O NGCP

O Núcleo de Genética e Conservação de Plantas está vinculado ao Programa de Pós Graduação em Genética e Biologia Molecular da UFRGS (PPGBM). O grupo tem como linha de pesquisa central a genética e conservação de espécies de plantas Neotropicais com principal ênfase na família Bromeliaceae, utilizando diferentes abordagens e técnicas para resolver questôes relacionadas à biologia, ecologia, genética e evolução de espécies deste grupo taxonômico.

As bromélias constituem a maior família de plantas típicas do Novo Mundo, com distribuição geográfica restrita basicamente às Américas. Apesar da crescente demanda na utilização de bromélias como plantas ornamentais, tanto no Brasil quanto no exterior, são poucos os produtores nacionais efetivos que atendem ao mercado consumidor, havendo, portanto, uma procura maior do que a oferta. Sendo assim, surge uma lacuna que é preenchida com o comércio ilegal de bromélias provenientes do extrativismo. Além disso, grande parte das espécies ocorre na Mata Atlântica, um dos biomas com maiores índices de destruição do planeta. Por estes dois motivos, as populações de bromélias, de maneira geral, vêm sendo destruídas e ameaçadas, estando várias espécies presentes na lista vermelha publicada pelo IUCN (The World Conservation Union). A nossa equipe de trabalho está engajada não só na obtenção de dados que possam contribuir para uma melhor compreensão de muitos aspectos ainda desconhecidos para a maioria das espécies de bromélias da Mata Atlântica, mas principalmente comprometida com a integração desses dados para que haja um reconhecimento do real panorama em que se encontram as populações naturais destas plantas.

Apoio