Ferramentas Pessoais
Acessar
Seções
Você está aqui: Página Inicial Matérias-primas Frutas Laranja História da Laranja

História da Laranja

O delicioso doce suco de laranja consumido ao redor do mundo nasceu como uma fruta amarga, cresecendo selvagem na China. Milhares de anos atrás a laranja era provavelmente cultivado pêlos chineses em 2500 AC. Também foi encontrado raízes em Assam, na Índia e em Myanmar.

Misteriosamente, por milhares de anos as laranjas permaneceu como um prazer oriental, sem ser mencionada pelo resto do mundo. Aquelas que alcançaram o ocidente nos primeiros dias foram da variedade azeda. Finalmente, os romanos, sempre no mercado por produtos exóticos, obtiveram laranjas da maneira difícil – depois de longas viagens marítimas da Índia que finalmente trouxeram jovens árvores para o porto romano de Ostia, provavelmente no primeiro século DC. Depois da queda de Roma no quinto século DC, o crescimento e importação de laranjas desapareceram por séculos.

Arvores de laranja mais comumente foram plantadas pelo norte africano no primeiro século DC. Os mouros, muçulmanos nativos da região, trouxeram laranjas com eles para o sul da Espanha no oitavo ou nono século, na conquista. Pelo ano de 1200, plantações de laranjas ocupavam a área de Sevilha à Granada, bem como regiões de Portugal. Outro grupo muçulmano, os Saracenos, introduziram o plantio na Sicília, a ilha ao sul da Itália, na mesma época.

A primeira vez que a laranja se aventurou além do oceano atlântico foi em 1493 com Cristóvão Colombo. Ele transportou sementes, e talvez árvores jovens, de laranja e limão das ilhas Canárias espanholas para a ilha hoje dividida por Haiti e República dominicana. Logo várias ilhas caribenhas estavam com plantações de laranja, seja doces ou amargas. As mudas chegaram no Panamá com os espanhóis em 1516 e no México dois anos depois. Na mesma época, os portugueses plantaram laranjas doces no Brasil.

Brasil é o líder mundial em produção de laranjas. Metade de suco de laranja consumido no mundo é brasileiro, e o Brasil domina 80% do mercado de suco de laranja concentrado. Em São Paulo, 20.000 fazendas empregando 400.000 trabalhadores plantam China, Valencia, natal e navel.