Blog do NEMES

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Luciano Trigo critica o vale-tudo na arte contemporânea

O jornalista Luciano Trigo critica o vale-tudo na arte contemporânea. Assista o vídeo:

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1167581-7823-JORNALISTA+CRITICA+O+VALETUDO+NA+ARTE+CONTEMPORANEA,00.html

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Seminário Especial - “Imagem e cultura visual na pesquisa em educação” (Gustavo Fischman)

O seminário ocorrerá de 16 a 18 de novembro.
Cronograma das aulas: Dia 16/11 – das 14h às 18h
Dia 17/11 – das 14h às 17h
Dia 18/11 – das 13h às 17h
Local (*): a ser definido (preferencialmente, sala 601 ou 508 da Faculdade de Educação da UFRGS)
Linha de pesquisa: Ética, Alteridade e Linguagem na Educação
Professora Responsável: Gustavo Fischman (professor convidado da Arizona State University – EUA)
Disponibilizado para: Alunos Regulares do Programa e de outros Programas de Pós-Graduação da UFRGS
Vagas: 25

Súmula/ementa: A importância dos novos estudos desenvolvidos nas ciências sociais e da comunicação para a pesquisa educacional, no sentido de uma ampliação da compreensão dos fatos, renovação de enfoques e introdução de fontes alternativas nos estudos. O significado dos estudos visuais, no sentido de um alargamento da pesquisa dos fenômenos educativos, em dois sentidos: primeiro, compreendendo-os como um fenômeno social; segundo, buscando subsídios teórico-metodológicos nas ciências sociais (economia, história, sociologia, antropologia, ciência política, comunicação). A incorporação de aspectos da cultura visual à pesquisa educacional como fonte de novos instrumentos de pesquisa. O questionamento ao uso das imagens como meras ilustrações, de modo a apenas apoiar as estratégias mercadológicas que apresentam imagens “belas ou chocantes”, com o intuito de promover o consumo da pesquisa. Fontes de dados visuais (filmes, desenhos-animados, cartazes, desenhos, pinturas, fotografias), assim como outras formas não tradicionais de representação, e sua utilização para fazer avançar nosso conhecimento sobre novos e antigos temas da pesquisa em educação.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Ciclo de Seminários da Mostra Aula de Cinema do CineEsquemaNovo 2009 tem inscrições gratuitas

Os interessados em participar do ciclo de seminários do CineEsquemaNovo 2009 - Festival de Cinema de Porto Alegre podem garantir sua vaga e fazer a inscrição gratuitamente. Para isso, é preciso enviar uma ficha para o e-mail seminarios@cineesquemanovo.org, com dados como: nome completo, profissão e/ ou instituição de ensino ao qual pertence.

Os seminários ocorrem ao lado da Mostra Aula de Cinema, todas as manhãs, de 20 de outubro (terça-feira) a 24 de outubro (sábado). A programação dupla de filmes e palestras acontecerá na Sala P.F. Gastal da Usina do Gasômetro, a partir das 10h. O objetivo é potencializar o foco desta Mostra entre estudantes e jovens realizadores, através de palestras ministradas pelos jurados das mostras competitivas do CEN 2009, Cezar Migliorin, Christian Saghaard, Maria Helena Bernardes, Maria Henriqueta Satt e Lina Chamie.

Em pauta questões como “Políticas da imagem e o documentário contemporâneo”, “Linguagem e produção de filmes com temática infantil”, “Direção cinematográfica - a função do diretor”, “A participação da imagem em movimento na história da arte e sua presença na produção contemporânea” e ainda “O Documentário e a reinvenção do real”.

Programação dos Seminários:
*As palestras são realizadas após as sessões da Mostra Aula de Cinema na Sala P. F. Gastal, da Usina do Gasômetro

20/10, às 11h, com Lina Chamie
Tema: “Direção cinematográfica - a função do diretor”

A transformação da palavra em imagem e como contar uma história. O seminário abordará os fundamentos da linguagem cinematográfica e a utilização dos recursos narrativos do cinema para transformar palavras escritas (o roteiro) em imagens (o filme).

21/10, às 11h, com Cezar Migliorin
Tema “Políticas da imagem e o documentário contemporâneo”

O lugar do documentário é, freqüentemente, aquele de entrelaçar a comunicação e a poética, a representação e a produção de si e do outro, o roteiro e a cena. Nestas instabilidades, como é possível pensar hoje o documentário como um gesto político? A palestra se centrará em produções brasileiras contemporâneas e suas escrituras para especular sobre essa questão.

