Ferramentas Pessoais
Acessar

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Seções
Você está aqui: Página Inicial Graduação Biblioteconomia Tesauro de Literatura Infantil e Juvenil

Tesauro de Literatura Infantil e Juvenil

 

Abra o Tesauro de Literatura Infantil e Juvenil


1 INTRODUÇÃO

 

Este Tesauro constitui-se uma edição preliminar e foi elaborado em virtude da dificuldade de recuperação das informações contidas no então Centro Referencial de Literatura Infantil e Juvenil do Departamento de Ciências da Informação (CERLIJ) identificada por docentes e discentes. Constatou-se a necessidade de um vocabulário controlado para ser utilizado na indexação dos documentos desse acervo.

Este instrumento de indexação tem a finalidade de estruturar um vocabulário sobre literatura Infanto-juvenil. Foi elaborado a partir de uma pesquisa desenvolvida por professoras do Departamento de Ciências da Informação (DCI), da área de Organização e Tratamento da Informação, iniciada em 2001, uma vez que este tema é contemplado por esta subárea do Curso de Biblioteconomia.

Na primeira etapa da pesquisa procurou-se levantar as linguagens documentárias existentes nessa área específica, sendo que, em nível internacional, somente um instrumento foi localizado - “Tesauro de Literatura Infantil”, do Banco del Libro da OEA - Programa Regional de Desarrollo Cultural.

Em nível nacional, não foi encontrado nenhum tesauro nesta área, mas foi examinada a obra “Base de Dados em Literatura Infanto-Juvenil (BADALI)”, coordenada por Else Benetti Marques Válio.

Para fins de elaboração deste tesauro foi utilizado o “Manual de Elaboração de Tesauros Monolíngües”, editado pelo IBICT em 1990.  Além deste padrão utilizado, foi construída uma metodologia de elaboração interrelacionada com a Teoria Comunicativa da Terminologia.

As fontes (obras) norteadoras para a coleta, categorização e definição de termos foram o livro da Profª Vera Aguiar: Era Uma Vez ...na Escola (2002) bem como Base de Dados em Literatura Infanto-Juvenil (BADALI) coordenado por Else Benetti Marques Válio e o trabalho de Elizabeth Márcia Martucci   e Glória Caitano Rozeti, apresentado no 19° CBBD, realizado em Porto Alegre, no ano de 2000.

Além dessas, foram também analisadas obras de literatura infanto-juvenil, nas quais foram coletados traços semânticos necessários para o aperfeiçoamento da construção das definições e categorizações.

A categorização utilizada, assim como as definições do glossário, obedeceu estritamente a uma necessidade prática para a construção de um instrumento para indexar documentos, não sendo nosso propósito que esta obra sirva para consulta na área de literatura infanto-juvenil.

Com base neste estudo, foram construídas definições para o glossário, adaptadas às necessidades do local a que se destina.

Os critérios que determinaram a escolha do descritor preferido foram, primeiramente, a terminologia utilizada no CERLIJ e, em segundo lugar, a terminologia mais empregada na literatura da área. Os descritores foram testados e validados.

 

2 ESTRUTURA

 

A tecnologia empregada no desenvolvimento do tesauro foi o software de gestão de linguagens documentárias, TemaTres, que possibilita a criação de tesauros hierárquicos.

O Tesauro está divido em três partes: glossário, apresentação alfabética dos descritores e representação gráfica. Cumpre salientar que esta versão que está sendo divulgada inclui somente a apresentação alfabética e a sistemática deste instrumento de indexação.

Este tesauro foi organizado em cinco grandes categorias, sendo que alguns assuntos foram aglutinados ou inseridos em uma determinada categoria para atender a finalidade prática do uso a que se destina. Essas categorias são:

a) Abordagem;

b) Gêneros;

c) Personagens;

d) Tema;

e) Forma.

 

3 RELAÇÕES ENTRE OS DESCRITORES E AS NOTAS

Para fins de indicação das relações entre os descritores, foram utilizadas as seguintes abreviaturas:

TG – Termo Genérico
TE – Termo Específico
TR – Termo Relacionado
Exemplos:
APÓLOGO
TG NARRATIVA
TR ANEDOTA
TR CONTO
TR CRÔNICA
TR DIÁRIO
TR FÁBULA
TR HQ
TR LENDA
TR MITO
TR NOVELA
TR PARÁBOLA
TR REMINISCÊNCIA
TR ROMANCE

Em função de limitações da versão do software utilizado para a construção do tesauro, as relações partitivas aparecem como termos relacionados e também não aparecem nesta versão a indicação das relações de equivalência.

 

4 PUBLICAÇÃO E ATUALIZAÇÃO

 

A edição preliminar deverá ser enriquecida após a testagem de seu uso com sugestões de bibliotecários que atuam na área uma vez que o tesauro é uma obra que carece de uma atualização constante para dar conta da criação de novos termos na terminologia da área.

Com esta finalidade, foi anexado um formulário para envio de sugestões com a indicação das respectivas fontes de informação nas quais foram coletados os novos termos e data da coleta.

 

5 EQUIPE

 

5.1 - Pesquisadores

Glória Isabel Sattamini Ferreira;
Martha Eddy Krummenauer Kling Bonotto;
Regina Helena van der Laan.

 

5.2 - Bolsistas voluntários

Daiani Ribas Semeler;
Carlos Alberto Borges Ribeiro.

 

5.3 - Assessoria para informática

Alexandre Semeler;
Rodrigo Klanovicz Ferreira