Triatoma spp.

       Gênero pertencente à subfamília Triatominae, a qual compreende insetos conhecidos como "barbeiros" ou "chupança". São importantes transmissores do protozoário Tripanossoma cruzi, agente da Doença de Chagas.
       Apresentam ciclo paurometabólico, como todo hemiptera. Seu biótopo é condicionado pela fonte de alimentação (machos e fêmeas hematófagos obrigatórios). Têm tamanho entre 9.5 e 39.5 mm e cabeça aproximadamente cilíndrica. Aparelho bucal picador-sugador e probóscida retilínea.
       Estão adaptados ao domicílio e peridomicílio humano e, se encontram condições de alimentação favoráveis onde vivem, pouco se distanciam. Possuem hábito noturno e é durante a picada que ocorre a defecação, liberando as formas infectantes que penetrarão pelo local da picada no hospedeiro vertebrado.
       O Triatoma infestans (1) é importante vetor de Tripanossoma cruzi na América do Sul, no interior das residências. Sua cor geral é negra com manchas amarelas no conexivo, no cório e nas pernas. Procuram locais de temperatura amena e ar mais seco (está, por isso, ausente nas faixas litorâneas sujeitas aos ventos marinhos).
       Seu controle refere-se à melhoria das condições residenciais, não construí-las próximas às matas densas e aplicação de inseticidas.

Triatoma infestans - inseto adulto.