Você está aqui: Página Inicial Notícias Mais 19 sítios arqueológicos são descobertos em Monte Alegre

Mais 19 sítios arqueológicos são descobertos em Monte Alegre

Pinturas rupestres e peças de cerâmica estão entre os elementos que compõem os 19 sítios arqueológicos recém-descobertos na parte baixa do Parque Estadual Monte Alegre (Pema), no oeste do Pará, por pesquisadores do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), que trabalham em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais e a Universidade de São Paulo (USP). O trabalho realizado por essas instituições tem o apoio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), e visa complementar os estudos sobre a região.

Para melhorar a capacitação dos guias que levam turistas até o Parque Estadual, divulgando as belezas do lugar mas sempre com a preocupação de preservar os registros históricos, a Sema promoveu neste mês uma aula de Arqueologia, ministrada pela arqueóloga e pesquisadora Edithe Pereira, do MPEG. A aula reuniu guias das comunidades do Ererê, Santana e Pay-tuna, os quais tiveram acesso a mais informações sobre a história do Pema.

A equipe da Sema, composta por Joyce Carla e Rodrigo Araquem, pela turismóloga Rafaela Leite, da Escola Tecnológica do Pará, e Ângela Kaxuyana, do Instituto Peabiru, esteve no Parque Estadual Monte Alegre e na Área de Preservação Ambiental (APA) Pay-tuna, em pontos só abertos à visitação pública com a prévia autorização da gerência do parque e da APA.

Segundo Edithe Pereira, os participantes da aula de escavação foram divididos em dois grupos. O primeiro foi composto pelos guias, e o outro por representantes das instituições. “No local havia pinturas rupestres descobertas há pouco tempo e um pequeno buraco feito pelos arqueólogos, de onde foram extraídas algumas peças de cerâmica. As artes estavam visivelmente cobertas por cupim, e algumas estavam um pouco apagadas, devido à chuva”, informou a pesquisadora.

FONTE: http://www.agenciapara.com.br/noticia.asp?id_ver=112094