Você está aqui: Página Inicial Ensino Odontologia Graduação Monitorias

Monitorias

O programa de Monitoria Acadêmica visa proporcionar um espaço de aprendizagem contribuindo para a qualidade da formação dos estudantes de graduação, por meio de intervenção de monitores nos processos pedagógicos, bem como criar condições para o aprofundamento teórico e o desenvolvimento de habilidades relacionadas à atividade docente.

Cronograma de atividades 2017/2: clique aqui

 

O programa de Monitoria Acadêmica é dividido em diferentes modalidades:

I. Monitoria PROGRAD – modalidade presencial sob a responsabilidade da Pró-Reitoria de Graduação.

a)    Monitoria Acadêmica – podendo ser remunerada ou voluntária;

b)    Monitoria Acadêmica Especial – em programas especiais, podendo ser remunerada ou voluntária.

II. Monitoria EaD – sob responsabilidade da Secretaria de Educação à Distância.

a)    Modalidade Acadêmica EaD, mediante remuneração, que se aplica às disciplinas a distância e às disciplinas dos cursos presenciais com uso obrigatório de tecnologias digitais.

 

O aluno pode candidatar-se para vaga de Monitoria Acadêmica por meio de inscrição que deverá ser realizada no Portal do Aluno UFRGS em datas definidas pela PROGRAD no calendário de monitorias.

 

A seleção é feita através de edital público e contempla os requisitos mínimos estabelecidos pela Instrução Normativa 002/2014. A solicitação e distribuição de vagas é realizada pelo Departamento ou COMGRAD e é feita diretamente no sistema, assim como a vinculação dos monitores (Tutorial de Monitoria Acadêmica)

 

QUESITOS OBRIGATÓRIOS PARA ALUNOS CANDIDATAREM-SE:

I.        Estar regulamente matriculado, entre a segunda e a última etapa do curso;

II.        Comprovar aprovação ou liberação na(s) atividade(s) de ensino objeto da Monitoria ou equivalente para fins de Monitoria;

III.        Ter disponibilidade de 20 (vinte) horas semanais;

IV.        Não estar vinculado a nenhum outro tipo de bolsa ou programa acadêmico da UFRGS de atividade remunerada;

V.        Não estar em débito com a universidade;

VI.        Ter integralizado um número de créditos obrigatórios igual ou superior a soma dos créditos das disciplinas obrigatórias da primeira etapa do curso;

VII.        Possuir, a partir da segunda matrícula, taxa de integralização (número de créditos obtidos/número de cadeiras matriculadas) igual ou superior a 40% da Taxa de Integralização Média (TIM) do curso;

VIII. Não apresentar, no período letivo imediatamente anterior àquele em que houver a candidatura à monitoria, reprovação por falta de frequência (FF) em mais de 40% das atividades de ensino em que esteve matriculado.