Avaliação Docente pelo Discente

A avaliação docente pelos discentes é o instrumento oficial pelos quais os alunos avaliam o desempenho de seus: professores; disciplinas; infraestrutura e autoavaliação.

Recentemente, o Conselho Universitário da UFRGS inseriu essa avaliação como um dos critérios para progressão funcional de docentes associado IV para titular (Decisão 232/2014).

Após o encerramento dos períodos de avaliação, são gerados relatórios específicos para disciplinas e docentes, que devem ser utilizados como instrumentos de:

– Feedback pessoal para melhoria de didática e interpessoalidade pelo professor;
– Aprimoramento das políticas de ensino pelas comissões de graduação e chefes de departamentos;
– Melhoraria da gestão do espaço físico pelos chefes de departamentos e pela Direção da Unidade.

Período de avaliação: sempre ao final de cada semestre;
Local da avaliação: formulário online no Portal do Aluno;

Acesse os relatórios das avaliações pelos seguintes caminhos:
Professor: Portal do Servidor > Nº Cartão UFRGS e Senha > Graduação > Consultas do Professor > Avaliação Discente > Período Letivo > Disciplina e Relatório de quesitos.
Aluno: Portal do Aluno > Nº Cartão UFRGS e Senha > Ensino graduação > Aluno > Avaliação de Disciplinas.

 

Avaliação dos docentes pelos discentes – 2014/2

Sobre o relatório

Esse relatório é elaborado pelo Núcleo de Avaliação da Unidade – NAU da Escola de Engenharia. O mesmo presenta os dados quantitativos da avaliação dos docentes pelos alunos, referente à perspectiva: desempenho do docente.

A proposta do NAU/EE é fazer essa análise semestralmente.

Entendendo os instrumentos de avaliação:

A pesquisa se divide em 2 questionários: um fechado e outro aberto (espaço para comentários).

O questionário fechado possui 11 perguntas, cujas notas atribuídas pelos alunos a cada docente, variam numa escala decimal que vai de 1 a 5. Um dado desse questionário significa a avaliação de um docente, de uma dada disciplina-turma, por um aluno. Quando uma disciplina é ministrada por dois ou mais docentes, o aluno avalia cada professor, individualmente.

Após preencher as questões do questionário fechado, os alunos também poderiam escrever, caso quisessem, comentários sobre o desempenho do docente para cada um dos 11 critérios analisados.

Critérios da avaliação:

1 – O professor analisou com os discentes os resultados das avaliações.
2 – O professor realizou avaliações compatíveis com o que foi trabalhado na atividade de ensino.
3 – O professor teve postura adequada diante da diversidade sociocultural.
4 – O professor utilizou recursos e procedimentos didáticos adequados.
5 – O professor foi assíduo e pontual.
6 – O professor cumpriu o plano de ensino.
7 – O professor contextualizou os conhecimentos desenvolvidos.
8 – O professor manteve atitudes de respeito e cortesia.
9 – O professor trabalhou com clareza e objetividade.
10 – O professor disponibilizou tempo para atender os discentes fora da sala de aula, pessoalmente e/ou à distância.
11 – O professor demonstrou domínio dos conteúdos.

2014/2

Informa-se que não se podem inferir conclusões apenas com os resultados obtidos nesse semestre de 2014/2. É preciso aplicar a mesma pesquisa nos próximos períodos, e, a partir disso, verificar se há resultados conclusivos.

Dados da pesquisa

Período avaliado 2014/2 Escola de Engenharia UFRGS
Nº de alunos respondentes 2.914 16.098
Nº de alunos que deveriam responder 4.108 26.733
Percentual de respondentes 70,93% 60,22%
Nº de disciplinas/turmas avaliadas (Ex: Cálculo numérico – Turma A) 494
Total de avaliações (responderam de 1 a 11 questões) 7.430
Total de avaliações (responderam 6 questões ou mais) 6.408

 

A base de dados válida utilizada na pesquisa foi a amostra com os 6.408 dados. O NAU da Escola de Engenharia adotou uma classificação arbitrária para às médias das notas dos docentes, da seguinte forma:

Escala de desempenho dos docentes

Desempenho do docente

 

Ruim Regular Bom Ótimo Total
Média das notas < 3 >= 3 e <= 3,49 <=3,50 e <= 4,99 = 5
Total de avaliações de alunos 721 400 4.073 1.214 6.408
Percentual 11% 6% 64% 19% 100%

