Você está aqui: Página Inicial Histórico

Histórico

        A Creche Francesca Zacaro Faraco foi criada em 19 de maio de 1972, na gestão do Reitor Professor Eduardo Faraco, sendo esta uma iniciativa pioneira nas universidades brasileiras. Vale destacar que a década de 70 foi marcada por acirradas lutas das trabalhadoras reivindicando atendimento às crianças de zero a seis anos. Na UFRGS, este processo foi carreado, principalmente, pelas trabalhadoras e estudantes da área de enfermagem, o que justifica a instalação desta escola infantil no campus da saúde.

         Foi planejada para atender crianças de até dois anos de idade, filhos de mães funcionárias, professoras e estudantes, visando à integração da comunidade universitária. Por três gestões consecutivas, de três anos cada, a Creche ficou vinculada a Pró-Reitoria da Comunidade Universitária(PRUNI) e, neste período, contava com profissionais sem formação específica, embora houvesse por parte das direções a preocupação em orientá-los sobre as atividades educativas vinculadas à assistência infantil.

         Em 1984, passou para o Departamento de Pessoal da UFRGS, sendo nesta oportunidade indicada para a direção uma economista, que orientou a filosofia de trabalho da instituição com ênfase nas relações humanas. Houve, também, a criação de vagas para o cargo de recreacionista, qualificando e regulamentando a atividade das funcionárias da Creche.

         Em 1988, a Creche voltou novamente a ter vínculo com a PRUNI e o atendimento foi ampliado para a faixa etária de até quatro anos. Nesta gestão, foi realizada uma reciclagem geral dos conhecimentos de todos os profissionais que atendiam diretamente as crianças em sala de aula, além da contratação de profissionais com formação específica, como pedagogos e psicólogos. Em 1991, a Creche foi novamente ampliada, passando a atender também crianças na faixa etária de quatro a seis anos.        

         A Direção posterior (1993/94) foi a primeira escolhida de forma democrática pelos pais e funcionários, havendo uma preocupação por parte da comunidade de que os candidatos tivessem formação em Pedagogia, a fim de garantir o caráter pedagógico do trabalho junto às crianças. Nessa gestão, o trabalho pedagógico foi fundamentado principalmente na teoria de Jean Piaget, sendo adotada uma proposta construtivista. Tendo em vista as alterações na Constituição, a Creche passou a atender também os filhos de servidores homens, deixando de receber filhos de alunas.

          A Gestão 1995/97 deu continuidade à implementação da proposta pedagógica que já estava em curso. Neste período, novamente a Creche mudou de vinculação, deixando a extinta PRUNI e passando a fazer parte da PRORHESC (Pró-Reitoria de Recursos Humanos e Serviços à Comunidade). Foi aprovado o Regimento Interno e implementado o Conselho Diretor, formado por pais, funcionários e direção, o qual passou a deliberar e normatizar questões de natureza política e administrativa da instituição.

          No período de 1998/2000, a Direção baseou seu trabalho no envolvimento efetivo de todos que trabalham em função da criança, considerando-os educadores comprometidos com a construção de um planejamento participativo.

          A gestão seguinte(2001/2005) atuou na mesma direção que as anteriores, buscando a integração dos diferentes segmentos da comunidade-Creche. Neste período foi concluída a proposta pedagógica e a Creche passou a ser vinculada à Pró-Reitoria de Ensino, através da Coordenadoria de Educação Básica e Profissional.

          A atual direção tem atuado no sentido de ampliar a integração entre os setores da Creche, bem como propiciar um aprofundamento nas discussões que envolvem a infância, através, inclusive, dos projetos de extensão desenvolvidos na Instituição.
HISTÓRICO