Ferramentas Pessoais
Acessar
Seções
Você está aqui: Página Inicial Produtos Hortaliças Ervilha congelada Produto Matéria-prima Plantio no RS

Plantio no RS

ERVILHA

CARACTERÍSTICAS CULTIVO PLANTIO NO RS COLHEITA PRINCIPAIS USOS DOENÇAS

O Rio Grande do Sul é o terceiro maior produtor nacional de ervilhas, com 951 ton anuais, atrás de Minas Gerais (1307 ton/ano) e Goiás (1583 ton/ano). (IBGE, 2001)

A região de Caxias do Sul (307 ton) é responsável por aproximadamente um terço da produção do estado, destacando-se ainda as regiões de Pelotas (191 ton) e Frederico Westphalen (101 ton). Entre os municípios, Canguçu é o maior produtor do estado (126 ton), e Antônio Prado ocupa a segunda posição (100 ton). (IBGE, 2001)

No Sul do Brasil, o plantio é feito em julho, devido às baixas temperaturas. No centro do país, em abril, logo após o término das chuvas.

As sementes são colocadas em sulcos de 5cm de profundidade, sendo que em solos mais pesados a semeadura deve ser mais superficial. O espaçamento entre as plantas que pode variar, de acordo com o porte da variedade escolhida. Para a semeadura mecanizada, o espaçamento mínimo deve ser de 20x5cm. O terreno deve ser bem sistematizado para facilitar a colheita.

É recomendado tratamento de sementes para fungos do solo –R. solani.

A população de plantas deve ser de 700.000/ha para solos mais férteis e 1.000.000/ha para solos menos férteis.

Os tratos culturais necessários são as capinas regulares e a utilização de estaquiamento, no caso de variedades de maior porte.

A irrigação pode favorecer a cultura, especialmente na fase inicial, devendo-se evitar excesso de água. Nas fases posteriores, a irrigação deve ocorrer raramente.

A relação sementes plantadas/colhidas = 10:1.

 

Página criada por Cecília Senff em julho de 2000 com material fornecido por Cleo Marcos Carollo

Modificado por Eduardo BihreJulio Cesar CiroliniMarcus Darci Rutsatz em janeiro de 2003.