Guardiões da Sociobiodiversidade: eventos simultâneos discutem sementes crioulas, frutas nativas e agroflorestas

Temas foram discutidos por povos indígenas, quilombolas, agricultores, ativistas, pesquisadores, professores e estudantes


Pesquisadores e professores do PGDR no Guardiões da Sociobiodiversidade (Fotos: Fernanda da Costa)

Promover a troca de conhecimentos sobre a relação entre a diversidade biológica, os sistemas de produção sustentáveis e as culturas das populações tradicionais e dos agricultores familiares foi o objetivo do encontro “Guardiões da Sociobiodiversidade: sementes crioulas, frutas nativas e agroflorestas”, que reuniu cinco eventos simultâneos sobre o tema. Realizadas de 26 a 28 de novembro, as atividades tiveram a participação de diversos atores engajados na preservação ambiental. Entre eles estavam povos indígenas, quilombolas, agricultores, ativistas, pesquisadores, professores e estudantes. 

O Guardiões da Sociobiodiversidade reuniu simultaneamente o 7º Seminário Agrobiodiversidade e Segurança Alimentar, a 2ª Feira de Sementes Crioulas na Alimentação, o 4º Seminário de Frutas Nativas do RS, o 3º Seminário das Agroflorestas do RS e o 4º Encontro Região Sul de Etnobiologia e Etnoecologia. Os eventos foram realizados na Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel da Universidade Federal de Pelotas (Faem/UFPel), que fica no município de Capão do Leão.

No primeiro dia, o encontro discutiu “Resiliência socioeconômica e ambiental: sementes crioulas, frutas nativas e sistemas agroflorestais”. Também houve uma cerimônia de homenagem aos guardiões da sociobiodiversidade, pessoas que se destacam na atuação pela preservação ambiental. O dia ainda teve uma atividade do Fórum Sociobiodiversidade, Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional e a cerimônia de lançamento da Feira de Produtos da Sociobiodiversidade, entre eles picolés com frutas nativas. 



André Benites falou sobre a importância dos povos indígenas para a preservação das sementes tradicionais

Já no segundo dia, os eventos contaram com três painéis: “Sementes crioulas, frutas nativas, sistemas agroflorestais e saúde”, “Frutas nativas e agroflorestas - Diálogos de Norte a Sul” e “Viveirismo como base para restauração de ecossistemas nativos”. Cacique da aldeia Tekoa Ka´agui Porã, em Maquiné, no Litoral Norte, André Benites ressaltou a importância dos povos indígenas para a preservação das sementes tradicionais. “Temos sementes milenares que não são como as sementes dos não-indígenas, que muitas vezes são transformadas. Nós temos sementes que nossa nação nasceu com elas e estamos mantendo até hoje. Manteremos até o fim do mundo. Por isso, a nossa cultura estará viva sempre", afirmou. 


Francisco Paulo Chaimsohn alertou sobre as ameaças ao PNAE e defendeu a manutenção do programa 

Pesquisador do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), Francisco Paulo Chaimsohn defendeu a manutenção do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). A política pública está com o futuro ameaçado pelo Projeto de Lei n° 5.695, que altera o atual modelo de execução do orçamento para o programa, criado no ano passado pelo senador Izalci Lucas (PSDB/DF). "O que a gente estava assistindo até agora era a oportunidade das crianças estarem consumindo alimentos de qualidade e, inclusive, da biodiversidade. No Paraná, por exemplo, teve a introdução do açaí de juçara na merenda. Então, isso é uma ameaça não só à economia, mas à própria biodiversidade”, alertou. 

Os temas “Governança territorial para a conservação da sociobiodiversidade” e “Paradigma das agroflorestas para o Nexus das seguranças hídrica, energética e alimentar nos biomas Pampa e Mata Atlântica” foram discutidos no último dia. O encontro Guardiões da Sociobiodiversidade foi realizado pela Embrapa Clima Temperado, UFPel, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul), Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PGDR/UFRGS) e Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA). 

Confira a galeria de imagens do evento no Facebook do PGDR

« Abril 2020 »
Abril
DoSeTeQuQuSeSa
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930