Ferramentas Pessoais
Acessar
Seções
Você está aqui: Página Inicial Matérias-primas Outros Erva-mate Distribuição Geográfica

Distribuição Geográfica

No Brasil sua área de dispersão inclui a região centro-norte do Rio Grande do Sul, quase todo o Estado de Santa Catarina, centro-sul e sudoeste do Paraná, sul de Mato Grosso do Sul e manchas em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Regiões de plantio no Brasil e RS

A maior parte do mate produzido no sul do Brasil provém de ervais nativos. Paralelamente à queda de sua produção, pela exploração contínua e avanço da agricultura, houve um aumento na demanda do produto, tanto no mercado interno como no externo. Desse modo, tornou-se prática comum o plantio dessa espécie. 
A análise da evolução da produção da erva-mate no Brasil encontra dificuldades em função da carência de informações, aliada a pouca precisão dos dados existentes, e que não representam bem a realidade. 
Região Sul do Brasil responde por cerca de 97% da produção nacional, enquanto Mato Grosso do Sul, embora crescente, apresenta uma participação de apenas 3%. 
Na primeira metade da década de 80, a produção brasileira de erva-mate cancheada manteve-se estagnada, flutuando ao redor de 102.000 t anuais. A partir de 1985 ocorreu um incremento de 7% ao ano. 
Rio Grande do Sul no início da década de 70 era o principal produtor, respondendo por cerca de 50% da produção do país, diminuindo sua participação para 25% em 1989
No mesmo período, o Paraná aumentou em 10% sua participação na produção nacional, sendo hoje o principal produtor, produzindo 55.000 t. de erva, com cerca de 37% do total do país
O Estado de Santa Catarina, segundo produtor nacional, com cerca de 36% sempre teve uma produção próxima da paranaense. 
Enquanto ocorreu uma redução da oferta de erva-mate no Rio Grande do Sul, da ordem de 65% no período de 1970/89, verificou-se em contrapartida, que o Mato Grosso do Sul apresentou um incremento de 270%.
O consumo brasileiro de erva-mate tem um grande potencial, quer como chimarrão, chás e outros derivados, fundamentando-se basicamente na tradição, principalmente no caso do chimarrão. A Região Sul é a que mais utiliza o chimarrão, consumindo em média, mais de 90% da produção paranaense, destacando-se os Estados do Paraná e Rio Grande do Sul, que são tradicionais consumidores desta bebida. Os outros 10% são utilizados para produtos como chás, mate solúvel, etc.

Produção Brasileira de erva-mate (em toneladas) no ano de 1995.

Estado

Produção anual (em ton)

Mato Grosso do Sul

4.000

Rio Grande do Sul

40.000

Santa Catarina

45.000

Paraná

50.000

Total/ano

139.000

Fonte: Erva-mate: biologia e cultura no cone sul. Maximino Jacinto Tormen  (1995).

Consumo anual de Erva-mate no Brasil para chimarrão e para chá-mate (em toneladas)

Estado

Erva para chimarrão (ton)

Chá-mate (ton)

RO

1.000

50

MS

5.000

50

SP

1.000

600

PR

20.000

300

SC

15.000

200

RJ

500

1.500

RS

70.000

300

OUTROS

1000

500

TOTAL/ANO

113.500

3.500