 

Média das notas x questões respondidas

Base de dados Total de dados Média das notas
Responderam de 1 a 11 questões 7.430 4,20
Responderam 6 questões ou mais 6.408 4,24
Responderam todas as 11 questões 4.399 4,30

 

A partir do desempenho geral, identificou-se a classificação por departamento do docente:

Escala de desempenho por departamento

Departamento do docente Ruim Regular Bom Ótimo  

Total

Departamento de Engenharia Civil 95 71 876 300 1342
Departamento de Engenharia Elétrica 295 122 787 220 1424
Departamento de Engenharia Mecânica 158 88 900 254 1400
Departamento de Engenharia Química 36 23 380 114 553
Departamento de Engenharia de Produção 40 34 505 114 693
Departamento de Engenharia de Minas 32 17 137 24 210
Departamento de Engenharia dos Materiais 31 18 251 110 410
Departamento de Metalurgia 34 27 237 78 376
Total 721 400 4073 1214 6408

 

Escala de desempenho por departamento (%)

Departamento do docente Ruim Regular Bom Ótimo
Departamento de Engenharia Civil 7% 5% 65% 22%
Departamento de Engenharia Elétrica 21% 9% 55% 15%
Departamento de Engenharia Mecânica 11% 6% 64% 18%
Departamento de Engenharia Química 7% 4% 69% 21%
Departamento de Engenharia de Produção 6% 5% 73% 16%
Departamento de Engenharia de Minas 15% 8% 65% 11%
Departamento de Engenharia dos Materiais 8% 4% 61% 27%
Departamento de Metalurgia 9% 7% 63% 21%
Total 100% 100% 100% 100%

 

Análise das disciplinas por departamento

Por uma questão de ética, a análise das disciplinas foi enviada somente aos Chefes de Departamentos. Nela se encontram o nome das disciplinas presentes nas faixas extremas de desempenho: ruim e ótimo; bem como o quantitativo de avaliações.

Junto a esse relatório, foram entregues também os comentários do espaço aberto, a fim de que os Chefes consigam identificar os pontos fortes e fracos dos docentes, sob a ótica dos alunos.

A ideia é que NAU e Chefias de Departamentos acompanhem semestralmente se há críticas reincidentes. Uma vez identificado isso, o NAU e a Direção da Unidade irão encaminhar às Chefias dos Departamentos a formalização de uma manifestação por parte dos docentes mal avaliados.

Questionário aberto (comentários dos alunos)

Apenas 30% das disciplinas que foram avaliadas no questionário fechado, recebeu algum comentário no espaço aberto.

Número de preenchimentos

Questionário fechado Questionário aberto %
Nº de disciplina-turma 494 150 30%

 

Os alunos basicamente trataram os critérios 3 e 8 como um só. Pois o quesito “respeito” foi abordado de forma ampla pela maioria dos alunos. Sem entrar no mérito se o respeito/desrespeito era a diversidades socioculturais.

Quanto ao critério 11, a maioria dos alunos que fez comentários positivos, afirmava que professor(a) domina o assunto, mas não tem boa didática; ou; domina o assunto, mas é muito teórico.

Dessa forma, mesmo apresentando críticas, os comentários desses alunos foram classificados como positivos para a análise em questão. Isso significa que o critério 9, que aborda a questão da didática, possui um quantitativo de comentários negativos bem acima do valor apresentado no quadro acima.

