Você está aqui: Página Inicial Projetos Memória da arte islâmica

Memória cultural da arte islâmica

O projeto de pesquisa Memória cultural na gênese e desenvolvimento da arte islâmica (2014–2017) teve por objetivo investigar a transmissão da memória cultural na gênese e desenvolvimento da arte islâmica, tendo em vista as tradições mesopotâmicas na região do Oriente Próximo, delimitada aos seus principais componentes arquitetônicos, a saber, a mesquita, a madrasa e o palácio englobando todos os seus componentes formais e iconográficos.

Partimos do pressuposto de que a arte islâmica está enraizada em tradições culturais que remontam a babilônios e assírios, e que estes fatores renovam-se e permanecem ativos como princípios desta arte.

O estudo tinha, ainda, como objetivo, a produção de material didático, visual e escrito, para o ensino de graduação e pós-graduação desses temas. Visava também a constituição de uma iconoteca e sua disponibilização, bem como a produção de textos, em língua portuguesa, para o estudo desta temática como uma forma de contribuir para preencher uma lacuna editorial neste campo do conhecimento no país.

O projeto possibilitou a criação do grupo de pesquisa Laboratório do Mundo Antigo e Medieval (LAMAM), no Curso de Bacharelado em História da Arte. O mesmo foi cadastrado no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), inserindo o atual projeto na linha de pesquisa História, Arte e Memória Cultural, que busca compreender as relações entre a história, a memória, a produção de imagens artísticas e a formação de tradições culturais. Entendemos que as imagens existem sobre suporte material, são produtos históricos de seu tempo, feitos de matéria e transmitidos como patrimônios, acervos e linguagens.

O projeto contou com o apoio financeiro do CNPq, pela aprovação no Edital MCTI/CNPQ/MEC/CAPES Nº 22/2014 – Ciências Humanas, Sociais e Sociais 4 Aplicadas, Processo 471060/2014-3, além do apoio da FAPERGS e BIC/UFRGS, com a concessão de seis bolsa de Iniciação Científica ao longo do biênio 2014/2016.