Ferramentas Pessoais
Acessar

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Seções
Você está aqui: Página Inicial Egressos da Fabico conversam com calouros sobre experiências acadêmicas e profissionais

Egressos da Fabico conversam com calouros sobre experiências acadêmicas e profissionais

O evento faz parte do Ciclo de Acolhimento aos novos estudantes, promovido pelo Setor Acadêmico da Unidade
06/11/2018

Na última semana de outubro e primeira de novembro, ocorreu roda de conversa entre egressos convidados e os estudantes calouros que ingressaram na Universidade no segundo semestre de 2018. A iniciativa, pensada pelo Setor Acadêmico em parceria com as Comgrad's dos cursos, visou motivar os estudantes a conhecerem melhor o mercado de trabalho do curso que ingressaram, bem como entrar em contato com profissionais que foram formados pela Fabico. Além disso, teve o objetivo de realimentar o vínculo da instituição com seus egressos. Na quarta, dia 31 de outubro, ocorreram as conversas nas turmas de Jornalismo e Biblioteconomia pela parte da manhã a partir das 10h30min. Quinta-feira, 1º de novembro, foi a vez dos calouros da Publicidade e Propaganda receberem egressos. Os calouros de Relações Públicas conversam com convidados no dia 7 de novembro. A iniciativa acontece pelo segundo semestre consecutivo, como parte do Ciclo de Acolhimento aos calouros.

Trajetórias diversas

A atual gerente da rede de bibliotecas do Colégio Marista, Patrícia Saldanha, relatou que os catorze anos que a separam de sua formatura passaram rápido e atribui a suas escolhas estar na posição que ocupa. Formada em Biblioteconomia pela Fabico em 2004, Patrícia já trabalhava na biblioteca pública Lígia Meurer, no Bairro Floresta, antes de entrar no curso no ano 2000, e que, portanto, escolher Biblioteconomia foi uma consequência natural de sua atuação. Já o Assessor de Imprensa da Opinião Produtora e Jornalista no Conselho Regional de Educação Física Paulo Finatto Jr. afirmou que demorou dois anos e meio para descobrir que queria fazer Jornalismo e não Engenharia Química, curso no qual esteve por 5 semestres. Foi o interesse pelo rock que o motivou a fazer um blog pioneiro sobre o tema e o aproximou da comunicação. Finatto foi aluno da Fabico entre 2007 e 2011.

Esperança

O relato das trajetórias pessoais demonstram que não existe um caminho único para a formação. "Dá um pouco de esperança pra gente", definiu Pâmela Maidana Cunha, caloura do curso de Jornalismo, que se preocupa com a perda de espaço da profissão jornalista, mas que diz retomar a esperança tendo contato com profissionais que encontraram espaços de atuação. "Eu achei legal que os dois são de áreas diferentes" destacou Vanessa Corrêa Dias, também caloura do Jornalismo, acrescentando que superou sua expectativa inicial quando anunciaram a atividade. Ela esperava que viesse alguém do esporte e alguém da redação, que segundo ela é mais do mesmo. "Mas não, veio um cara da música que tipo nunca nem pensei em fazer, e ela também trabalha como free (a jornalista Silvia Lisboa, aluna FABICO entre 1998 e 2001), só que ela trabalhou em várias coisas antes, então eu gostei por isso, por serem áreas diferentes e que deu pra tirar várias dúvidas minhas. A gente até na matrícula pergunta sobre o mercado, mas ter pessoas de fora da Faculdade é totalmente diferente", avalia Vanessa.

registrado em: