• Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Youtube
  • Página inicial

Notícia


NESPrianos acompanham leilões de touros no RS desde 2013

06/11/2017



O NESPro, pelo quinto e último ano, marcou presença nos principais leilões de touros do Rio Grande do Sul. Como parte do projeto de doutorado da Jusecléia F. Lopes, a coleta de informações antes e durante os leilões busca avaliar as principais características fenotípicas, genotípicas e do próprio leilão que podem influenciar no preço de comercialização do touro.

Entre 2013 e 2017, foram coletados dados de, aproximadamente, 8.400 touros. Somente neste ano, foram observadas comercializações de mais de 1.200 animais das raças Angus, Hereford, Brangus e Braford, nos 13 principais leilões do estado. Conforme a doutoranda, “apesar da crise econômica do país, a liquidez dos animais nos remates permanece alta”. Em relação ao ano passado, destaca a doutoranda, "o preço de venda dos animais foi inferior, sendo essa desvalorização mais evidente em animais Angus e Brangus (17-20%) que em Hereford e Braford (7-8%)”.

A avaliação das características que podem influenciar os preços de comercialização, como pelagem, tamanho, idade, cincunferência escrotal, tempo de permanência em pista e ordem de entrada, irá direcionar a produção de touros conforme o interesse do comprador. Deste modo, espera-se melhor orientar todos os envolvidos no processo de comercialização de touros no RS.

O NESPro agradece aos produtores e organizadores dos leilões que permitiram a execução deste projeto. Também à colaboração e ao apoio do Centro de Tecnologia em Pecuária (CTPEC), da Unipampa campus Uruguaiana, coordenado pelo prof. Ricardo P. Oaigen.




NESPrianos acompanham leilões de touros no RS desde 2013