor Marcelo Tragtenberg da UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina, ambos com larga experiência na implementação de programas de  Ações Afirmativas no Ensino Superior para negros, indígenas e oriundos de escolas públicas e Onir Araújo, representante do Movimento Negro Unificado. As atividades iniciam na segunda-feira a tarde, dia 21 de outubro, com a mesa "O Desafio da Permanência dos estudantes cotistas: política de benefícios e de acompanhamento acadêmico" no Prédio de Sala de Aulas da UFRGS."

Confira a programação completa das atividades da CAF -  http://www.ufrgs.br/salaoufrgs/programacao/acoes-afirmativas/


CAF NO I ENCONTRO NACIONAL DOS ESTUDANTES INDÍGENAS

enei

       Foto: Michele Doebber

De segunda a sexta desta semana, uma comitiva da UFRGS formada por técnico-administrativos e estudantes, entre os quais sete indígenas, participa do I Encontro Nacional de Estudantes Indígenas na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). 

O evento reúne mais de 300 estudantes de graduação e pós-graduação de 45 etnias brasileiras, bem como estudantes não indígenas. O ENEI foi concebido e organizado pelos estudantes indígenas da UFSCar, que participarão também das mesas de discussão do Encontro, ao lado de outras lideranças indígenas do País.

O evento tem transmissão on-line pela internet, através do link:http://webconf2.rnp.br/UAB_UFSCAR. Para acessar, basta preencher o campo "convidado" no horário marcado.

Informações sobre o Encontro também estão disponíveis na página do Facebook ou pelo site do evento.

 

ESTUDE NA EUROPA! - Mundus Lindo
Bolsas de mobilidade de graduação para estudantes negros e indígenas


mundus lindo

Mundus Lindo é um consórcio que compreende 20 universidades: 7 universidades europeias e 13 latino americanas, das quais 3 são brasileiras. O projeto, coordenado pela Universidade de Valladolid (Espanha), oferece bolsas de estudos para estudantes negros ou indígenas nas instituições europeias parceiras na modalidade graduação sanduíche. 
Mais informações sobre o programa estão disponíveis no site do MUNDUS LINDO: http://www5.uva.es/munduslindo/.

 

        CAF promove Calouradas Afirmativas

calouradas

A Coordenadoria de Acompanhamento do Programa de Ações Afirmativas CAF/UFRGS em conjunto com a Faculdade de Direito está promovendo atividade de recepção aos cotistas "Calouradas Afirmativas". 
Essa atividade tem como tema: Direitos para todos! E será realizada no dia 27 de agosto, 9h no Salão da Faculdade do Direito e terá a seguinte programação:
9h – Abertura
 
9h30 - Apresentação musical: Coral do Centro de Cultura Negra – CECUNE
 
10h - Mesa: Direitos para todos
 
Conferência: Estado da arte das Ações Afirmativas - Roger Raupp Rios – Juiz Federal do Tribunal Regional Federal 4ª Região
 
Agenda propositiva dos povos indígenas no campo do Direito – Lúcia Fernanda Jófej Kaingang – Advogada indígena do Instituto Indígena Brasileiro de Propriedade Intelectual
 
Agenda propositiva da população negra no campo do Direito – Jorge Luis Terra da Silva – Procurador do Estado da Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Sul
 
11h30 - Intervenção Poética: "Sankofa - ressignificando o presente" – Pâmela Amaro

COTAS UFRGS: É pra valer!

 

Visita a Aldeia Tekoa Nhundy

 

foto

Fonte: Tv brasil

No dia 8 de agosto, o Programa de Extensão da CAF -  Coordenadoria de Ações Afirmativas, realizou uma visita à Aldeia Tekoa Nhundy, com o objetivo de divulgar e esclarecer o programa de Ações Afirmativas da Universidade.

Foi realizada uma roda de conversa, com a participação dos alunos do ensino médio da Escola Estadual de Ensino Fundamental Karaí Nhee Katu, onde os mesmos puderam sanar suas dúvidas sobre a forma de ingresso e permanência na UFRGS.   

 

No site: UFRGS divulga edital de concessão de benefícios para Vestibular 2014

Candidatos podem solicitar, a partir do dia 12 de agosto, desconto ou isenção do pagamento do valor da inscrição.

Abre na próxima segunda-feira, dia 12 de agosto, o prazo para solicitação de desconto ou isenção do pagamento do valor da inscrição ao Vestibular UFRGS 2014. Os candidatos devem acessar antecipadamente o edital sobre o programa de benefícios, disponível em www.ufrgs.br/coperse/concurso-vestibular/vestibular-2014, para providenciar os documentos necessários. Estão disponíveis duas modalidades de benefício: desconto de 50% no valor da inscrição ou isenção total do custo.

