Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais
Acessar
Você está aqui: Página Inicial 12. Idiomas Latim Exemplos de textos

Exemplos de textos

Exemplos de textos

Cícero (106 a.C – 43 a.C) – Em defesa do poeta Arquias, 16.

Sed pleni omnes sunt libri, plenae sapientium voces, plena exemplorum vetustas: quae iacerent in tenebris omnia, nisi litterarum lumen accederet. Quam multas nobis imagines--non solum ad intuendum, verum etiam ad imitandum--fortissimorum virorum expressas scriptores et Graeci et Latini reliquerunt?

Mas, cheios estão todos os livros, repletas as palavras dos sábios, cheia a antiguidade de exemplos; todos os quais estariam sepultados nas trevas, se não sobrevisse o esplendor das letras. Que inúmeros retratos de homens tão valentes, nos deixaram expressos, os escritores tanto gregos como latinos, não só para vermos, mas também para imitarmos!

Júlio César (100 a.C. – 44 a. C) – Sobre a Guerra Gaulesa 5, 44.

 

 

 

 

 

 

 

 

Erant in ea legione fortissimi viri, centuriones, qui primis ordinibus appropinquarent, Titus Pullo et Lucius Vorenus. Hi perpetuas inter se controversias habebant, quinam anteferretur, omnibusque annis de locis summis simultatibus contendebant. Ex his Pullo, cum acerrime ad munitiones pugnaretur, "Quid dubitas," inquit, " Vorene? aut quem locum tuae probandae virtutis exspectas ? Hic dies de nostris controversiis iudicabit."

Estavam nessa região os centuriões Tito Pullo e Lucius Vorenus, homens muito fortes, que se aproximavam das primeiras ordens. Estes tinha entre si perpétuas contendas, sobre qual dos dois seria preferido ao outro, e em todos os anos disputavam acerca dos lugares com as maiores inimizades. Dentre eles, Pullo, como se combatesse ardentemente junto às fortificações, diz: “Por que hesitas, Voreno, ou que ocasião esperas para provar o teu valor? Este dia julgará acerca das nossas controvérsias!”

João, 1,1 (Vulgata)

In principio erat Verbum et Verbum erat apud Deum, et Deus erat Verbum. Hoc erat in principio apud Deum. Omnia per ipsum facta sunt, et sine ipso factum est nihil quod factum est; in ipso vita erat, et vita erat lux hominum; et lux in tenebris lucet, et tenebrae eam non comprehenderunt.

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens.

E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam.

Agostinho (357 – 430) – Confissões, XI, 15

Quid est ergo tempus? Si nemo ex me quaerat, scio; si quaerenti explicare velim, nescio. Fidenter tamen dico scire me quod, si nihil praeteriret, non esset praeteritum tempus, et si nihil adveniret, non esset futurum tempus, et si nihil esset, non esset praesens tempus.

O que é, pois, o tempo? Se ninguém me perguntar, sei o que é; mas se quiser explicá-lo a quem me perguntar, não sei: no entanto, digo com segurança que sei que, se nada passasse, não existiria o tempo passado, e, se nada adviesse, não existiria o tempo futuro, e, se nada existisse, não existiria o tempo presente.

Imperador Justiniano (483 – 565) – Institutas

Iustitia est constans et perpetua voluntas jus suum cuique tribuens. Art. I. Iurisprudentia est divinarum atque humanarum rerum notitia, iusti atque iniusti scientia.

Justiça é a vontade constante e permanente de dar a cada um o seu direito. Art. 1. Jurisprudência é o conhecimento das coisas divinas e humanas, a ciência do justo e do injusto.

Galileu Galilei (1564 – 1642) – O Mensageiro Sideral

Die itaque septima Ianuarii, instantis anni millesimi sexcentesimi decimi, hora sequentis noctis prima, cum cælestia sidera per Perspicillum spectarem, Iuppiter sese obviam fecit; cumque admodum excellens mihi parassem instrumentum (quod antea ob alterius organi debilitatem minime contigerat), tres illi adstare Stellulas, exiguas quidem, veruntamen clarissimas, cognovi; (...)

No sétimo dia de Janeiro do presente ano de 1610, na primeira hora da noite, quando observava corpos celestes através da luneta, Júpiter apresentou-se para mim. E como tinha fabricado um instrumento absolutamente excelente, reconheci (o que antes não tinha podido conseguir devido à fraqueza da outra luneta) que havia três estrelas próximas do planeta, pequenas, mas muito claras. (...)

Isaac Newton (1643 – 1727) – Princípios Matemáticos

Lex III – Actioni contrariam semper et aequalem esse reactionem: sive corporum duorum in se mutuo semper aequales et in partes contrarias dirigi.

Lei III – Para cada ação existe sempre uma reação igual e contrária: ou as ações recíprocas de dois corpos um sobre o outro são sempre iguais e dirigidas para partes contrárias.

 

**********

Canis per flvvivm  carnem ferens

O CÃO CARREGANDO CARNE PELO RIO

Fábula de Fedro (15 a. C. – 50 d. C)

(Inspirou-se em Esopo, escritor grego)