22/10, às 11h, com Maria Henriqueta Creidy Satt
Tema “Documentário e a reinvenção do real”

O seminário aborda o documentário como um lugar de fabulação e reinvenção do real. Nesse percurso, apresentará filmes que privilegiam as cinematografias experimentais: das vanguardas de 1920 e 30 aos documentários dos tempos recentes, em seus diálogos estéticos e conceituais com a videoarte e a arte contemporânea. Um apanhado que começa por “Skyscraper Symphony” (1929), de Robert Florey, e chega a “Rua de Mão Dupla” (2002), “A Alma do Osso” (2004) e “Sin Peso” (2007), de Cao Guimarães, passando por “Berlim Sinfonia de uma Metrópole” (1927), de Walter Ruttman, “Daybreak Express” (1958), de D.A.Pennebaker, “Sleep” (1963), de Andy Warhol.e “Rafael França, Obra como Testamento” (2001), de Alex Gabassi e Marco Del Fiol.

23/10, às 11h, com Christian Saghaard
Tema “Linguagem e produção de filmes com temática infantil”

A palestra vai propor uma reflexão sobre a produção brasileira de filmes de curta-metragem destinados ao público infantil. A aproximação do espectador com seu cinema precisa começar já na infância, e é fundamental investir na produção de filmes e oficinas para crianças e adolescentes. O entendimento da linguagem audiovisual é necessário para o exercício da cidadania e isso vale para todas as idades, inclusive para as crianças, pois o cinema incentiva uma postura ao mesmo tempo criativa e crítica em relação às formas de comunicação às quais elas estão expostas em diferentes telas. A criança precisa estar conectada ao mundo audiovisual ao seu redor, sabendo ao mesmo tempo entendê-lo e até se expressar através dele. A conversa incluirá a exibição de dois filmes de Saghaard dedicados a este público: “Isabel e o Cachorro Flautista” e “O Avô do Jacaré”.

24/10, às 11h, com Maria Helena Bernardes
Tema: “A participação da imagem em movimento na história da arte e sua presença na produção contemporânea”

O filme, assim como a performance, são introduzidos como novas possibilidades no cenário da antiarte modernista logo após o final da Primeira Guerra Mundial. Expressões centrais dos espetáculos multimídia dadafuturistas, ambas as linguagens são celebradas como possibilidades de incorporação da experiência temporal às artes plásticas, tradicionalmente definidas como “artes do espaço”, e também como perspectiva de ruptura de suas categorias históricas. A conversa propõe instigar o público ao debate sobre as repercussões da incorporação da imagem em movimento no cenário da arte contemporânea, além da relação entre “filme de artista”, “filme autoral” e “cinema de entretenimento”.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Fotografia, subjetividade e cultura urbana

Inicia dia 13 de outubro


OFICINAS, SARAU E PALESTRAS GRATUITAS

Agende-se, inscreva-se: escola@cameraviajante.com.br



Charla Fotográfica, VerTentes, Instantes Urbanos, Moment
Centro Cultural CEEE Erico Verissimo - Andradas, 1223
Urbanidades - Galeria Mário Quintana, estação Mercado do Trensurb
Porto Alegre - RS



13 de outubro - terça-feira - 19h
Sarau Fotográfico - parceria Fnac e Câmera Viajante
Rogério do Amaral Ribeiro recebe Flávio Samelo e Luis René Morilla
Lançamento da edição especial da VISTA Skateboard.
Local: Fnac Barra Shopping Sul - Porto Alegre



Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo
Rua dos Andradas, 1223
Auditório Barbosa Lessa

14 de outubro - quarta-feira
18h - abertura
18h30
A FOTOGRAFIA NA CULTURA URBANA
Rogério do Amaral Ribeiro – Fotógrafo, artista plástico e diretor da Câmera Viajante
Lucas Ribeiro "Pexão" – Jornalista, curador e galerista (Fita Tape)
Fabrício Lopes da Silveira – Doutor em Comunicação e professor da UNISINOS
Mediação: Me. Carmen Inês Debenetti - Psicóloga


