Você está aqui: Página Inicial Dicas Sustentáveis

Se você estiver em casa...

1. Instale uma válvula na sua descarga.

Instale uma válvula para regular a quantidade de água liberada no seu vaso sanitário: mais quantidade para o número 2, menos para o número 1!


2. Tome banho de chuveiro.

E de preferência, rápido. Um banho de banheira consome até quatro vezes mais energia e água que um chuveiro.


3. Use menos água quente.

Aquecer água consome muita energia. Para lavar a louça ou as roupas, prefira usar água morna ou fria.


4. Compre um ventilador de teto.

Nem sempre faz calor suficiente pra ser preciso ligar o ar-condicionado. Na maioria das vezes um ventilador de teto é o ideal para refrescar o ambiente gastando 90% menos energia. Combinar o uso dos dois também é uma boa idéia. Regule seu ar condicionado para o mínimo e ligue o ventilador de teto.


5. Limpe ou troque os filtros o seu ar-condicionado.

Um ar condicionado sujo representa 158 quilos de gás carbônico a mais na atmosfera por ano.

 

6. Compre papel reciclado.

Produzir papel reciclado consome de 70 a 90% menos energia do que o papel comum, e poupa nossas florestas.


7. Troque suas lâmpadas incandescentes por fluorescentes. E melhor ainda, por lâmpadas fluorescentes de LED.

Lâmpadas fluorescentes gastam 60% menos energia que uma incandescente. Assim, você economizará 136 quilos de gás carbônico anualmente. As lâmpadas fluorescentes de LED são uma forte tendência, principalmente em termos de durabilidade e economia. A energia consumida pelo LED é revertida em iluminação e não em calor, consequentemente não desperdiça energia. O LED pode chegar a mais de 50.000 horas de vida útil, sua iluminação não emite radiação IV/UV, o que evita danos à pele, plantas e também objetos ou produtos expostos como roupas, calçados, móveis, decorações e obras de arte.59. Use somente pilhas e baterias recarregáveis.

É certo que são caras, mas ao uso em médio e longo prazo elas se pagam com muito lucro. Duram anos e podem ser recarregadas em média 1000 vezes.


8. Escolha eletrodomésticos de baixo consumo energético.

Procure por aparelhos com o selo do Procel (no caso de nacionais) ou Energy Star (no caso de importados).

 

9. Use somente pilhas e baterias recarregáveis.

É certo que são caras, mas ao uso em médio e longo prazo elas se pagam com muito lucro. Duram anos e podem ser recarregadas em média 1000 vezes.

 

10. Não deixe seus aparelhos em standby.

Simplesmente desligue ou tire da tomada quando não estiver usando um eletrodoméstico. A função de standby de um aparelho usa cerca de 15% a 40% da energia consumida quando ele está em uso.


11. Retire imediatamente as roupas da máquina de lavar quando estiverem limpas.

As roupas esquecidas na máquina de lavar ficam muito amassadas, exigindo muito mais trabalho e tempo para passar e consumindo assim muito mais energia elétrica.


12. Pendure ao invés de usar a secadora.

Você pode economizar mais de 317 quilos de gás carbônico se pendurar as roupas durante metade do ano ao invés de usar a secadora.


13. Regue as plantas à noite.

Ao regar as plantas à noite ou de manhãzinha, você impede que a água se perca na evaporação, e também evita choques térmicos que podem agredir suas plantas.


14. Faça compostagem.

Cerca de 3% do metano que ajuda a causar o efeito estufa é gerado pelo lixo orgânico doméstico. Aprenda a fazer compostagem: além de reduzir o problema, você terá um jardim saudável e bonito.