Terça, 21 Nov 2017
You are here: Home Histórico
Histórico

         As atividades do laboratório tiveram início em 1992 e sua estruturação contou com o apoio financeiro recebido da Financiadora de Estudos e Projetos do Ministério da Ciência e Tecnologia (FINEP) e do Banco Interamericano de Desarrollo (BID) e de recursos investidos pela UFRGS.

        Apesar das dificuldades que o CDPA tem encontrado para crescer harmoniosamente em todas as suas áreas de atuação e para alcançar todos os objetivos traçados em seu projeto original, podem-se contabilizar muitos sucessos como a incorporação da área de sanidade avícola ao curso de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias da UFRGS já existente na Faculdade de Veterinária. Assim, vários estudantes de mestrado e, mais recentemente, de doutorado têm passado pelo CDPA e concluído seus projetos de pesquisas, cujas dissertações e teses são desenvolvidas em temas de interesse da sanidade avícola. Mais de cem estagiários, incluindo estudantes e profissionais recém-formados já receberam treinamento nestes dezessete anos de funcionamento do CDPA. Com isso, a avicultura tem se beneficiado ao incorporar em seus quadros de colaboradores, profissionais qualificados.

        O CDPA obteve credenciamento como laboratório de apoio na execução do Plano Nacional de Sanidade Avícola (PNSA) depois de se submeter às avaliações da Comissão de Consultores do Ministério da Agricultura. Desta forma, o laboratório passou a avaliar a qualidade sanitária dos produtos avícolas brasileiros.

        O PNSA contempla a vigilância constante contra a Doença de Newcastle, Influenza Aviária, Micoplasmoses e Salmoneloses das aves em muitos estados brasileiros. O Centro recebeu o credenciamento para o diagnóstico das micoplasmoses e das salmoneloses de acordo com a Portaria Nº. 5 de 10 de janeiro de 2007, publicada no Diário Oficial da União de 11 de janeiro de 2007.

        A partir de 2009, o CDPA passou a ser credenciado pela Secretaria de Defesa e Agropecuária (SDA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) como Centro Colaborador em Defesa Agropecuária (CDA) conforme publicado no Diário Oficial da União de 17 de dezembro de 2008. Esta parceria do MAPA e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) visa integrar, estruturar, ampliar e consolidar a competência nacional em sanidade animal, qualidade e inocuidade de produtos de origem animal. De acordo com esta parceria, os CDAs são ancorados em instituições consolidadas e liderados por pesquisadores de reconhecida competência tendo como missão central o desenvolvimento científico e tecnológico, além da formação de recursos humanos que contribuam de modo direto para a melhoria da defesa agropecuária no país.

 

*Estrutura física da unidade central: Secretaria, Sala dos Estagiários; Sala de Pós-Graduação, Salas dos Professores, Saguão de Recepção, Sala de Necropsia, Sala de Reuniões, Salas de Esterilização, Laboratório de Bacteriologia, Laboratório de Sorologia, Laboratório de Biologia Molecular, Laboratório de Virologia, Laboratório de Histopatologia e Sala de preparação de meios de cultura.