IFCH - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - UFRGS
 Página Inicial   |    Contato   |  Siga nas redes    Língua        
IFCH - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - UFRGS
08/11/2018

MOÇÃO DO IFCH A RESPEITO DO INCÊNDIO DO MUSEU NACIONAL

No dia dois de setembro de 2018, um incêndio de grandes proporções atingiu vários setores do palácio que era a sede do Museu Nacional, instituição vinculada à Universidade Federal do Rio de Janeiro. Esse fato foi acompanhado com profundo lamento e consternação pela comunidade acadêmica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. O prédio do Museu Nacional, além de ser o local de visitação à exposição de parte de seu acervo de mais de 20 milhões de itens, era também onde trabalhavam e estudavam colegas de vários programas de pós-graduação da UFRJ. O desastre afetou de forma irreparável materiais, acervos e bibliotecas abrigados pelo prédio, atingindo tanto o passado das populações cujos objetos estavam ali reunidos, quanto o futuro das pesquisas em diversas áreas do conhecimento. Por essas razões, representa indubitavelmente uma tragédia sem proporções para a memória, a cultura e a ciência em nosso país.

A comunidade acadêmica do IFCH acompanhará com interesse os esforços para reconstrução do Museu Nacional, um projeto que envolve um levantamento cuidadoso das perdas devidas ao incêndio e ao desabamento e, também, medidas que permitirão que a instituição se reconstrua em novas bases, dando continuidade a suas atividades de ensino, pesquisa e serviço à população. Temos certeza de que o Museu Nacional encontrará os caminhos para reiterar sua importância como parte de um patrimônio não apenas brasileiro, mas mundial.

A comunidade acadêmica da IFCH presta solidariedade aos/às colegas da UFRJ no momento em que parte da mídia e da opinião pública levanta dúvidas sobre a capacidade da instituição em manter e administrar o Museu Nacional. Expressa ainda sua preocupação quanto ao modo como o governo federal reagiu ao desastre, decretando medidas que criaram novos órgãos e políticas sem uma necessária consulta aos profissionais do campo museológico brasileiro.

Denúncias que buscam abalar a universidade pública ou medidas apressadas que ignoram posicionamentos relevantes são formas lamentáveis de evitar o debate acerca da necessidade de um maior volume de recursos para as áreas de cultura, ciência e educação no Brasil. Tal situação não faz senão agravar a precarização enfrentada por muitas instituições que dependem desses recursos. A vigência da Emenda Constitucional 95, conhecida como “teto dos gastos públicos”, é atualmente o principal empecilho para que tais áreas recebam o tratamento adequado e o respeito merecido pela sociedade brasileira.

O IFCH conclama a sociedade a estabelecer a cultura, a ciência, a educação e a memória como eixos prioritários para o desenvolvimento nacional para que assim possamos aumentar as chances de que a tragédia que atingiu o Museu Nacional não venha a se repetir.

 

 

VOLTAR

IFCH - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - UFRGS
Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH)
UFRGS - Campus do Vale
Av. Bento Gonçalves, 9500 – Prédio 43311
Porto Alegre - RS - 91509-900 - Brasil
Caixa Postal 15055 - CEP 91501-970
Fone / Fax: (+55) 51 3308 6648



Desenvolvido por Master Tecnologia

INSTITUCIONAL
GRADUAÇÃO
PÓS-GRADUAÇÃO
EXTENSÃO

PUBLICAÇÕES
NOTÍCIAS
AGENDA
LINKS