Ferramentas Pessoais
Acessar
Seções
Você está aqui: Página Inicial Matérias-primas Frutas Caju Introdução

Introdução

caju ver.jpg (16155 bytes)

O cajueiro ocupa lugar de destaque dentre as plantas frutíferas tropicais, em face da crescente comercialização de seus produtos principais: a amêndoa e o líquido contido no mesocarpo da castanha indiscutível a importância que o caju representa para o Nordeste, como uma atividade econômica e social de grande expressão, garantindo renda para mais de 300 mil pessoas e gerando divisas superiores a 100 milhões de dólares anuais. A importância do setor‚ ressaltada, também pela ocupação de mais 300 mil hectares com a cultura na região e pela existência de um parque industrial composto por um número expressivo de Empresas.

O cajueiro é nativo do nordeste brasileiro. Os colonizadores portugueses foram os responsáveis pela introdução do cajueiro em países da África Centro-Oriental e posteriormente na Índia.

O cajueiro é encontrado em quase todos os Estados da Federação, sendo que a Região Nordeste é responsável por 99,7% da produção nacional, no ano de 1984. Assim, a expressão econômica da cultura restringe-se somente ao Nordeste e, nesta Região, em termos de exploração agrícola, destacam-se os seguintes estados.

Existem, no entanto, muitos problemas na cajucultura, como sejam a baixa produtividade, pragas, e doenças, irregularidade nas precipitações pluviométricas, além da falta de uniformidade de plantio, com reflexos negativos sobre na qualidade da matéria-prima.