Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica – PPGEE, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, tem a satisfação de convidar a Comunidade Universitária para assistir à Defesa Pública da Dissertação de Mestrado da Engenheira Eletricista Analiza Dalla Costa, a realizar-se:
Data: 25/10/2019 – sexta-feira
Horário: 14h00min
Local: Salão de Eventos do Instituto Eletrotécnico da UFRGS (Av. Osvaldo Aranha, nº 103 – 1º andar – Campus Centro)

Banca examinadora:
Prof. Dr. Maurício Sperandio – Departamento de Eletromecânica e Sistemas de Potência – UFSM
Prof. Dr. Flávio Antônio Becon Lemos – DELET – UFRGS
Prof. Dr. Roberto Chouhy Leborgne – PPGEE – UFRGS
Orientador: Prof. Dr. Sérgio Luís Haffner – PPGEE – UFRGS

Título da Dissertação: “MODELO LINEARIZADO PARA SOLUÇÃO DO FLUXO DE CARGA EM REDES DE DISTRIBUIÇÃO DESBALANCEADAS

Resumo:
“Este trabalho apresenta um modelo linearizado trifásico para representar sistemas de distribuição de energia elétrica desbalanceados, em estado estacionário. O modelo foi aplicado para solucionar o problema de fluxo de carga. As cargas e geradores são representados por injeções constantes de corrente, o que torna possível obter expressões lineares para o cálculo das correntes nos ramos. Os geradores podem operar tanto no modo PQ quanto PV, podendo ser unidades monofásicas, bifásicas ou trifásicas. Para os capacitores, adotou-se o modelo impedância constante, representado uma injeção dependente da tensão de operação. Os reguladores de tensão podem ser incluídos no sistema, com o tap conhecido por fase. A flexibilidade oferecida pelo modelo linearizado dos componentes permitiu obter uma solução aproximada para o fluxo de carga através da resolução de um sistema de equações lineares, sem a necessidade de aplicar um processo iterativo como é feito no fluxo de carga não-linear convencional. Partindo das equações de balanço de corrente, uma formulação matricial geral é apresentada para a obtenção da solução do fluxo de carga. Estudos numéricos foram realizados utilizando dois sistemas de distribuição.
Para a validação, os resultados obtidos com o modelo linearizado foram comparados com os resultados obtidos através do fluxo de carga não-linear convencional, solucionado pelo software OpenDSS. Índices de diferenças foram calculados para comparar os resultados em relação a perdas e tensões. Os casos avaliados e os resultados obtidos demonstram a precisão, robustez e potencial de aplicação do modelo proposto.

Palavras-chave: Sistemas de distribuição desbalanceados, modelo linearizado trifásico, fluxo de carga.”