UFRGS Instituto de Geociências
Biblioteca Departamentos Laboratórios Museus Pós-Graduação
Instituto de Geociências - Instituto de Geociências

Museus do IGEO

Museu de Paleontologia Irajá Damiani Pinto

 



O nome do Museu de Paleontologia presta homenagem ao seu idealizador, Prof. Irajá Damiani Pinto.  Da mesma forma é feita uma homenagem ao Prof. Mário Costa Barberena, fundador do setor de Paleovertebrados, ao denominar a sala de exposições com o seu nome.  Ambos são professores do Departamento de Paleontologia e Estratigrafia do Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. A sala de exposições exibe uma linha de tempo com vários painéis abordando o início de vida da Terra e representações de diferentes anos de diversos períodos geológicos.
Fonte: Folder distribuído na inauguração do Museu de Paleontologia.


Museu de Mineralogia e Petrologia Luiz Englert

A coleção de minerais e rochas que compõe o acervo do Museu iniciou em 1909 com o “Gabinete de Mineralogia” do Prof. Luiz Englert, que lecionava na Escola de Engenharia diversas disciplinas, entre elas a de Mineralogia. Com o início do curso de Geologia, em 1957, as coleções foram ampliadas e usadas para as aulas do curso. Em 1970, através da reforma universitária foi extinta a Escola de Geologia e criado o Instituto de Geociências estruturando-se em cinco departamentos. Um desses departamentos, o de Mineralogia e Petrologia ficou responsável pelas coleções de minerais e rochas.
A Coleção de Minerais conta com 3.600 minerais, composta por peças doadas por pessoas físicas, adquiridas e coletadas pela equipe do Museu. Destacam-se nessa coleção o Meteorito de Putinga e o de Nova Petrópolis. A Coleção de Rochas conta com 2.000 amostras, destacando-se a doação de rochas recebida pelo jesuíta Balduino Rambo S.J.
Para maiores informações consulte a Home Page:  http://www.museumin.ufrgs.br/.
Fonte: Home Page do Museu de Mineralogia e Petrologia Luiz Englert. Acesso em: 24 nov. 2011.

 


Museu de Topografia Prof. Laureano Ibrahim Chaffe


 

O Museu foi criado com a finalidade de resgatar o acervo de equipamentos topográficos, cartográficos, geodésicos e de sensoriamento remoto que fazem parte do desenvolvimento da história da topografia e áreas afins, junto ao Departamento de Geodésia do Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. O acervo conta com mais de 300 peças e dezenas de mapas que mostram a evolução da topografia e da cartografia nos últimos dois séculos. Mantém exposição permanente e desenvolve anualmente várias exposições temporárias. Também participa de eventos ligados ao setor museológico nacional e regional.
Home Page: http://www.ufrgs.br/museudetopografia
Fonte: Corrêa, Iran Carlos Stalliviere. Apresentação. In: Museu de Topografia Laureano Ibrahim Chaffe: 15 anos de história: 1996-2011. Porto Alegre: IGeo/UFRGS, 2011.