Identidade Visual

A nova Identidade Visual do Laprotox busca expressar a variedade dos estudos desenvolvidos no laboratório através da versatilidade.

Identidade Visual - Laprotox

As variações do logotipo incluem versão horizontal, vertical e para cada área de Linha de Pesquisa, sendo elas: Insetos, Plantas, Bactérias, Fungos e Urease. É recomendada a utilização do logotipo com símbolo inscrito nos trabalhos que tratem exclusivamente do assunto representado pelo símbolo. E em adição ao logotipo quando houver mais de uma área principal.

A solução de identidade visual do Laprotox parte de três atributos: pesquisa, colaboração e inovação, e três conceitos: versatilidade, tradição e modernidade.

Criado a partir da pesquisa sobre proteínas tóxicas, o Laprotox é hoje em dia um laboratório que evolui através da colaboração. Atua em diferentes áreas, unindo talentos capazes de gerar inovação e envolvimento.

O Laprotox expandiu ao longo do tempo, demonstrando que a área de estudos está evoluindo e o laboratório necessita de versatilidade para acompanhar o processo.

Firmado sob a UFRGS, uma das mais tradicionais universidades do Brasil, tem como objeto de pesquisa algo que há muito tempo já está sendo estudado, porém ainda continua dando margem para inovação. Através dessa dualidade de princípios, o laboratório apresenta ao mesmo tempo os conceitos de tradição e modernidade.

Logotipo Antigo - Laprotox

 

 

Na versão anterior, desenvolvida pela própria Pesquisadora Líder Célia Carlini, o logotipo expressava a dualidade dos estudos, expondo o inseto e a planta como elementos do símbolo.

 

O símbolo em formato de escudo remete à idéia de batalha. O espaço em negativo foi gerado a partir do símbolo de biohazard, expondo a dualidade entre ataque e defesa.

Logotipo Atual - Laprotox

A segmentação do escudo traduz à ideia de várias partes que formam um todo, como é o caso do Laprotox que é movido pela cooperação e constituído por várias linhas de pesquisa com o mesmo núcleo fundamental.

Por fim, o projeto do site do Laboratório de Proteínas Tóxicas previa um ambiente virtual convidativo à participação. O fundamental nesse sentido é confortar o usuário e estimular seu envolvimento com o site e com o laboratório.

O projeto e desenvolvimento do site e da identidade visual foi feito pela Imateria.

 

Em anexo você encontra o logotipo e os símbolos em diversos formatos para inclusões em trabalhos e apresentações de pesquisa.