Bacharelado em História da Arte

 

O campo da História da Arte

A História da Arte, de natureza transdisciplinar, investiga os fenômenos e expressões visuais, as manifestações simbólicas e artísticas, a constituição e as transformações técnicas, formais e conceituais no universo das imagens.

Nos últimos anos, no Brasil, o setor cultural apresentou importante desenvolvimento, sobretudo com a criação de novas instituições culturais, públicas e privadas. Esse quadro, de crescente relevância econômica e social, tem ampliado o campo de atuação daqueles que trabalham com História, Teoria e Crítica de Arte. É pensando nesse cenário e nas especificidades das pesquisas e produções na área que o Bacharelado em História da Arte da UFRGS foi criado.


O Bacharelado em História da Arte da UFRGS

O Curso de Graduação em História da Arte (Bacharelado) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul foi proposto pelo Departamento de Artes Visuais (DAV) do Instituto de Artes da UFRGS e aprovado pela Decisão nº 281/2009 do Conselho Universitário (CONSUN/UFRGS), de 7 de agosto de 2009, passando a integrar o conjunto de cursos oferecidos por esta Instituição de Ensino Superior a partir do Concurso Vestibular de 2010.

Pioneiro na Região Sul do Brasil, o Curso atende a demandas locais e nacionais associadas à crescente área da cultura, mediante a valorização de um perfil profissional atualizado com as perspectivas multiculturais e inclusivas que caracterizam, nos dias de hoje, as abordagens da História da Arte.

De caráter inovador, o Curso foi criado a partir da identificação de uma lacuna na área, e também respondendo positivamente ao Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI), em vigor desde 2003, cujo propósito é dar às universidades federais condições para ampliação do acesso e permanência na educação superior.

Funcionando no turno da noite, o Curso de Graduação em História da Arte oferece todos os anos 30 vagas, por meio de Concurso Vestibular, além das vagas a alunos estrangeiros (Programa RELINTER da UFRGS), das vagas a alunos especiais (Programa PEC) e das vagas em modalidade de Ingresso Extra-Vestibular (oriundas de evasão). Ao optar pelo horário noturno, o Curso abre a possibilidade de formação como Bacharel em História da Arte para os alunos que, durante o dia, necessitam trabalhar. Trata-se de um aspecto fundamental, considerando a inserção social do referido Curso, bem como o fato de o mesmo ter sido criado no ensejo do REUNI.

Ato de Criação do Bacharelado em História da Arte UFRGS

Projeto Pedagógico do Bacharelado em História da Arte UFRGS 

Corpo Docente do Bacharelado em História da Arte UFRGS 


Objetivos do Curso

Em sua proposta pedagógica, o Curso de Graduação em História da Arte concebe o estudante como participante ativo do processo de ensino-aprendizagem. Para tanto, propõe uma estrutura inovadora, propiciando o engajamento do Corpo Discente na construção do próprio conhecimento. Desde o início, o aluno é estimulado ao desenvolvimento de sólidas habilidades de pesquisa, bem como é apresentado a um entendimento aberto e pluridisciplinar do fenômeno artístico, por meio de disciplinas que trazem em seu bojo uma compreensão humanista e democrática do cenário cultural, tanto histórico, como contemporâneo. A ênfase na formação de pesquisadores em História da Arte, bem como o amplo embasamento em conhecimentos sobre áreas artísticas afins, como Teatro, Música, Arquitetura e a grande área das Humanidades, além da coerente articulação entre disciplinas teóricas e teórico-práticas da área específica da História da Arte, constituem diferenciais importantes do Curso, que visa formar Bachareis em História da Arte:

1) Que possam compreender a História da Arte em interação com a cultura em seus diferentes aspectos;

2) Capazes de analisar e compreender, do ponto de vista teórico e formal, as diferentes manifestações artísticas, desde a Antiguidade aos dias atuais, bem como as diversas teorias e concepções artísticas, históricas e historiográficas que marcam a diversidade da cultura material e das manifestações visuais dos distintos agrupamentos humanos;

3) Capazes de compreender, analisar e relacionar conceitos relativos à História da Arte e de aplicá-los à realidade social, preenchendo papel relevante no aprofundamento do relacionamento das comunidades e das culturas, na diversidade de suas representações artísticas;

4) Habilitados a atuar como pesquisadores, de modo qualificado, eficiente e competente, junto a universidades, órgãos culturais e demais equipamentos artísticos, e preparados para atender às demandas específicas de pesquisa desses diversos campos de trabalho.


