2019 - Atual
Transições para o Autoritarismo ou perda de qualidade da democracia? Uma análise comparativa da trajetória das democracias na Europa e Américas no século XXI
Descrição: Baseando-se no debate recente sobre a existência ou não de um risco sistêmico para os regimes democráticos, alavancado por textos como os de Roberto Foa e Yascha Mounck e pela emergência de líderes com perfil autoritário como Donald Trump e Victor Orban, este trabalho tem por objetivo identificar se há uma tendência generalizada de perda de qualidade da democracia, com o enfraquecimento de uma cultura política democrática e sua substituição por valores autoritários e possíveis transições de regimes democráticos para regimes autoritários ou híbridos na Europa e nas Américas e que fatores podem explicar este processo. Serão analisados os casos destes dois continentes na última década e meia, utilizando-se a metodologia da Análise Comparativa Qualitativa, buscando identificar a existência de uma perda generalizada da qualidade da democracia, sua relação com mudanças na cultura política e que variáveis podem ser consideradas necessárias ou suficientes para a ocorrência deste fenômeno.. 
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. 
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . 

Integrantes: Rodrigo Stumpf González - Coordenador 
BOURSCHEID, JUNIOR IVAN - Integrante
Maira Pereira da Costa - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 1