Integrante do LIMC, Marjulie Angonese defende dissertação “Alices, espelhos e o jogo de xadrez em busca da audiência no ciberespaço: a transmissão de vídeo ao vivo por smartphones – o caso Periscope”, 10.05, às 14h, na Fabico.

O estudo de Marjulie teve como objetivo compreender as manifestações nos discursos de modelos SuicideGirls das ideologias feministas e de poder capitalístico. Através do entrecruzamento teóricos de conceitos relativos à subjetivação proporcionada pelas pressões ideológicas, tanto feministas quanto de poder capitalístico e aos ligados ao domínio da performance, a pesquisadora realizou entrevistas semiestruturadas junto a quatro SuicideGirls e analisou seus discursos, bem como de vídeos transmitidos ao vivo por elas no Facebook.

A pesquisa considera que as transmissões por streaming analisadas estão inseridas em um contexto pornocultural, já que o site divulga fotos de soft porn. Como resultado, a análise de discurso apontou para concepções de autonomia feminina calcadas em objetivos provenientes do capitalismo e para o desejo conflitante das participantes de não terem seus corpos considerados como mercadorias pornificadas. Os discursos apontam para uma chancela econômica conferida pelo status de SuicideGirl para aquisição do capital social necessário para serem influenciadoras digitais.

O QUE: Defesa de dissertação
QUEM: Marjulie Angonese
QUANDO:10.05, às 14h
ONDE: Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação – Campus Saúde, R. Ramiro Barcelos, 2705, sala 206