Duração e Turno

Trata-se de um curso noturno, cujo período de integralização é de 4 (quatro) a 8 (oito) anos. No total, o acadêmico deverá cumprir 2.520 horas, sendo assim distribuídas:

1) 2.100 horas em disciplinas obrigatórias teóricas e teórico-práticas;

2) 300 horas em disciplinas eletivas teóricas e teórico-práticas;

3) 120 horas dedicadas ao Trabalho de Conclusão de Curso (TCC);

4) 120 horas em Atividades Complementares, realizadas a partir da livre escolha do estudante, que deverão ser chanceladas pela Comissão de Graduação em História da Arte (COMGRAD/HA).

As atividades do Curso acontecem majoritariamente na sede do Instituto de Artes, localizado na Rua Senhor dos Passos, 248, Centro Histórico de Porto Alegre.


Vagas

O curso oferece 30 vagas por ano, com ingresso através de Concurso Vestibular, além das vagas a alunos estrangeiros (Programa RELINTER da UFRGS), das vagas a alunos especiais (Programa PEC) e das vagas em modalidade de Ingresso Extra-Vestibular (oriundas de evasão).


Estrutura do Curso

Pedagogicamente, o Curso de História da Arte da UFRGS é pensado a partir de quatro grandes núcleos estruturantes, que abrangem tanto disciplinas obrigatórias, como eletivas. Esses núcleos são os seguintes: [1] Núcleo HISTÓRIA DA ARTE, [2] Núcleo CRÍTICA, TEORIAS E HISTORIOGRAFIA DA ARTE, [3] Núcleo FUNDAMENTOS DA CULTURA e [4] Núcleo ARTICULAÇÃO TEÓRICO-PRÁTICA.

O Núcleo HISTÓRIA DA ARTE contempla 26 disciplinas, sendo 13 obrigatórias e 13 eletivas. Entre elas, há disciplinas voltadas: [1] a uma “História da Arte Geral”, [2] à Arte Brasileira, [3] à Arte Latino-Americana, [4] à Arte Ameríndia, [5] à Arte Afrobrasileira e [6] à Arte Asiática, entre outros.

O Núcleo CRÍTICA, TEORIAS E HISTORIOGRAFIA DA ARTE contempla 23 disciplinas, sendo 7 obrigatórias e 16 eletivas. Entre elas, há disciplinas voltadas: [1] às Teorias da Arte, [2] às Teorias da História, [3] à Historiografia da Arte, [4] à História da Crítica de Arte, [5] às relações entre Artes Visuais e outros campos de conhecimento, como Arte e Design, Arte e Percepção Visual, Arte e Literatura, Arte e Moda, Arte e Novas Tecnologias, entre outros.

O Núcleo FUNDAMENTOS DA CULTURA contempla 49 disciplinas, sendo 6 obrigatórias e 43 eletivas. Entre elas, há disciplinas voltadas: [1] à História da Cultura, [2] à História da Música, [3] à História do Teatro, [4] à Dança, [5] à Museologia, entre outros.

Por fim, o Núcleo ARTICULAÇÃO TEÓRICO-PRÁTICA é o que fundamenta a prática de pesquisa. Ele contempla 19 disciplinas, sendo 7 obrigatórias e 12 eletivas, além do TCC. Entre elas, estão: [1] Metodologia da Pesquisa em História da Arte, [2] Laboratórios de Pesquisa em História da Arte (no número de 3), [3] Laboratórios de Crítica de Arte (no número de 2), [4] disciplinas de Museografia, Expografia e Curadoria, e a atividade de ensino [5] Trabalho de Conclusão de Curso, entre outros.