Palavras-chave do questionário aberto – 2014/2

Critério Comentários negativos Comentários positivos
Análise dos resultados das avaliações Não comentou o resultado das avaliações; Não corrigiu as provas; Não entregou as provas. Professor entregou e comentou as provas.
Compatibilidade entre ensino e avaliações Conteúdo cobrado nas provas estava muito acima do ensinado em sala de aula; Provas com conteúdos não repassados em sala de aula; Críticas à correção binária. Não houve palavras-chaves repetitivas
Respeito às diversidades sóciocultural Professor(a) arrogante; Professor(a) é grosseiro; Professor(a) fazia piadas machistas ou inadequadas. Não houve palavras-chaves repetitivas
Respeito e cortesia
Recursos didáticos Excesso de slides; Didática ruim; Falta de aula prática; Falta de utilização de softwares; Falta de visitas técnicas (obras ou laboratórios); Material didático desatualizado; Livro-texto mal escolhido ou mal aproveitado. Não houve palavras-chaves repetitivas
Assiduidade e pontualidade Faltava muito; Faltava e não justificava; Chegava sempre atrasado(a). Não houve palavras-chaves repetitivas
Plano de ensino Não cumpriu conteúdos; Plano de Ensino não fornecido; Não realizou avaliações. Não houve palavras-chaves repetitivas
Contextualização do ensino Professor não contextualizou; Professor só apresentou fórmulas. Professor com grande experiência técnica.
Clareza e objetividade (didática) Aulas confusas; Professor(a) desorganizado(a); Professor(a) explicava a matéria como se ela fosse óbvia para os alunos. Não houve palavras-chaves repetitivas
Atendimento fora da sala de aula Não respondia aos e-mails dos alunos; Nunca informou sua grade de horários; Quando procurado fora de sala, professor(a) se mostrava desinteressado(a). Professor(a) atencioso(a), dentro e fora de sala;
Domínio dos conteúdos Professor(a) não sabia responder às perguntas dos alunos; Professor(a) passava insegurança, e se perdia nas explicações. Professor(a) domina o assunto, e explica muito bem;

*Professor(a) domina o assunto, mas não tem boa didática (ou) é muito teórico.

*Mesmo apresentando críticas, foi classificado como comentário positivo para o critério em questão: domínio de conteúdo.

 

Avaliação dos docentes pelos discentes – 2015/1 e 2015/2

Sobre o NAU

nau

Membros do NAU

Profa. Liliana Amaral Feris

Prof. José Luis Duarte Ribeiro

Profa. Luciani Somensi Lorenzi

Prof. Flávio José Lorini

Prof. Alberto Bastos do Canto Filho

Técnica Administrativa Melina Dick

Técnico Administrativo Ramiro Córdova

Aluno Pedro Henrique Zanchet

Cursos de graduação da Escola de Engenharia

Engenharia Civil

Engenharia Mecânica

Engenharia Elétrica

Engenharia Química

Engenharia de Minas

Engenharia de Materiais

Engenharia Metalúrgica

Engenharia de Produção

Engenharia de C&A

Engenharia de Energia

Engenharia Ambiental

Engenharia de Computação

Engenharia Física

Departamentos da Escola de Engenharia

—Departamento de Engenharia Civil

—Departamento de Engenharia de Minas

—Departamento de Engenharia de Produção

—Departamento de Engenharia de Materiais

—Departamento de Engenharia Elétrica

—Departamento de Engenharia Mecânica

—Departamento de Engenharia Química

—Departamento de Metalurgia

—Departamento de Sistemas Elétricos de Automação e Energia

Questões de avaliação do docente pelo discente

1 – O professor analisou com os discentes as avaliações.
2 – O professor realizou avaliações compatíveis com o que foi trabalhado em aula.
3 – O professor teve postura adequada diante da diversidade sociocultural.
4 – O professor utilizou recursos e procedimentos didáticos adequados.
5 – O professor foi assíduo e pontual.
6 – O professor cumpriu o plano de ensino.
7 – O professor contextualizou os conhecimentos.
8 – O professor manteve atitudes de respeito e cortesia.
9 – O professor trabalhou com clareza e objetividade.
10 – O professor disponibilizou tempo para atender os discentes fora da sala de aula.
11 – O professor demonstrou domínio dos conteúdos.

Avaliação dos docentes pelos discentes - Notas médias por departamento

tabelas p09

Avaliação dos docentes pelos discentes - Percentual de notas abaixo de 3,5 por departamento

tabelas p13

Comparação Avaliação discente e Auto avaliação docente

Barras vermelhas indicam que a autoavaliação superou a nota atribuída pelos discentes.

2015/1

pág15-1

 

2015/2

tabelas p15-2

Comentários dos discentes – Negativos, neutros e positivos

tabelas p18

Importante observar o número de comentários em relação ao número de docentes (balanço por docente).

Balanço dos comentários positivos e negativos

tabelas p20

Balanço dos comentários, ordenados para ressaltar os aspectos onde há maiores reclamações

2015/1

tabelas p21-1

 

2015/2

tabelas p21-2

Total de turmas por departamento que apresentam balanço de comentários igual ou inferior a -3

tabelas p23