15 de outubro - quinta-feira
14h
ARTE PÚBLICA NO CENTRO HISTÓRICO DE PORTO ALEGRE
Rita Chang – Presidente do COMPAHC e AMICH
Me. José Francisco Alves – Doutorando em Artes Visuais/UFRGS, professor do Atelier Livre de Porto Alegre
Luiz Armando Capra Filho - Diretor da Casa de Cultura Mário Quintana e Museu Júlio de Castilho,

professor do pós-graduação em Gestão Cultural - SENAC RS Mediação: Karla Nyland - Psicóloga e produtora da Câmera Viajante
16h15 - cafezinho
16h30
ARQUITETURA E A ARTE URBANA
Dr. Charles Monteiro – professor de história e orientador de mestrado e doutorado da PUC/RS.
Me.Tiago Holzmann da Silva –Arquiteto, 2º Vice presidente - Instituto de Arquitetos do Brasil/RS (2008/09).
Mediação: Leopoldo Plentz - Fotógrafo e artista plástico

18h30 – cafezinho
19h
EDUCAÇÃO E CULTURA URBANA
Dra. Gisele Becker – Historiadora e professora da FEEVALE
Prof. Estêvão da Fontoura Haeser – Artista visual e formador de professores da Bienal do Mercosul
Dra. Luciana Gruppelli Loponte – professora  e orientadora da Faculdade de Educação UFRGS
Mediação: Betina Frichmann – Artista plástica e educadora


16 de outubro - sexta-feira
14h
O ESPAÇO URBANO NA FOTOGRAFIA AUTORAL
Alex Ramirez –Fotógrafo de moda e professor da FEEVALE
Fernanda Chemale – Fotógrafa, artista visual e professora da Câmera Viajante
Tadeu Vilani – Fotojornalista do jornal Zero Hora
Isabella Carnevalle - fotógrafa e artista visual
Mediação: Márcia Morais Molina - Fotógrafa e professora da Câmera Viajante e UNISINOS

16h15 - cafezinho
16h30
INTERLOCUÇÕES e INTERVENÇÕES URBANAS
Dra. Maristela Salvatori – Artista plástica e professora Artes Visuais - UFRGS
André Venzon – Artista plástico, presidente da Associação Riograndense de Artes Plásticas Francisco Lisboa
Adriana Xaplin – Artista plástica
Mediação: Lucas Ribeiro "Pexão"– Jornalista, curador e galerista (Fita Tape)
18h30 – cafezinho
19 h
A CIDADE SUBJETIVA
Me. Carmen Inês Debenetti - Psicóloga
Leopoldo Plentz - Fotógrafo e artista plástico
Me. Liria Romero Dutra - professora UNIRITTER e pesquisadora em Sociolingüística
Me. Liana Timm – Mestre em Educação pela UFRGS, artista multimídia, designer e poeta
Mediação: Rogério do Amaral Ribeiro – fotógrafo, artista plástico e professor da Câmera Viajante

17 de outubro – sábado
9h30
GRAFFITI E CINEMA
Ada Luz - Cineasta
Luis Flávio Trampo – Artista urbano
Rogério Ferrari - Cineasta
Mediação: Fernanda Chemale – Fotógrafa, artista visual e professora da Câmera Viajante

11h30
IMAGENS CONTADAS – a fotografia de Skate
Audiovisuais
Alex Brandão "Quexada"– Skatista e fotógrafo
Camilo Neres "Baiano"- Fotógrafo de skate
Mediação: Luis Flávio “Trampo" - Artista urbano

14h30
CHARLA FOTOGRÁFICA
Flavio Samelo – Fotógrafo convidado (São Paulo)
Luis René Morilla – Fotógrafo convidado (Buenos Aires)
Mediação: Rogério do Amaral Ribeiro - fotógrafo, artista plástico e professor da Câmera Viajante
Lucas Ribeiro “Pexão - Jornalista

17h
Encerramento




STENCIL FOTOGRÁFICO
Com o artista Luis Flávio “Trampo”
15 e 16 de outubro
Vagas: 10
Carga horária: 6h
Datas: 8 e 9 de outubro (quinta e sexta)
Horário: das 15h às 18h
Local: Núcleo Urbanóide na Rua Lopo Gonçalves, 596 - Cidade Baixa - Porto Alegre
Proposta: Stencil é uma técnica de pintura extremamente fácil de aprender,
ela torna a comunicação mais acessível pois qualquer um pode fazer trabalhos excelentes,
usando refêrencia de fotografias. Ao melhor estilo punk de ser,
aprenda rápido a fazer stencil em camisetas, muros e etc.. Faça você mesmo.
Material necessário: 3 folhas de papel duplex, 1 lata de spray, stilete

e fotocópias para ampliar as imagens.
Valor: R$ 140,00 à vista
Ou em 2 x R$ 75,00 (inscrição + cheque para 30 dias)
10% desconto para:
Viajantes da Câmera (alunos, ex alunos e viajantes)
fotoclubistas
convênios

