, Curso Desenvolvimento Rural - UFRGS
Aluno   Vídeos   Tutoriais   Imprensa   Polo em Destaque   Portal do Aluno  Egressos
Universidade Federal do Rio Grande do Sul Universidade Aberta do Brasil Faculdade de Economia CISADE - Centro Interdisciplinar em Sociedade, Ambiente e Desenvolvimento Pós Graduação em Desenvolvimento Rural Núcleo de Ensino a Distância Rede Multivídeos Secretaria de Ensino a Distância Moodle Institucional UFRGS

Curso em Desenvolvimento Rural

O Curso de Desenvolvimento Rural - PLAGEDER , em modalidade de Educação a Distância (EAD), foi oferecido em duas edições como Tecnólogo em Desenvolvimento Rural (Edital de seleção 2007 - 1ª edição)(Edital de seleção 2009 - 2ª edição), é oferecido como Bacharelado desde 2014. O PLAGEDER é inteiramente financiado pelo Sistema UAB, ou seja, é de oferta gratuita.
Projeto Pedagógico (2018)
Projeto Pedagógico
(2014)
Projeto Pedagógico (2009)
Projeto Pedagógico (2007)
Apresentação do Curso (Lovois Miguel, 2007)

Condições de Ingresso

Recomendação:

O curso de Graduação “Desenvolvimento Rural” - PLAGEDER tem a sua concepção didático-pedagógica e a sua implementação em estreito vínculo com a realidade e a problemática local e regional do entorno do município polo. Apesar do seu oferecimento na modalidade de Ensino a Distância, o curso PLAGEDER prevê a realização de diversas atividades presenciais a serem realizadas na sede dos municípios polos.

Recomenda-se fortemente aos postulantes a uma vaga no PLAGEDER, a inscrição no processo seletivo de um município polo próximo ao seu local de domicílio.

Forma de Ingresso

Processo de Seleção - A inscrição e seleção dos candidatos ao Curso PLAGEDER são realizadas nos municípios dos polos. Os candidatos concorreram apenas às vagas ofertadas para o município do polo de sua escolha.
O processo seletivo único é de responsabilidade da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
A regulamentação detalhada dos processos de seleção estão divulgadas nos editais: Edital para 2007, Edital para 2009, Edital para 2014 e Edital para 2018.

(Manual do Candidato) ingresso 2018.
(Manual do Candidato) ingresso 2014.
(Manual do Candidato, Edital de Retificação das Inscrições) ingresso 2009
(Manual do Candidato) ingresso 2007.

Diplomação

Diploma de Graduação expedido pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Perfil Profissional

O perfil profissional do curso resguarda uma forte articulação com as diferentes organizações, tanto individuais e privadas (pequenas e médias agroindústrias, unidades de produção agrícolas) como coletivas e públicas (prefeituras, sindicatos, associações, cooperativas).
Os egressos do curso terão como competências profissionais atuar: De acordo com a Resolução CED 04/99 e Parecer CNE/CES 436/2001 , e a partir das competências profissionais, o Curso terá como Áreas Profissionais: Agropecuária; Meio Ambiente; Lazer e Desenvolvimento Social.

Duração

O curso superior de Bacharelado em Desenvolvimento Rural - PLAGEDER terá uma duração de 3130 horas.

O curso superior de Tecnologia em Desenvolvimento Rural - PLAGEDER teve duração de 2700 horas.

Autorização e Reconhecimento

O Ato regulatório que autorizou a 1ª oferta do Plageder foi a Resolução 19/2007 do CEPE/UFRGS.

O Reconhecimento do curso foi solicitado em 2009 (processo e-mec 200901755) em conformidade com a legislação vigente que  determinava que o reconhecimento deveria ser solicitado pela IES quando o curso de graduação tivesse completado 50% de sua carga horária.

Consulte o andamento do processo de reconhecimento diretamente no e-MEC

Consulte a Legislação

Decreto nº 5773/06

Decreto nº 6303/07

Registro Profissional no CREA do Tecnológico em Desenvolvimento Rural

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do RS (CREA/RS) confirmou o credenciamento do Tecnológo em Desenvolvimento Rural (PLAGEDER); sendo assim, a partir do dia 24/01/2013, o CREA passou a receber os processos de registro de profissionais egressos do PLAGEDER, Tecnológo.

Atribuições CREA Tecnólogos

Organização Curricular

O currículo do Curso de Desenvolvimento Rural - PLAGEDER - está organizado em semestres consecutivos e é composto por disciplinas distintas estruturadas em cinco eixos temáticos. Os estágios supervisionados corresponderam 30 créditos, equivalentes a 450 horas. Consolidando as suas atividades de estágio supervisionado, o estudante elaborará um Trabalho de Conclusão de Curso, na forma de uma Monografia, a qual deve refletir a consolidação do seu aprendizado e crescimento como pessoa e profissional adquiridas ao longo do Curso.

Os eixos temáticos e seus objetivos são:

Acesso à informação Portal de Estado do Brasil