Atividade 4:

Datação Relativa

 

Objetivos:

Através de um analogia, demosntrar a utilidade dos fósseis na ordenação as camadas de rochas no tempo.

Público-Alvo:

Estudantes de ensino-médio.

Tempo de duração:

15 minutos.

Material:

Um conjunto de cartões ilustrados com modelos de carrose um conjunto de cartões ilustrados com figuras de organismos fósseis para cada aluno ou para duplas de alunos.

 

Procedimento:

1) Abaixo estão listados vários acontecimentos científicos que marcaram a história. Tente estabelecer sua ordem cronológica crescente, numerando-os do mais antigo ao mais recente.

 

(   ) Chegada do Homem à Lua

(   ) Descoberta da célula

(   ) Fase final do Projeto Genoma

(   ) Invenção do computador

(   ) Invenção do ônibus espacial

(   ) Invenção do plástico

(   ) Invenção do telescópio

(   ) Primeira enciclopédia

(   ) Teoria da Evolução das Espécies de Darwin

(   ) Teoria da Relatividade

(   ) Teoria do Big-Bang

(   ) Lei da Gravidade

(   ) Descoberta do DNA

(   ) Clonagem da ovelha Dolly

(   ) Descoberta da anestesia

(   ) Invenção do pára-raio

(   ) Invenção da máquina a vapor

(   ) Invenção da bateria elétrica

(   ) Criação da genética

(   ) Descoberta dos raios-X

(   ) Estabelecimento da Mecânica quântica

(   ) Descoberta da estrutura do átomo

(   ) Invenção da Internet

 

Como você deve ter concluído, é praticamente impossível ordenar cronologicamente todos estes acontecimentos científicos que ocorreram ao longo dos últimos 400 anos!

Talvez você tenha conseguido, em alguns casos, indicar se um acontecimento é mais antigo ou mais jovem em relação a outro, mas não uma ordenação total, não é mesmo? Então, para alcançar seu objetivo de ordenar cronologicamente todos os fatos científicos listados, leia o item 2 e siga em frente.

 

2) Agora você recebeu uma série de cartões contendo os mesmos fatos científicos apresentados na atividade anterior. Em cada cartão há uma ou mais figuras de diferentes modelos de automóveis que se sucedem ao longo do tempo. Tente novamente ordenar em ordem cronológica os fatos científicos, utilizando, agora, os automóveis como "guias". Inicie com o fato mais antigo, que é aquele que está acompanhado pelo modelo mais antigo de automóvel (marcado com uma estrela).

Foi fácil, não é mesmo? Com os modelos de carros se sucedendo ao longo do tempo, você teve condições de estabelecer a ordem cronológica dos acontecimentos. No próximo item você poderá entender qual a relação que este exercício tem com a ordenação cronológica das camadas de rochas.

 

3) Proceda da mesma forma, empilhando, agora, cartões contendo figuras de fósseis. Os cartões representam as rochas contendo grupos de fósseis. Os fósseis sucedem-se ao longo do tempo no registro estratigráfico. Lembrar que, uma vez extinto, um fóssil não ressurge.

Agora pense sobre as seguintes situações:

 

4) Essas camadas de rocha (cartões com fósseis) se encontram empilhadas em uma mesma área geográfica. A ordem com que essas camadas foram depositadas no passado sofreu significativas alterações, devido a movimentos tectônicos. Portanto, as camadas encontram-se desordenadas. Como os fósseis podem ser utilizados para se determinar as idades relativas dessas rochas?

 

5) Cada uma dessas camadas de rochas contendo fósseis (cartões com fósseis) está aflorando em um determinado ponto de uma ampla área geográfica, a qual representa uma antiga bacia sedimentar. Isto significa que essas camadas de rocha foram, no passado, depositadas umas sobre as outras, de forma contínua. Hoje, devido à erosão, somente restou uma camada em cada ponto. Como, neste caso, os fósseis podem auxiliar no empilhamento (ordenação cronológica) dessas camadas de rochas?

 

Com este exercício você teve a oportunidade de refletir sobre dois dos principais que regem a Datação Relativa das camadas de rochas sedimentares contendo fósseis.

1) Princípio da Sucessão Fóssil

2) Princípio da Correlação Fóssil