O artigo “Para além da emissão sonora: as interações no podcasting”, que eu tinha apresentado no último Seminário Internacional de Comunicação na PUCRS, acaba de ser publicado no periódico Intexto, do PPGCOM/UFRGS. Aqui vai o resumo:

Podcasting é um processo midiático que emerge a partir da publicação de arquivos de áudio na Internet. Em virtude da mínima estrutura tecnológica exigida, a produção e a distribuição podem ser realizadas de maneira simplificada até por uma única pessoa. Ou seja, viabiliza uma produção independente de alcance global. Os podcasts podem não apenas ser buscados na Internet, como também ser assinados (através do recurso RSS) para recebimento automático de novos episódios através do uso de um software agregador. Além do áudio, cada programa pode conter imagens, links hipertextuais e ser dividido em capítulos. Dessa forma, ultrapassa-se a mera escuta, oferecendo-se uma experiência multimídia e formas de navegação, tanto no interior do programa quanto na rede. O podcasting, no entanto, não se resume à fácil emissão de conteúdo na rede e novas formas de recepção. Como os podcasts são normalmente vinculados a um blog, a interação dialogal pode ocorrer entre todos os participantes do processo, borrando a tradicional separação entre as instâncias de produção e recepção no contexto massivo. Além de detalhar as condições de produção e recepção de podcasts, em contraste com o rádio, este artigo ainda busca refletir sobre o processo de remediação entre podcasting e radiodifusão, o potencial desse novo meio enquanto micromídia (Thornton, 1996) e seu impacto na indústria fonográfica.

Palavras-chave: Podcasting – interação mediada por computador – micromídia

E para quem anda querendo saber por onde anda o podcast Sala de Bate-Papo, ele estará brevemente voltando de férias, com novas entrevistas e informações.