• Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Youtube
  • Página inicial

Notícia


O NESPro “inaugura” a sua mais nova linha de pesquisa: bem-estar em bovinos de corte

11/01/2016




A Dra. Maria Eugênia A. Canozzi, integrante do NESPro, defendeu no final de dezembro a sua tese pelo PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA DA UFRGS, programa de excelência no BRASIL.

A tese, intitulada “Castração, descorna e amochamento em bovinos de corte: revisão sistemática e meta-análise”, foi realizado em colaboração internacional com a Universitat Autònoma de Barcelona (Espanha) e com Scotland’s Rural College (Escócia), onde a doutoranda estagiou durante um ano. A supervisão foi do Prof. Júlio Barcellos e o auxílio da Pesquisadora América Mederos do INIA Taquarembó (Uruguai), resultando num estudo inovador, já que é o primeiro a avaliar os efeitos de práticas de manejo dolorosas sobre os indicadores de bem-estar no desempenho de bovinos de corte.

A doutoranda aponta que a descorna, castração e amochamento são práticas que provocam dor nos animais e isso pode se refletir no desempenho futuro, ainda que o estudo exija novas investigações e aprofundamento.

A percepção e as atitudes da sociedade sobre as formas de criação dos animais para produção de carne começam a estabelecer uma série de regras com relação ao bem-estar dos animais e isso impactará, em breve, nas relações comerciais do Brasil com seus importadores por meio de novas exigências.

Para fornecer respostas científicas que servirão de subsídios às autoridades ligadas ao setor e aos pecuaristas, o NESPro dá início a uma nova frente de pesquisa pelo grupo, que buscará estudar o bem-estar de bovinos de corte.

Para isso, já aprovou um projeto junto ao CNPq, que a Dra. Maria Eugênia será a responsável na identificação das atitudes dos profissionais brasileiros que atuam na bovinocultura de corte em relação ao manejo e aos procedimentos dolorosos. Com isto, será possível desenvolver estratégias viáveis para mitigar a dor dos animais e atender aos interesses da sociedade e dos mercados.

O NESPRO “inaugura” a sua mais nova linha de pesquisa: bem-estar em bovinos de corte