Cinemas em Rede

Cinemas em Rede é um projeto inovador de compartilhamento e difusão de conteúdos audiovisuais, pela internet de alta capacidade, via CiPê, coordenado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa- RNP em parceria com os Ministérios da Cultura (MinC) e Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). 12 Instituições participam do Projeto: Cinemateca Brasileira (SP), a UFRGS (Sala Redenção - Cinema Universitário); USP (CINUSP e Escola de Comunicação e Artes-ECA); UFBA (Saladearte Cinema da UFBA); a Fundação Joaquim Nabuco - FUNDAJ, em Recife; a UFG (Cinema da UFG); a UFES (Cine Metrópolis); a UFSCAR (CineUFSCar); a UFPB (Cinema da UFPB); a UFPel (Cinema UFPel); a UFOP (Cine Vila Rica) e a UFF (Cinema da UFF).

Data: 09/11

Horário: 19h

Local: Sala Redenção - Cinema Universitário (Avenida Engenheiro Luiz Englert, S/N, Campus central da UFRGS)

Horários

Recado para o Mundão

(Documentário, Brasil, 2016, 90min, diretor Diogo Noventa)

Meninos e meninas que se encontram privados de liberdade na Fundação CASA (Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente), em São Paulo, enviam recados para quem está do outro lado da câmera. Após os recados, são entrevistados pelo diretor Diogo Noventa; nas conversas estabelecidas, o tom de reflexão revela temas como vida e morte, cultura, relações familiares e violência.

Após a sessão haverá debate com o diretor, via web conferência.

20/04/17 - 19:00

Invólucro

(61 min) Caroline Oliveira

Carol é mãe e passou a ter uma “relação dialética” com a sua barriga e o seu corpo após a maternidade. Dudha quer renascer a cada a dia: pensa que não vai envelhecer. Astrid não suporta fazer escova “progressiva, agressiva, regressiva?”. Isabella gosta de homens Moderníssimos.                   Trailer: https://vimeo.com/108534552

Debate após o filme com a diretora Caroline Oliveira.

11/05/17 - 19:00

Seu Carlito

10/08 - 19h (Brasil, 2016, 70min, direção: Eduardo Moreira)

Piranga. Filho de imigrante Sírio que veio fugido para o Brasil, conseguiu crescer na vida com seu talento nato para os negócios da roça. Entre as décadas de 40 e 50 ele ia constantemente a Belo Horizonte tratar de um problema físico que o deixou cego de um olho. Nas suas idas e vindas à capital mineira, fascinado Carlos Moreira foi comerciante e fazendeiro no Manja Léguas, um subdistrito do município de pelas novidades da vida urbana, ele marcou a história do pequeno vilarejo rural onde vivia ao trazer as inovações da cidade para sua comunidade. Também é lembrado pela grande disposição em ajudar os moradores da localidade. Nesse documentário seu 30º neto, Eduardo, que não conheceu Carlos em vida, decide refazer o trajeto que seu avô percorreu e registrar os "causos" que seu filhos e netos ainda guardam. O filme é uma busca pela memória de Carlos Moreira.


Após a exibição, será promovido um debate com o cineasta, transmitido por web conferência pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP)

 

10/08/17 - 19:00

Abaixando a Máquina 2 - No Limite da Linha

(Brasil, 2016, 90min, documentário). Direção: Guillermo Planel

Filme discute o impacto dos protestos de 2013 no jornalismo. Com o crescimento do movimento ativista nas ruas, que teve grande participação dos jovens, e com o aumento da utilização de redes sociais e mídias alternativas, a grande mídia e o jornalismo tradicional, dois conceitos anteriormente sólidos, tornaram-se alvos de dúvidas, críticas e de metamorfoses.

 

Após a sessão, debate com o diretor do filme Guillermo Planel.

14/09/17 - 19:00

Sessão de Curtas

Oito curtas, 89min

Essa sessão contará com a exibição de oito curtas-metragens de alunos e ex-alunos das instituições participantes do projeto e com debate por vídeo conferência com os realizadores dos filmes.

 

1 - Os segredos que a Cal esconde ( 13m46s - Direção: Luana Cabral e Luciana GB)
Sinopse: Um projeto proposto por pesquisadores de uma Universidade alemã prevê a construção de escadas rolantes em alguns morros da cidade de Vitória.

2 - LGBT de Periferia (14m58s - Diretor: Aleone Higidio - Mestrando em Comunicação pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) )
Sinopse: O documentário conta a história das gêmeas Rayene e Rayele e dos amigos Rafael e Vanderson. Os jovens LGBTs moram num bairro periférico conhecido como "Prainha", em Mariana-MG. Eles e elas estão num processo de construção de suas identidades sexuais e gênero. Porém, independente da fluidez que podem assumir no futuro – ou a afirmação das identidades construídas – são sujeitos que lidam, cotidianamente, com todas as situações adversas que uma periferia de uma cidade histórica mineira possui. Apesar disso, se divertem e se empoderam a cada dia. No filme, revelam afetos, medos, angústias, sonhos, ou a ausência deles.

3 - Habitat , (13min, 2015 - Direção: Raphael Aragão )
SINOPSE: Um mundo líquido se dissolve sufocando os espaços de escape.

4 - QUIM:ERA. ( 2min 49s - Direção, roteiro e direção de arte: Taíla Soliman)
Sinopse: Dona Conceição e seu bonsai entram em uma viagem quimérica para compreender o tempo.

5 - Uma Carta (2015, 2min - Direção: Bruna Giuliatti)
Sinopse: Carta pessoal da diretora apresentada em formato de vídeo que dialoga com a obra de Ana Cristina Cesar.

6 - A n x i e t a t i s (12m01s - Direção: Camilla Motta)
Sinopse: O curta-metragem ANXIETATIS narra a jornada onírica de uma garota que, numa manhã comum, tenta sair de casa para ir a um compromisso qualquer; porém não consegue. Através de metáforas visuais e depoimentos reais, o documentário mimetiza, pela perspectiva da personagem, como é o dia-a-dia de uma pessoa que sofre de transtorno de ansiedade.

7 - DORMENTE ( 2016, 15m - Direção: Camille P. Frambach - Filme da cadeira de Realização do curso de Cinema da UFF)
Sinopse: A vida de Ana parece normal. Ela tem amigos, um namorado que a ama e uma bolsa de estudos para o mestrado. Entretanto, sem nenhum motivo aparente ela começa a se sentir irritadiça, ansiosa, insone. Cada vez mais se sente incomodada com a presença de outras pessoas, começa a se isolar, deixando de fazer tudo o que ama e tendo como única companhia sua consciência: uma versão doentia e mordaz de si mesma que a convence pouco a pouco de que não é boa o suficiente, não é amada, não é capaz de sentir nada além de um grande vazio e um ódio inesgotável por si mesma. Conforme sua consciência vai se tornando mais e mais imperante, o esgotamento e a vontade de escapar fazem com que Ana cogite o suicídio.

8 - De Passagem (14m09s, 2017, animação - Direção: Bruno Oliveira )
Sinopse: Noa, insatisfeito com sua própria vida, se imagina vivendo cada dia na pele de um estranho diferente. O hábito foge do controle quando, um dia, ele encontra algo em uma dessas vidas que não tinha encontrado em nenhuma outra.

 

09/11/17 - 19:00

VOLTAR AO TOPO