Para solicitar o desconto, o candidato deve estar concluindo o Ensino Médio em 2013 e comprovar que cursou, com aprovação, todo o Ensino Médio em escola da rede pública. O benefício de isenção é concedido com base na Lei nº 12.799, de 10/04/2013 (renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio e ter cursado o Ensino Médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola da rede privada).

A solicitação do benefício deverá ser realizada exclusivamente pela internet, no site www.vestibular.ufrgs.br, da zero hora do dia 12 de agosto às 23h59min do dia 1º de setembro. A Comissão Permanente de Seleção (COPERSE) disponibilizará computadores, com acesso à internet, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h30min. O endereço da COPERSE é Rua Ramiro Barcelos, 2574 - Portão K - Bairro Santa Cecília - Porto Alegre.

Fonte: UFRGS Notícias

PRIMEIRO MESTRE INDÍGENA DA UFRGS

zaqueu 

        Fonte: UFRGS Notícias - Foto: Flávio Dutra

A UFRGS diplomou na tarde de ontem, 20 de junho, Zaqueu Key Claudino, que defendeu sua tese com o tema: A formação da pessoa nos pressupostos da tradição: Educação Indígena Kanhgág

Em seu trabalho, o aluno abordou as concepções da educação indígena a partir da tradição Kaingang, relacionando-as com a educação escolarizada. 

O estudante explicou que a necessidade do estudo surgiu de sua experiência pessoal, ao observar os processos de “tradução” e de ressignificação de seus elementos rituais para o contexto escolar. “O crescente número de Kaingang que vive nas aldeias e interage com o mundo não indígena suscita indagações quanto à transformação e à readaptação de seus discursos no que diz respeito aos estudos realizados nas escolas Kaingang. Esta pesquisa pretende explicitar como é realizado esse movimento e as formas de afirmação identitária e de conquistas políticas, principalmente no campo da educação indígena e da educação escolarizada desenvolvida pelo Estado brasileiro, em suas diferentes esferas”, esclarece o mestre.

Sobre orientação da professora Maria Aparecida Bergamaschi, Zaqueu tornou-se o primeiro indígena a receber título de mestre pela UFRGS. 

 

DEDS SELECIONA ESTUDANTES FACILITADORES PARA CURSINHO PRÉ-VESTIBULAR POPULAR

Cursinho
 O Departamento de Educação e Desenvolvimento Social (DEDS/PROREXT) recebe até dia 23 de junho inscrições de estudantes de graduação da UFRGS (preferencialmente das licenciaturas) interessados em atuar como facilitadores junto ao Cursinho Pré-vestibular Esperança Popular Restinga.
 
 O cursinho faz parte das ações do Programa de Apoio ao Acesso à Universidade, que tem objetivo de preparar os moradores da comunidade da Restinga e entorno para o concurso vestibular da UFRGS. 
 
 As aulas ocorrem na E.M.E.F. Senador Alberto Pasqualini, Bairro Restinga, de segunda a sexta-feira, das 19h20min às 22h10min.
 
 Interessados devem ler as informações constantes na página (www.ufrgs.br/deds) , preencher formulário específico que está no site (http://www.ufrgs.br/deds/destaques/selecao-de-bolsistas-2013 ) e enviar até o dia 23 de junho para o e-mail: deds@prorext.ufrgs.br.


I Copene Sul

copene sul

De 24 a 26 de julho deste ano, a Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPM) realizará, em Pelotas (RS), o I Copene/Sul.

O tema do I COPENE/Sul é “LEI 10639/03: DEZ ANOS ROMPENDO FRONTEIRAS TERRITORIAIS, IDENTITÁRIAS, CULTURAIS, SOCIAIS, ACADÊMICAS E POLÍTICAS NO ÂMBITO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS

NA REGIÃO SUL”. A dimensão de fronteira é fundamentalmente compreensível como espaço de negociação identitária que acontece quando nacionalidades, dimensões socioculturais, políticas, de gênero, sexualidades, religião e outras tantas interfaces da vida humana dali emergem; estas identidades reivindicam reconhecimento e, no caso dos negros e negras das diásporas, também reparações.

O Copene tem como objetivos, entre outros, promover o encontro de pesquisadores negros da região Sul do Brasil e países do Cone Sul; propiciar o intercâmbio entre investigações de cunho acadêmico-científico e formas de pesquisas; e incentivar publicações de teses, dissertações, artigos, relatos de experiências, revistas de interesse direto das populações negras no Brasil, além da valorização e divulgação de boas práticas educacionais sobre a temática.

