Você está aqui: Página Inicial Notícias Descobertos utensílios de pesca com mais de 7500 anos

Descobertos utensílios de pesca com mais de 7500 anos

Uma equipa internacional de arqueólogos encontrou perto de Moscovo um conjunto de utensílios de pesca de grande complexidade técnica com mais de 7.500 anos, cujo estudo poderá revelar mais sobre o papel desta actividade na Europa.

A descoberta foi feita na bacia do rio Dubna, perto de Moscovo, uma zona onde os habitantes mantinham acampamentos estáveis durante todo o ano nos períodos do Mesolítico e Neolítico, noticiou esta quarta-feira a agência EFE.

O resultado das escavações foi anunciado pelo Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC) de Espanha, que lidera a equipa internacional responsável pelos achados, refere a agência Lusa.

No projecto participam também o Instituto de História da Cultura Material, Academia de Ciências da Rússia, o Museu Estatal do Hermitage de São Petersburgo, o Museu Estatal de Sergiev Posad, a Universidade Autónoma de Barcelona e o Centro Nacional de Pesquisa Científica da França.

Os aparelhos de pesca são os mais antigos descobertos até hoje na Europa, e o seu estudo poderá lançar luz sobre o papel da pesca entre as populações europeias do início do Holoceno, que viveram há 10 mil anos, especialmente naquelas zonas onde os habitantes não praticaram a agricultura até à Idade do Ferro.

«Até agora, pensava-se que os grupos mesolíticos não tinham acampamentos estáveis, apenas temporários, mas os resultados obtidos nestas escavações apontam que os humanos que aqui habitaram realizaram actividades produtivas ao longo de todo o ano», indicou o investigador do CSIC, Ignacio Clemente, que dirige o projecto.

Segundo o investigador, durante o Neolítico e o Mesolítico, os habitantes da região caçavam no Verão e no Inverno, pescavam na primavera e início do Verão, e recolhiam frutos silvestres no final da época estival e no Outono.

Adiantou que os artefactos de pesca encontrados agora revelam uma tecnologia muito desenvolvida dirigida para a prática destas actividades, com cestas feitas de pedaços de madeira e fibras vegetais.

FONTE: http://www.tvi24.iol.pt/internacional/utensilios-pesca-moscovo-velhos-arqueologia-tvi24/1320186-4073.html