CIDADE - PLAYGROUND: fotografia, skate e arte
Com o artista e fotógrafo Flavio Samelo e  Lucas Ribeiro "Pexão"
14, 15 e 16 de outubro

Vagas: 25
Carga horária: 9h
Data: 14, 15, 16 de outubro
Horário: 9h às 12h
Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo - Rua dos Andradas, 1223
Proposta: Olhar e clicar a cidade-playground, entender e capturar os movimentos
do skate e outras intervenções urbanas, se expressar através da fotografia nesse contexto.
Perfil do aluno: Fotógrafos, skatistas e artistas, amadores e profissionais.
Pré-requisitos: ter qualquer câmera, digital ou analógica, amadora ou profissional
Material necessário para o aluno:

câmera fotográfica (se for analógica, pelo menos 3 rolos de filme 36 poses, cor ou PB, ISO 200 pra cima)
Conteúdos: Apresentação do skate como intervenção urbana e seu universo fotográfico;
Técnicas e táticas da fotografia do skate; "Session" prática de fotos na Pça da Matriz com skatistas convidados,
experimentando a cidade como espaço de diversão e expressão.
Valor: R$ 350,00 à vista
Ou em 2 x R$ 180,00 (inscrição + cheque para 30 dias)

VIAJE ALREDEDOR  DE UNA FOTOGRAFIA
Com o fotógrafo argentino Luis René Morilla professor do Foto Club Buenos Aires
Tem 50 anos de fotografia e experiência em compartilhar seu conhecimento
14, 15, 16 e 17 de outubro
Vagas: 20
Datas: 14, 15, 16 e 17 de outubro
Horário: das 9h30 as 11h30
Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo - Rua do Andradas, 1223
Proposta: Estimular o olhar e aprimorar as técnicas de captura da imagens através do
conhecimento da linguagem visual: composição, cores, luz,
temperatura, ângulos, objetivas, temas, paisagens urbanas e retratos.
Público:  qualquer pessoa que já opere sua câmera fotográfica

com segurança (câmera digital ou de filme)
Material necessário: qualquer câmera digital ou de filme.
Valor: R$385,00 à vista
Ou em 2x R$200,00 (inscrição + cheque para 30 dias)
10% desconto para:
Viajantes da Câmera (alunos, ex alunos, viajantes)
fotoclubistas
convênios

PINHOLE DIGITAL
Com a fotógrafa e artista visual Isabella Carnevalle
16, 17 e 18 de outubro
Vagas: 10
Datas: 16, 17 e 18 de outubro (sexta, sábado e domingo)
Horário: sexta, das 19h às 21h30
sábado, das 9h30 às 13h – 14h às 17h30
domingo, das 10h às 14h – 15h às 18h
Local: Câmera Viajante - Rua 24 de Outubro, 507 conj 101
Proposta: Capacitar o participante na compreensão e melhor aproveitamento

do conhecimento adquirido, favorecendo o ato de fotografar como uma poética
própria de quem olha e tem na câmara de Orifício Digital o seu assistente do olhar.
Público: A oficina é destinada a qualquer pessoa que queira conhecer os fundamentos da

Câmera de Orifício, também conhecida como Pinhole, aplicando este conhecimento com a câmera digital.
Material necessário: câmara fotográfica digital de lentes intercambiáveis e

conhecimentos básicos de informática.
Valor: R$ 290,00 à vista
Ou em 2 x R$ 155,00 (inscrição + cheque para 30 dias)
10% desconto para:
Viajantes da Câmera (alunos, ex alunos, viajantes)
fotoclubistas
convênios




CÂMERA VIAJANTE - Escola de Imagem
Fones: (51) 3012-0421 / (51) 3028-0421
Site: www.cameraviajante.com.br
MSN: viajante@portoweb.com.br
viajante@cameraviajante.com.br

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Pré-Bienal: índices e anotações

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Dica de filme - Che, o Argentino



Fui assitir ontem o filme "Che, o Argentino" e adorei! Pra quem não sabe, o diretor desse é filme o Steven Soderbergh, que fez filmes como "Sexo, mentiras e videotapes" e "Traffic", ambos muito bons. Vale a pena mesmo assistir a esse novo filme dele. Uma biografia muito bem construída.

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Palestra do Canclini CANCELADA

Infelizmente a palestra do Néstor Canclini foi cancelada por causa da gripe suína que afetou fortemente o México...