PROGRAMAÇÃO:

24/07/2013 – Quarta-feira
  • 19 horas – Mesa de Abertura (autoridades)
  • 20 horas – Conferência de Abertura – Prof. Dra. Petronilha Beatriz G. Silva
    Tema: “Historicidade da lei 10639/03 e o papel do/a intelectual negro/a na educação”

25/07/2013 – Quinta-feira
  • 8 às 12 horas – Mesas de Comunicações por Eixos
  • 14 horas às 15h30min – Programação Cultural
  • 16 às 18 horas – Mesa Redonda
    Tema: “Trajetória da produção de conhecimento negra na Região Sul do Brasil”
  • 20 horas – Debate 
    Tema: “Perspectivas investigativas para a implementação da lei 10639/03: por onde caminhar”
 
26/07/2013 – Sexta-feira
  • 8 às 12 horas – Mesas de Comunicações por Eixos
  • 14 às 16 horas – Oficinas
  • 16h30min às 18 horas – Debate 
    Tema: “Lei 10639/03 para além das fronteiras da educação”
  • 20 horas – Conferência de Encerramento 
  • 23 horas – Festa de Encerramento
 


CAF no UFRGS PORTAS ABERTAS 2013

 

Portas Abertas
 

    No último sábado, dia 18 de maio, aconteceu mais uma edição do UFRGS Portas Abertas, e pela primeira vez a CAF - Coordenadoria de Ações Afirmativas marcou presença no evento, juntamente com parceiros, na tenda "COTAS UFRGS é pra valer", com o intuito de divulgar o Programa de Ações Afirmativas da Universidade e esclarecer dúvidas sobre como candidatar-se às vagas das cotas sociais e raciais oferecidas anualmente.

   Já nas primeiras horas, estudantes interessados pelo Programa, acompanhados pelos professores, passaram pela tenda para receber informações. Nela também foram distribuídos adesivos da atividade e folder com informações sobre Reserva de Vagas na Universidade.

   O reitor Carlos Alexandre Netto e o vice-reitor Rui Vicente Oppermann, acompanhados de integrantes da Administração Central, começaram nesta tenda o percurso pelos campi, onde destacaram a importância da divulgação do Programa de Ações Afirmativas para que os estudantes venham fazer o Vestibular e considerem possível seu ingresso em um curso de graduação da UFRGS por meio das cotas.

 

Semana da África na UFRGS   
"25 de Maio - 50 anos do dia internacional da África"

 

Semana da Africa DEDS

 

No dia 25 de maio de 1963, em Addis-Abeba, Etiópia, foi fundada a Organização da União Africana (OUA), para lutar contra a colonização no continente. A partir de 1972, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o Dia Internacional da África que passou a ser reconhecido internacionalmente. A luta dos africanos pela emancipação e superação das desigualdades tornou-se um marco na construção de um futuro para o continente. O Dia também celebra a riqueza humana e cultural dos africanos que se espalharam pelo planeta.

Atenção: Inscrições na hora e local da atividade.
Programação completa na página do DEDS:http://www.ufrgs.br/deds


Flyer oficina Portas Abertas 2013


 

Divulgação Bolsa Extensão2


ATENÇÃO CALOUROS 2013/2:
matrículas

http://www.ufrgs.br/prae/analise

 

Curso de Extensão 'Lideranças Negras e Identidade Étnica no Rio Grande do Sul'

lideranças negrasO curso tem o objetivo de abordar questões relacionadas às lideranças negras nas suas mais diversas dimensões (políticas, sociais, culturais, individuais, coletivas; laicas, religiosas; populares, eruditas).


Voltado para estudantes, professores e comunidade em geral, a atividade é realizada pelo Departamento de Educação e Desenvolvimento Social/PROREXT, em parceria com o programa de Pós-Graduação e História e Departamento de História - IFCH/UFRGS.

A Conferência de Abertura conta com a presença de Elisa Larkin Nascimento, doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo e, atualmente, diretora do Ipeafro - Instituto de Pesquisas e Estudos Afro-Brasileiros. A programação contará com vários pesquisadores da temática.

O curso é gratuito e os encontros acontecem no dia 07 de maio, 05 de junho, 04 de julho, 09 de agosto e 10 de setembro no Auditório da Faculdade de Arquitetura, as inscrições devem ser feitas pelo e-mail deds@prorext.ufrgs.br, até o dia 30 de abril. Mais informações no site www.ufrgs.br/deds.


Aconteceu no último dia 15 - Visita à Comunidade Mbyá da Tekoá Pindó Mirim, na terra indígena de Itapuã, Viamão – RS.

