Editorial

Os últimos dias de março foram marcados pela circulação de discursos revisionistas sobre a história da ditadura militar no Brasil. A efeméride dos 55 anos do golpe fez emergir declarações de apoio e em celebração ao regime que, durante 21 anos, infringiu direitos, realizou torturas e assassinou milhares de cidadãos brasileiros. 

A história do nosso país se tornou um campo de disputa por sentidos. Falar sobre esse episódio traumático do nosso passado, a partir das memórias de suas vítimas, se tornou um imperativo necessário para fazer justiça aos que vivenciaram esse período, mas também para lutar por um presente em que a democracia não seja colocada novamente em perigo.

Compreendemos, enquanto associação de pesquisadores de história da mídia, que possuímos o dever de contar e promover uma história ética, baseada em fatos e comprometida com a verdade. Por isso, a Alcar gostaria de reafirmar a sua defesa aos valores democráticos e o repúdio a qualquer forma de celebração a regimes totalitaristas e ditatoriais. 

Boa leitura!

Ações do documento

Bannes alcar 2019

selo

 

Iniciativa


unesco

  metodista



parcerias

ahc

 

mestrado espanha


Filiação

 
socicom

outros sites

intercom

 

sbpjor

 

 compos

 

história e audiovisual logo

 

Historicidades Log

 


ALCAR - Associação Brasileira de Pesquisadores de História da Mídia

E-mail: alcar@ufrgs.br