Francisco Gil e João Pedro Borges - VI Festival de Violão

Nascido na Cidade do México, Francisco Gil se graduou com a mais alta qualificação e menções honoríficas nos conservatórios “Nacional de Música” (México) e “Antonio Vivaldi de Alessandria” (Itália) sob a tutela de Marco Antonio Anguiano e Angelo Gilardino, respectivamente. Complementou sua formação violonística em cursos especiais com Pepe Romero, Robert Guthrie, Wilhelm Bruck, Gerardo Arriaga e José Luis Rodrigo. 

Catedrático no Conservatório de Música do Estado de México, suas atividades didáticas incluem também cursos, conferências e masterclasses no Brasil, Uruguai, Argentina, EUA, México, Espanha, Itália e Suíça. É diretor artístico da temporada internacional de concertos “Guitarras en Otoño”.

Tendo se apresentado no México, EUA, Holanda, Suíça, Áustria, França, Itália, Espanha, Alemanha, Argentina, Uruguai, Brasil, entre outros, Gil é sem dúvida um dos violonistas mexicanos com maior projeção internacional. Suas interpretações já foram transmitidas pela rádio e televisão e a crítica especializada concedeu-lhe generosos elogios. A revista espanhola Acordes o reconheceu como “um dos melhores violonistas latino-americanos”. 

Atuou como solista com a Orquestra de Câmara de Puebla, Orquestra Sinfônica de Michoacán, Orquestra Sinfônica de Kuala Lumpur (Malásia) e Orquestra de Câmara de Mont Blanc (França). Na música de câmara, compartilhou o palco com o quarteto Erasmus (Itália).

Seus cinco trabalhos discográficos, Impresiones de América, El esplendor del laúd en el barroco, Sonatina Meridional, Sólo Tárrega e Isaac Albéniz estão publicados pelo selo TASTO, incluindo em todos eles obras em primeira gravação. A revista Acordes (Espanha) destaca que no CD Impresiones de América, “sua maneira pessoal e lúcida de interpretar o violão, faz com que algumas peças do repertório mais tradicional tenham um grande vigor e leveza e ofereçam ideias interpretativas muito sugestivas. Seu poder sonoro preside todo o CD e o permite abordar com grande intensidade alguns dos momentos mais dramáticos dos pentagramas”.

 

Desde os anos 70, João Pedro Borges tem se apresentado nos principais teatros brasileiros, marcando presença nas mais importantes séries de concertos do país, como a Rede Nacional de Música e a Bienal de Música Brasileira Contemporânea, além das temporadas oficiais da Sala Cecília Meireles, da Sala Sidney Miller e do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Atuou como solista da Orquestra de Câmera do Brasil e da Filarmônica do Rio de Janeiro, entre outras orquestras cariocas. Na música de câmara, trabalhou com a cantora americana Carol McDavit, com quartetos de cordas, com a Associação de Canto Coral do Rio de Janeiro e com a Camerata Carioca, conjunto do qual foi o diretor musical.

Iniciou a sua carreira internacional em 1973, dando cursos, conferências e concertos na África. Nos anos 80 realizou turnês pela Argentina e Paraguai com Turíbio Santos, foi solista no Lincoln Center em Nova York, no Recital de Música Brasileira Brazilian Night e participou do VII Carrefour Mondial de la Guitare (Martinica) como professor e concertista, ao lado de Léo Brouwer, Turíbio Santos e Baden Powell.

Destacou-se como produtor musical em gravações de grandes artistas eruditos brasileiros, tendo recebido o Prêmio Sharp de Música pelos melhores discos clássicos de 1993 e 1995. Participou de discos com Turíbio Santos, com a Camerata Carioca e Radamés Gnatalli, Arthur Moreira Lima, José Botelho e Paulo Moura. Seu CD Classiques Latino-Americaines (Groupe Ooctave), gravado na França, marcou a sua entrada profissional na Europa, onde realizou master classes e recitais.

Foi diretor e coordenador de diversos eventos e instituições de música no estado Maranhão como o Musiceuma o Centro de Artes do Maranhão Reynaldo Faray e o Festival Internacional de Música de São Luís. Atualmente, leciona e dirige a Escola de Música do Estado do Maranhão Lilah Lisboa. 

Data: 24 de setembro
Horário: 22h
Local: Auditorium Tasso Correa - Rua Senhor dos Passos, 248 - Instituto de Artes da UFRGS
Entrada franca

Fotos

VOLTAR AO TOPO