Você está aqui: Página Inicial Notícias Livro e exposição de Nicolaiewsky

Livro e exposição de Nicolaiewsky

O livro “Alfredo Nicolaiewsky e a Ira de Deus: suas prequelas e sequelas” será lançado dia 30 de setembro, sábado, às 11h na Galeria Gestual, em Porto Alegre.

 

 

A Editora da UFRGS e a Galeria Gestual realizam o lançamento do livro Alfredo Nicolaiewsky e a Ira de Deus: suas prequelas e sequelas” e a abertura da exposição “A Ira de Deus: sequelas”.

Com mais de quarenta anos de carreira, Nicolaiewsky compartilha com o leitor o registro e a reflexão sobre sua produção, com um olhar retrospectivo enfatizando seus últimos anos de atividades artísticas. Descreve as técnicas utilizadas e contextos de suas obras, produzidas durante estágio sênior na Faculdade de Belas Artes, da Universidade de Lisboa, em 2015 e 2016. 

No livro, são apresentadas suas obras em meio a comentários afetivos e notas sobre o processo de criação. É do cinema que vem grande parte da matéria prima da construção de seus trabalhos. Pela justaposição de imagens produzidas por outros, saídas do cinema, retiradas de suas histórias, de seus contextos e associada as outras, oriundas de outros filmes, com imagens produzidas pelo próprio autor / artista.

A expressão “A Ira de Deus”, que compõe o título do livro e da exposição, origina-se no nome dado ao terremoto ocorrido em Lisboa, em 1755 – Terramoto ou Desastre de Lisboa. Também ficou conhecido à época como “A Ira de Deus”. Nicolaiewsky busca retratar o acontecimento com o uso de imagens, mesclando imagens jornalísticas e reais, associadas a imagens ficcionais, narrando os eventos de 1755.

A publicação vem complementar outro livro de sua autoria, “Alfredo Nicolaiewsky – Desenhos e Pinturas”, publicado pelo Funproarte em 1999.

 

Lançamento do livro

Dentre os exemplares do livro “Alfredo Nicolaiewsky e a Ira de Deus: suas prequelas e sequelas”, dez são acompanhados de uma edição especial de uma das obras em pequena dimensão assinada e numerada.

No dia do lançamento o livro estará disponível para compra com valor diferenciado, a R$ 90,00. Após, estará à venda no site da Livraria Virtual da Editora da UFRGS, no endereço www.livraria.ufrgs.br.

 

Sobre a exposição

Há dez anos sem expor, Nicolaiewsky mostra o resultado de um ano de pesquisa de Pós-doutorado realizado na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, entre 2015 e 2016. São oito obras construídas por meio da apropriação de imagens digitais de filmes e fotografias do próprio artista.

 

O QUÊ:

Lançamento do Livro
Alfredo Nicolaiewsky e a Ira de Deus: suas prequelas e sequelas (Editora UFRGS)
Dia 30 de setembro - a partir das 11h

Exposição
> A Ira de Deus: sequelas – De 30 setembro a 21 de outubro de 2017

Visitação - de segunda a sexta-feira: das 10h às 19h / sábado: das 10h às 14h

Galeria Gestual: Av. Cel. Lucas de Oliveira, 21, Porto Alegre/ RS.

 

Sobre o artista
Arquiteto de formação, a obra de Nicolaiewsky desenvolveu-se inicialmente no desenho, mais tarde na pintura (década de 1980 e 1990) e na gravura de modo intermitente em esse período. Na década de 1990 chegou à fotografia, dedicando parte considerável de sua energia criativa, no processo que culminou com sua tese de doutorado intitulada “Da ordem do enigma”, defendida na UFRGS no ano de 2003. Desde então sua obra desenvolve-se em múltiplas proposições e abordagens, inicialmente com fotografias analógicas e, nos últimos anos, com imagens digitais, na sua maioria oriunda de filmes.

Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Desenho, atuando principalmente nos seguintes temas: apropriação, justaposição, memória, desenho e mestiçagem. Desenvolve atualmente produção plástica em imagens digitais e fotografia.

Graduado em Arquitetura e urbanismo pela UFRGS (1976), mestre em Artes Visuais - Poéticas Visuais, pelo PPG Artes Visuais da UFRGS (1997), doutor em Artes Visuais - Poéticas Visuais, pelo PPG Artes Visuais da UFRGS (2003), doutorado-sanduíche na Université de Paris I - Pantheón Sorbonne (2002). É professor Associado no Departamento de Artes Visuais do Instituto de Artes da UFRGS. Foi diretor do Instituto de Artes da UFRGS (2006 a 2014). Realizou Estágio Sênior - Pós-doutorado, no CIEBA - Centro de Investigação e Estudos em Belas-Artes, na FBAUL - Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa (Portugal), entre 2015 e 2016.

 

Saiba mais: https://goo.gl/tqrFDW

 

Publicado em 25/9/2017.