Mbyá 1

A Coordenadoria de Acompanhamento do Programa de Ações Afirmativas em parceria com o Museu da UFRGS e a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas realizaram na última segunda-feira, 15 de abril de 2013, uma visita à comunidade Mbyá da Tekoá Pindó Mirim, onde foram recebidos pelo Cacique Vherá Poty. A atividade teve como objetivo proporcionar aos visitantes o conhecimento dos vários aspectos da vida social e cultural da comunidade indígena, como língua, costumes e artesanato.

Participarem desta atividade docentes, técnico-administrativos e estudantes da Universidade. 

A programação faz parte do Curso de Capacitação da UFRGS – Diálogo com a Cultura Indígena Mbyá, que já contou com a palestra “Elementos para o Diálogo Intercultural” da Prof. Dra. Maria Aparecida Bergamaschi.

 

Foto: Karen Bruck


Seleção para tutoria de Curso sobre História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena

 

DEDS seleciona estudantes para tutoria de Curso sobre História e Cultura

Afro-Brasileira e Indígena

 

O Departamento de Educação e Desenvolvimento Social – DEDS/PROREXT seleciona estudantes de graduação para tutoria a distância do curso Procedimentos Didático-Pedagógicos Aplicáveis em História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena. Carga horária semanal: 20h.

Requisitos:

1. Estar cursando 6º semestre em diante (estar matriculado regularmente na UFRGS)

2. Ter disponibilidade para encontros preparatórios

3. Ser preferencialmente da Área Ciências Humanas

4. Ter conhecimento das temáticas de História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena

5. Conhecimento no ambiente Moodle

6. Desejável experiência em sala de aula

 

Interessados deverão preencher ficha de inscrição de tutores disponível na página www.ufrgs.br/deds e encaminhar juntamente como Curriculum Vitae ou Lattes para o e-mail deds@prorext.ufrgs.br até o dia 17 de abril de 2013.

 

 

Capacitação Diálogo Guarani Grande


Ações Afirmativas na UFRGS  

 

  ...temos o direito a ser iguais quando a nossa diferença nos inferioriza; e temos o direito a ser diferentes quando a nossa igualdade nos descaracteriza. Daí a necessidade de uma igualdade que reconheça as diferenças e de uma diferença que não produza, alimente ou reproduza as desigualdades.(Boaventura de Souza Santos)


Este espaço representado pela Coordenadoria de Acompanhamento do Programa de Ações Afirmativas tem como objetivo possibilitar o diálogo com os estudantes da UFRGS, bem como com as pessoas que desejam conhecer a Política de Ações Afirmativas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 

Ao lado de outras universidades brasileiras, a UFRGS foi uma das pioneiras na implementação de políticas afirmativas no ensino superior, convergindo com esforços do Governo Federal no sentido de contribuir para a redução de desigualdades sociais e étnicas existentes na nossa sociedade.

Com a aprovação do sistema de reserva de vagas para estudantes oriundos de escolas públicas, autodeclarados negros e indígenas, pelo Conselho Universitário em 2007, a UFRGS afirmou seu compromisso enquanto promotora de políticas públicas destinadas a promover a inclusão de grupos sociais e étnicos sub-representados nos espaços de poder e alijados do acesso a oportunidades e direitos. Em 2012, a Universidade, a partir de amplo debate, reafirmou esse compromisso e manteve o Programa por mais dez anos. 

O Programa de Ações Afirmativas da UFRGS teve seu primeiro ingresso em 2008, quando no Concurso Vestibular além da opção pelo acesso universal (70% das vagas), apresentou a opção por reserva de 30% das vagas para aqueles que estudaram pelo menos metade do Ensino Fundamental e concluíram todo o Ensino Médio em Escola Pública, sendo que deste percentual, 15% estavam destinados a estudantes autodeclarados negros. Para estudantes indígenas foram disponibilizadas 10 vagas, em diferentes cursos, com processo seletivo específico.

No ingresso de 2013 o formato da política foi alterado por conta de nova decisão do CONSUN e da aprovação da Lei Federal 12.711/2012, passando a ser reservado 30% das vagas do vestibular para estudantes que tenham cursado a totalidade do ensino médio em escola pública. Metade desse percentual foi reservado para estudantes autodeclarados pretos, pardos e indígenas. Além disso, também houve o acréscimo do critério econômico, sendo reservada parte das vagas para estudantes oriundos de famílias com renda igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo per capita.

O ingresso através de processo seletivo específico para estudantes indígenas permaneceu como no formato original.



Ações do documento

Prograd     prorext     SAE

« Abril 2014 »
Abril
SeTeQuQuSeSaDo
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930
 


Coordenadoria de Acompanhamento do Programa de Ações Afirmativas

Email: acoesafirmativas@ufrgs.br

Telefones: (51)3308-4582 / 3308-3154