Taxonomia e Sistemática

 

Conceitos da Sistemática Filogenética

Grupo monofilético:

Grupo que inclui o ancestral e todos os seus descendentes.

 

Exemplo de grupo monofilético.

 

Clado:

É a denominação destes grupos, daí o nome Cladismo também aplicado a esta escola.

 

Cladograma ou Árvore Filogenética:

É o diagrama que representa as relações filogenéticas entre os clados.

Grupo parafilético:

Grupo que possui um ancestral comum, mas não inclui todos os seus descendentes.

 

Grupo-irmão:

É o grupo monofilético mais próximo daquele em foco no momento.

 

Exemplo de grupos-irmãos.

 

A forma de classificação dos organismos sofreu uma profunda modificação nas últimas quatro décadas, em função do advento da Sistemática Filogenética.

Entretanto, o método possui várias limitações, que no momento não podem ser contornadas. Uma dessas limitações, principalmente em paleontologia, refere-se às características utilizadas na análise. Para classificar organismos atuais, caracteres como cor, por exemplo, podem ser utilizados. No entanto, nos fósseis, essas características não ficam preservadas, inviabilizando o uso das mesmas.

Mesmo assim, o uso deste método se tornou generalizado, uma vez que preenche todos os requisitos necessários para ser considerado científico, não sendo mais aceitável hoje em dia apresentar filogenias idealizadas, como faziam os sistematas clássicos.