Matriz Curricular do Bacharelado em História da Arte UFRGS 

Núcleos Estruturantes da Matriz Curricular do Bacharelado em História da Arte UFRGS 

Ementário das Disciplinas do Bacharelado em História da Arte UFRGS

Resolução 01/2010 Regulamentação das Atividades Complementares do Bacharelado em História da Arte UFRGS 

Resolução 11/2012 Regulamentação do Trabalho de Conclusão de Curso do Bacharelado em História da Arte UFRGS

 

Mercado de Trabalho

O Bacharel em História da Arte poderá desenvolver atividades de:

1) Pesquisador vinculado a instituições culturais públicas e privadas, preparado para a atuação técnica ou administrativa em projetos de proteção, estudo e difusão de informações sobre o patrimônio histórico e artístico nacional;

2) Pesquisador vinculado a instituições culturais públicas e privadas, preparado para a atuação em pesquisa de temas monográficos ou que constituam visões de conjunto da produção artística de pertinência local, regional, nacional ou internacional;

3) Pesquisador autônomo dos temas da História, da Teoria da Arte e da Crítica de Arte;

4) Professor de História da Arte em instituições de ensino superior, com atuação nos níveis de pesquisa, ensino e extensão;

5) Professor de História da Arte em cursos técnicos no campo das artes e da cultura nas instâncias públicas e privadas, como as elencadas na rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e aquelas ofertadas por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), além das instituições da rede privada;

6) Fomentador ou afiançador de projetos de interesse público que demonstrem afinidade e interesse da coletividade pelo tema de pesquisa em pauta;

7) Curador de mostras e exposições de arte;

8) Dirigente institucional, conservador, realizador, produtor, proponente ou agente de interesses institucionais ou individuais específicos em empreendimentos artísticos e culturais, que propiciem a realização de projetos de inclusão artística, fomento, difusão e financiamento das atividades;

9) Assessor, preposto, parecerista, avaliador, perito ou colaborador para assuntos da arte e da cultura junto à iniciativa privada;

10) Crítico, teórico, estudioso ou comentador de arte em veículos de comunicação ou de divulgação científica;

11) Editor ou organizador de publicações periódicas ou não periódicas específicas da área;

12) Colaborador em pesquisas de outras áreas do conhecimento, que necessitem de auxílio com os problemas conexos à identificação e à apreciação visual e artística, ou apoio de conhecimentos específicos em História da Arte.


COMGRAD / História da Arte

A organização e o planejamento das atividades do Bacharelado em História da Arte cabem à Comissão de Graduação em História da Arte – COMGRAD/História da Arte, assim constituída:

Coordenadora

Profa. Dra. Paula Viviane Ramos

Vice-Coordenador

Prof. Dr. Paulo César Ribeiro Gomes

Comissão

Prof. Dr. Fernando Lewis de Mattos

Profa. Dra. Joana Bosak de Figueiredo

Prof. Dr. Paulo Antonio de Menezes Pereira da Silveira

Acad. Pedro Cupertino

Secretária

Mercedes do Rocio Andretta Alves Carvalho

Técnica em Assuntos Educacionais

Débora Trindade de Angelis

 

Atendimento da Secretaria das Comgrads do Instituto de Artes: de segunda a sexta-feira, das 10h às 15h, na sala 62, 6º andar do Instituto de Artes

Telefone Secretaria das Comgrads do Instituto de Artes: (51) 3308 4337

E-mail: cgha@ufrgs.br

 

Atendimento da Coordenação do Bacharelado em História da Arte: de segunda a sexta-feira, das 10h às 12h e das 14h às 17h, no 2º andar do Instituto de Artes, junto à Direção da Unidade

Telefone Coordenação do Bacharelado em História da Arte: (51) 3308 4303

E-mail Coordenadora do Curso: paulavivianeramos@gmail.com

E-mail Vice-Coordenador do Curso: oluapgomes@gmail.com

 

Núcleo Docente-Estruturante

O NDE tem caráter consultivo e seu principal objetivo é garantir a qualidade durante o processo de estabelecimento do Curso e posterior consolidação.

Coordenadora

Profa. Dra. Blanca Luz Brites

Comissão

Prof. Dr. Alexandre Ricardo dos Santos

Profa. Dra. Bianca Knaak

Prof. Dr. Luis Edegar de Oliveira Costa

Profa. Dra. Paula Viviane Ramos

 

Identificação e Endereço

Unidade do Curso: Instituto de Artes

Departamento do Curso: Departamento de Artes Visuais

Denominação do Curso: Bacharelado em História da Arte

Endereço: Rua Senhor dos Passos, 248 – Centro Histórico – Porto Alegre/RS – CEP 90020-180

Telefone DAV: (51) 3308 4311 / (51) 3308 4312