Répteis Marinhos

Os Répteis Marinhos formam um grande grupo de répteis que retornaram à água, mas não são dinossauros.

Alguns Répteis Marinhos que viveram exclusivamente na Era Mesozóica e hoje são extintos são os plesiossauros e os ictiossauros. Eles eram predominantemente carnívoros e hábeis predadores.

Os ictiossauros mediam, em média, entre 2 e 3 m de comprimento (mas podiam atingir 15 m), tinham um focinho longo e afilado e nadadeiras caudais e dorsais tal como os peixes. Alimentavam-se preferencialmente de moluscos como por exemplo os cefalópodes amonites.

Os plesiossauros eram répteis marinhos, com as patas adaptadas à função de nadadeira e com o pescoço muito comprido. Se alimentavam de peixes, inclusive os tubarões. Podiam atingir até 15m de comprimento.

Ambos, ictiossauros e plesiossauros, surgiram no Triássico e se extinguiram no final do Cretáceo na mesma época que os dinossauros e muitos outros grupos de seres vivos.

Leituras recomendadas:

BERTINI,R.J. Répteis. In: CARVALHO, I.S. (ed) Paleontologia. Rio de Janeiro: Interciência, 2004. p.781-816.

KELLNER, A. Os répteis marinhos do passado. Ciência Hoje online, coluna Caçadores de Fósseis, 06/11/2006. http://ich.unito.com.br/49855