Para a discussão de alguns conceitos e para a investigação empírica das hipóteses em estudo, o LIMC desenvolve projetos com tecnologias digitais.

Abaixo você poderá encontrar links para alguns dos projetos que subsidiam a pesquisa da interação mediada por computador. A partir dessas experiências, pretende-se avaliar as potencialidades e as limitações oferecidas pelo hipertexto, groupwares, inteligência artificial e pela educação a distância.

PROJETOS

Felicidade e trabalho na era da desatenção digital: transformações da vida afetiva e profissional pelo uso intensivo de mídias sociais

A felicidade parece já não ser mais vista como um direito, mas sim como um dever. É nesse sentido que tantos intelectuais tratam do ?imperativo da felicidade?. Hoje, cabe mostrar-nos sempre bem e satisfeito. Este projeto visa compreender, de forma não apaixonada, as práticas afetivas em nossa época, especificamente em serviços de redes sociais online, cujo acesso se dá principalmente através de dispositivos móveis. Diante de tal cenário, o objetivo geral desta pesquisa: Investigar como a vida afetiva e a produtividade de heavy users são transformadas pelo uso intensivo de mídias sociais em dispositivos móveis. Os objetivos específicos deste projeto são: 1. Discutir o que são heavy users de aplicativos móveis de mídias sociais e como suas práticas online se diferenciam de outros interagentes; 2. Observar como as interações em mídias sociais através de smartphones transforma a experiência dos eventos presenciais (encontros com amigos e familiares, shows, restaurantes, etc); 3. Investigar a relação do uso de mídias sociais com a procrastinação e seu impacto no trabalho; 4. Avaliar a correlação da média de postagens, curtidas, compartilhamentos, e comentários (entre outros recursos interativos disponíveis em mídias sociais) de heavy users com a percepção de sua felicidade, autoestima e níveis de ansiedade.

2017 – Atual
Em andamento

A amizade reinventada na cibercultura: interações em sites de redes sociais

Descrição: 1. Qualificação do problema a ser alcançado: A questão de pesquisa que guia este projeto é: Como as relações de amizade se atualizam na cibercultura com a mediação de sites de redes sociais? 2. Objetivos Realizada a exposição do problema a ser investigado, apresenta-se a seguir o objetivo geral desta pesquisa: Analisar como interações em sites de redes sociais transformam as relações de amizade na contemporaneidade. Os objetivos específicos deste projeto, que viabilizarão a resposta à questão de pesquisa são: a) Discutir como o conceito e a prática da amizade vem sendo atualizada no tempo; b) Contrastar as diferentes tecnologias (analógicas e digitais) utilizadas para a manutenção de interações amistosas e como elas são utilizadas em diferentes situações, para fins diversos, como também de forma convergente; c) Estudar como os sites de redes sociais transformam o curso das interações e de que forma usam as informações compartilhadas para fins mercadológicos; d) Analisar se (e como) o reconhecimento de usos mercadológicos de dados pessoais e interacionais em sites de redes sociais afetam o comportamento dos interagentes; e) Desenvolver e aplicar método para avaliação das características qualitativas de relações amistosas no Facebook.

2013-2017
Status: concluído

Estudo da tensão entre as utopias da cibercultura e o desejo de fama e sucesso financeiro de blogueiros e tuiteiros

Este projeto visa investigar como jovens, desvinculados de grandes instituições midiáticas, produzem conteúdos e interagem na internet em busca da fama. Tal estudo fará um contraste dessas estratégias comunicacionais com as utopias de democratização dos meios de comunicação, liberdade de expressão e intervenção cidadã, típicas da cibercultura. Ora, se a popularização das mídias digitais nos facultariam uma forma de escapar das imposições da mídia institucionalizada, por que celebridades ganham tanta atenção e movimentam tantas conversações no ciberespaço? E não seria um paradoxo também o desejo de amadores por fama e celebrização em um ambiente (o ciberespaço) onde os nichos e pequenos grupos assumiriam o protagonismo, desbancando os veículos tradicionais? Ou seja, quer-se aqui analisar como se dá o trabalho de amadores por notoriedade e reputação na rede, associado à exploração comercial de mídias independentes. A discussão de Jenkins (2006) sobre Cultura da Convergência detalha como as audiências segmentadas participam hoje ativamente para o sucesso de produtos culturais da indústria de entretenimento. Por outro lado, este projeto pretende colocar em discussão justamente o que os estudos de Jenkins preferem ignorar. Ou seja, as estratégias de poder do grande capital midiático e suas formas de cooptação das utopias libertárias da cibercultura. Quer-se não apenas avaliar como as multidões produtivas são utilizadas na reinvenção da produção lucrativa daquelas indústrias, mas também como podem resistir e subverter movimentos tão sutis e efetivos. Diante de tais antecedentes e da justificativa da relevância deste projeto no contexto da mídia contemporânea no seio da cibercultura, propõe-se a seguinte questão de pesquisa: Como é negociada a tensão entre os discursos de independência e o desejo de fama e sucesso financeiro nas práticas de blogueiros e tuiteiros, no contexto do encadeamento dos diferentes níveis midiáticos? Realizada a exposição do problema a ser investigado.

2011-2013
Status: concluído

Conversações e relacionamentos mediados pela micromídia digital: Impactos sociais e políticos

A questão de pesquisa que orienta este projeto é: que papel relacional e político têm as conversações mediadas pela micromídia digital na estrutura midiática contemporânea?

2007-2010
Status: concluído

PESQUISAS EM DESENVOLVIMENTO

TESE | As crianças e a publicidade feita por youtubers

Doutoranda: Maria Clara Sidou Monteiro
Início: 2015 –

TESE | Gastronomia Transmídia: a alimentação como construção da narrativa do lifestyle na blogosfera e nas mídias sociais

Doutoranda: Ludimila Matos
Início: 2016 –

TESE | A busca pelo amor romantico: um estudo etnográfico sobre a influência da midia na busca de parceiros amorosos nos aplicativos Happn e Par Perfeito

Doutorando: Ricardo Barbosa Fernandes de Sousa
Início: 2017 –

DISSERTAÇÃO | Ser e estar na era digital: Identidade e sociabilidade nas plataformas de interação online

Mestranda: Josiléia Lisandra Kieling
Início: 2017 –