Ferramentas Pessoais
Acessar
Seções
Você está aqui: Página Inicial Matérias-primas Outros Gengibre História dos Princípios Ativos

História dos Princípios Ativos

Foto5.gif (18856 bytes)O gengibre da Jamaica foi estudado em seus princípios ativos por J. C. Thresh, que achou uma matéria gordurosa cristalina, uma matéria gordurosa mole, vermelha, transparente, insípida e inodora, pouco solúvel na potassa; uma substância amorfa, branca inodora e insípida; uma matéria gordurosa vermelha; um óleo volátil, claro, de cor amarela pálida, de aroma forte, particular e de sabor picante, comforáceo, não desagradável e de densidade 0,853.

Este óleo essencial é uma mistura de duas ou mais essências que se diferenciam pela densidade e pelo ponto de ebulição.

Uma resina neutra, inodora, insípida e mole, duas resinas acidas a e b; um princípio ativo denominado gingerol, viscoso, de cor amarela pálida, inodoro, de sabor extremamente picante e um tanto amargo; solúvel no álcool concentrado e no diluído, nos óleos essenciais, no sulfureto de carbono, nas soluções de potassa e de amônia e no ácido acético.

A solução alcoólica é neutra e quando alcalina precipita-se pelo acetato de chumbo, pela cal, pelos sais de bário e de magnésio.

Este princípio tratado pelo ácido sulfurico diluído não dá açúcar, e pelo ácido concentrado dissolve-se com a coloração preta.

O ácido nítrico o converte em uma substância resinosa de cor vermelha de sangue. A densidade do gingerol é de 1,09.