CURSO - ECONOMIA DA CULTURA, GESTÃO E DESENVOLVIMENTO

 

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

 

MINISTRANTES:

Arjo Klamer é professor de Economia de Arte e Cultura na Erasmus University Rotterdam (Holanda) e atual presidente da ACEI - Associação Internacional de Economia da Cultura. O pesquisador integra o corpo docente da George Washington University (Estados Unidos), ministrando cursos de Economia. Klamer obteve grande reconhecimento no campo da Economia, marcando sua entrada no campo com a publicação de “Conversations with Economists” (1984). 

J. Aldo do Carmo é professor da Erasmus University Rotterdam, sendo responsável pelas disciplinas Cultural Economics, Cultural Management, Cultural Organizations, Cultural Industries, and Creative Economy. É graduado em Geologia pela USP/1990, tendo trabalhado por mais de doze anos na Companhia Vale do Rio Doce. Durante o cargo como diretor comercial, Do Carmo foi responsável por projetos de Análise, Planejamento e Gestão de Marketing 

Leandro Valiati é economista e professor do Departamento de Economia e Relações Internacionais da UFRGS, sendo também professor convidado, consultor e pesquisador em diversas instituições nacionais e internacionais, entre elas a Fundação de Economia e Estatística do RS, Faculdades de Campinas (FACAMP-SP), Universidade de Valência- Espanha, Ministério da Cultura, UNESCO e OEI. Membro da Associação Internacional de Economia da Cultura (ACEI) e da Sociedade de Estudos Sócio-Econômicos Avançados (SASE).

Serão abordados os seguintes temas:

Sessão 1 – A perspectiva da Economia da Cultura – especificidade do campo da cultura; a necessidade de uma diferente perspectiva para o setor cultural.

Sessão 2 – Valores e preços – Os conceitos “valor” e “preço” e suas relações com a arte e a cultura.

Sessão 3 – Os bens para se lutar – As noções de “bens sociais” e “bens culturais”; A carga teórica de posse, compra e venda de arte.

Sessão 4 – As Quatro Lógicas e o financiamento das artes – A importância do dinheiro e das relações no campo da arte; O modelo analítico das Quatro Esferas.

Sessão 5 – Estudo de caso: Paulínia (SP) – Indústrias e clusters criativos; O exemplo do cluster cultural audiovisual de Paulínia (SP).

Sessão 6 – Empreendedorismo e organizações culturais – Especificidades e características do empreendedorismo cultural e de suas organizações.

Sessão 7 – Fluxos internacionais em Cultura e Economia Criativa – Tópicos conceituais e um olhar sobre os dados.

Sessão 8 – O modelo brasileiro de Economia Criativa – Políticas públicas na área de Economia Criativa; Contextualização do modelo brasileiro de Economia Criativa.

 

Em virtude da restrição do espaço físico e do nível dos assuntos a serem abordados, bem como visando o melhor aproveitamento dos participantes, haverá uma seleção dos inscritos (quarenta e cinco ao todo).

Resultado dia 06/08.

O resultado será divulgado via e-mail, aos inscritos.

Valores:

Estudantes UFRGS: R$ 50,00

Estudantes geral: R$ 100,00

Profissionais: R$ 200,00

 

IMPORTANTE: As aulas ministradas pelo Prof. Arjo Klamer, serão em inglês e representam 50% curso.

 

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

 

 

 

 

Data: de 11 a 15 de agosto
Local: : Auditório da Faculdade de Ciências Econômicas da UFRGS (Av. João Pessoa, 52 UFRGS - Campus Centro).
Informações: obec@ufrgs.br

VOLTAR AO TOPO