Ferramentas Pessoais
Acessar
Seções
Você está aqui: Página Inicial Matérias-primas Outros Oliva Características Botânicas

Características Botânicas

oliv.gif (980 bytes) Características Botânicas

A oliveira faz parte da família das Oleáceas, e da subfamília das Oleóides; esta se divide nas tribos das Oleae e das Syringeae. A tribo Oleae reúne vários gêneros, entre eles está o Olea. Dentro deste gênero existem cerca de 35 espécies, entre as quais se destacam a Olea europea L., conhecida popularmente como oliveira. Este gênero apresenta duas subespécies: Olea europea sativa; é a oliveira cultivada, e Olea europea sylvestris.

arvore.jpg (12518 bytes)

Foto de uma Oliveira

Olea europea sylvestris

Apresenta porte médio, ramos tortuosos e espinhos, casca escura. As folhas são estreitas, curtas; o fruto é uma drupa muito pequena, pobre em óleo. A semente é utilizada para produzir porta enxerto da oliveira cultivada.

Olea europea sativa

Atinge 15 a 20 metros de altura, casca menos escuro que a da oliveira silvestre. Os ramos são flexíveis e desprovidos de espinhos.

Raiz: a raiz principal é bastante pivotante e pode chega a 5 metros, as raízes secundárias são fortes.

Folhas: as folhas são mais curtas e mais largas que as da oliveira silvestre, são opostas, pecioladas, lanceoladas, inteiras, verde escuras na face adaxial e acinzentadas na fase abaxial, com consistência coriácea.

Frutos: os frutos são do tamanho médio a grande, com bastante polpa e muito óleo, amadurecem nos ramos de dois anos.

fruto.jpg (2248 bytes)fruta2.jpg (2571 bytes)olivafruto.jpg (2679 bytes)

Flores: pequenas, branco amareladas, em inflorescência em panícula de 15, 20, ou 30 flores, que formam-se nos brotos de um ano.

Há três tipos de flores:flor.jpg (4794 bytes)

  • Monoclinas (hermafroditas): possuem estames e pistilos normais e produzem frutos e sementes. Freqüente nas plantas cultivadas.

  • Puramente estaminíferas (masculinas): possuem apenas os estames providos de pólen, não possuem pistilo, portanto não produzem frutos e sementes. Bastante raro.

  • Fisiologicamente estaminíferas: Têm dois estames normais poliníferos. Pode apresentar anormalidades no pistilo, ou no ovário, ou nos óvulos.

    Estes três tipos de flores encontram-se , as vezes, em diferentes grupos de indivíduos. Às vezes, num mesmo indivíduo se encontram dois tipos de flores: monoclinas e fisiologicamente estaminíferas, o que é bastante freqüente; monoclinas e puramente estaminífera, o que é raro.