Você está aqui: Página Inicial Serviços Normas Técnicas Normas para referenciação bibliográficas

Referências Bibliográficas

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA*

*Em conformidade com a NBR 6023 - Referências-elaboração (ABNT. Agosto 2002)

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA é o conjunto de elementos que identificam publicações no todo ou em parte.

LIVROS, FOLHETOS

Autor. Título. Edição. Local publicação: Editor, ano da publicação. Número de páginas ou volumes. (série ou coleção). Notas especiais.

Exemplo:
BENENZON, Rolando. Teoria da musicoterapia: contribuição ao conhecimento do contexto não verbal. São Paulo: Ática, 1988. 182 p.

CAPÍTULO DE LIVRO

Autor do Capítulo. Título do capítulo. In: Autor do livro. Título do livro. Edição. Local publicação: Editor, ano da publicação. Página inicial e final do capítulo.

Exemplo:
ECO, Umberto. Experimentalismo e vanguarda. In: _____. A definição da arte. São Paulo: Martins Fontes, 1992. p. 223-241.

ARTIGOS DE REVISTAS

Autor do Artigo. Título do artigo. Título da revista, Local publicação, volume, número, página inicial e final do artigo, mês e ano.

Exemplo:
OLIVEIRA, Jamary. Reflexões críticas sobre a pesquisa em música no Brasil. Em Pauta, Porto Alegre, v. 4, n. 5, p. 3-11, jun. 1992.

ARTIGOS DE JORNAIS

Autor do Artigo. Título do artigo. Título do Jornal, Local publicação, data (dia, mês, ano). Número do caderno ou nome da seção, número da página.

Exemplo:
COUTINHO, Wilson. O paço da cidade retorna ao seu brilho barroco. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 06 de março de 1989. Caderno B, p. 6.

TRABALHO APRESENTADO EM EVENTO

Autor. Título do trabalho apresentado. In: TÍTULO DO EVENTO, numeração do evento (se houver), ano, local de realização. Título do documento (Anais, atas, etc...) Local: editora, data de publicação. Página inicial e final da parte referenciada.

Exemplo: 
CHAVES, Celso Giannetti Loureiro. Genealogia das obras para piano de Armando Albuquerque. In: SIMPÓSIO LATINO-AMERICANO DE MUSIOLOGIA, 2., 1998, Curitiba.  Anais...  Curitiba: Fundação Cultural de Curitiba, 1999. p. 191-203.

DOCUMENTOS ELETRÔNICOS

Documentos eletrônicos são todos aqueles em suporte eletrônico, legíveis por computador, como os disquerer, cd-roms, documentos on-line, etc.
As referências obedecem aos mesmo padrões indicados para documentos impressos, acrescidas das informações relativas ao suporte físico do meio eletrônico.

Exemplo:
VASCO Prado: escultor. Porto Alegre: C. Prester Produtor Cultural, 2001. 1 CD-ROM.

-DOCUMENTO DE ACESSO ON-LINE

Elementos essenciais: endereço eletrônico entre os sinais < >, precedido da expressão "Disponível em:" e a data de acesso, também precedida da expressão "Acesso em:".

Exemplo:
DUMAS FILHO, A. A dama das camélias.  São Paulo: Brasiliense, 1965. Disponível em: <http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto.cv000008.pdf>. Acesso em: 02 maio 2005.

-CORREIO ELETRÔNICO

Nome do remetente. Assunto da mensagem [mensagem pessoal]. Mensagem recebida por <endereço eletrônico do destinatário> data.

Exemplo: 
ACCIOLY, F. Show acústico [mensagem pessoal]. Mensagem recebida por <mtmendes@uol.com.br> em 26 jan. 2000.

DOCUMENTO SONORO E MUSICAL

Inclui disco, cd, fita cassete, fita magnética de rolo, partituras entre outros. 
Compositor ou intérprete. Título. Local: Gravadora, data, especificação do suporte em características físicas e duração.

Exemplos:
ALCIONE. Ouro e Cobre.  São Paulo: RCA Victor, p1988. 1 disco. 
MPB Especial. [Rio de Janeiro]: Globo: Movieplay, c1995. 1 CD (50 min.). 
BARTÓK, B.  O mandarim maravilhoso: Op. 19.  Wien: Universal, 1952.  1 partitura (75 p.).  Orquestra.