Você está aqui: Página Inicial Notícias Populações bem maiores de humanos modernos podem ter levado a extinção Neandertal

Populações bem maiores de humanos modernos podem ter levado a extinção Neandertal

 

Muitas razões já foram sugeridas para explicar porque os humanos modernos foram a espécie vencedora do concurso terrestre: afinal, nós acabamos com os Neandertais e agora “mandamos” no mundo.

Guerras por território, poder superior do cérebro, ferramentas melhores, clima em mudança: todos esses fatores foram sugeridos para explicar como os seres humanos superaram os Neandertais na Europa.

Seria bom acreditar nisso, mas novas pesquisas indicam que o motivo pode ter sido bem mais simples: o número da população pode ter sido a chave para a predominância dos humanos modernos.

“Todos os tipos de teorias já foram apresentadas no passado. O que nós queríamos fazer é uma simples estimativa do número relativo de Neandertais em comparação com os humanos modernos”, conta o pesquisador Paul Mellars. “Nós suspeitamos que os humanos modernos chegaram em números de população muito maiores, e os Neandertais foram simplesmente inundados por esse número”, diz.

Ao examinar os locais habitados por seres humanos e Neandertais no que é hoje o sul da França, Paul Mellars descobriu que os humanos eventualmente superaram os Neandertais em cerca de 10 para um.

Os humanos modernos deixaram a África cerca de 60.000 anos atrás. Cerca de 10 a 15.000 anos mais tarde, chegaram ao local onde viviam seus parentes, os Neandertais, que tinham morado na Europa por mais de 200 mil anos. Uma grande parte de sua população habitava os vales do que é hoje o sul da França.

Os cientistas analisaram os assentamentos nestas áreas, abrangendo cerca de 75.000 quilômetros quadrados. Os assentamentos datavam entre 35.000 e 55.000 anos atrás. Cerca de metade desse período foi antes da chegada dos humanos, e a outra metade depois, durante o declínio dos Neandertais.

Eles determinaram quais assentamentos foram feitos por humanos e quais foram feitos por Neandertais observando os tipos de ferramentas encontradas nos locais. Então, a equipe analisou o número de locais ocupados por cada espécie, quão grande cada um dos locais era, e o número de ferramentas em cada um, para estimar a população de cada espécie.

Eles determinaram que cada um dos três fatores (tamanho do site, número de locais e número de ferramentas) indicou um aumento de duas a três vezes o número de seres humanos na área. Tomados em conjunto, os três fatores sugeriram que os humanos eram 9 a 10 vezes maiores em números do que os Neandertais. Mellars acredita que este pode ter sido o principal fator que empurrou os Neandertais para fora da França.

Francesco d’Errico, pesquisador da Universidade de Bordeaux na França, acredita que ambas as populações humanas crescentes e as mudanças climáticas poderiam ter sido fatores na extinção dos Neandertais. Mas ele lembra que calcular o número de pessoas a partir de evidências arqueológicas é um empreendimento arriscado, especialmente para este período de tempo, e os parâmetros utilizados neste estudo poderiam ser questionados.

Embora os pesquisadores não envolvidos no estudo acreditem que a ideia trazida por ele é credível, eles apontam que o aumento da população talvez não tenha sido o único fator envolvido na extinção dos Neandertais. Além disso, o estudo é focado na França, deixando a questão em aberto de como os Neandertais de outras regiões foram exterminados.[LiveScience]

FONTE: http://hypescience.com/populacoes-bem-maiores-de-humanos-modernos-podem-ter-levado-a-extincao-neandertal/