Notícias vinculadas ao NIPEDETE - Núcleo Interinstitucional de Pesquisa e Extensão em Desenvolvimento Territorial e Etnoecologia dos Territórios Rurais dos Campos de Cima da Serra e Litoral

O NIPEDETE é constituído na UFRGS pelo DESMA e NESAN/PGDR, Campos do Litoral Norte, pela UERGS – Unidades de São Francisco de Paula, Vacaria, Caxias do Sul e Tapes e pelo Instituto Federal do Rio Grande do Sul e tem como objetivo assessorar os territórios Campos de Cima da Serra e Litoral a constituir os colegiados territoriais e suas estruturas e elaborar o Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável.

O NIPEDETE é constituído na UFRGS pelo DESMA e NESAN/PGDR, Campos do Litoral Norte, pela UERGS – Unidades de São Francisco de Paula, Vacaria, Caxias do Sul e Tapes e pelo Instituto Federal do Rio Grande do Sul e tem como objetivo assessorar os territórios Campos de Cima da Serra e Litoral a constituir os colegiados territoriais e suas estruturas e elaborar o Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável.

São Francisco de Paula

27/fev - UERGS implanta Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento Territorial dos Campos de Cima da Serra

Vacaria

19-20/mar - O 1º Seminário Integrador da UERGS reúne membros do Conselho de Desenvolvimento Territorial e do Projeto Território Campos de Cima da Serra (MDA/CNPq)

 

4

O 1º Seminário Integrador ocorrido na UERGS Vacaria nos dias 19 e 20 de março possibilitou a integração de membros do conselho de Desenvolvimento Territorial e do Projeto Territórios Campos de cima da Serra e Litoral, financiado pelo MDA/CNPq, que envolve UERGS e UFRGS. A Profª. Gabriela Coelho-de-Souza (PGDR/UFRGS), coordenadora do Projeto atuou na comissão organizadora do evento e articulou as palestras proferidas pelas assessoras dos territórios dos Campos de Cima da Serra, Msc. Andressa Ramos Teixeira, e do Litoral, Angélica Cristina Siqueira.

Os assessores Flávio Zampieri e Msc. Andressa Ramos Teixeira serão os assessores do Território Campos de Cima da Serra durante os 2 anos de execução do Projeto que tem como objetivo fortalecer o processo de implantação dos Territórios Rurais do Litoral e dos Campos de Cima da Serra, consolidando o colegiado territorial (CODETER) e  construindo o Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável. Para isso a UERGS, a UFRGS e o IFS-RS formaram o Núcleo Interinstitucional de Pesquisa e Extensão em Desenvolvimento Territorial e Etnoecologia (NIPEDETE) dos Campos de Cima da Serra e Litoral. 
Este Projeto de Pesquisa está inserido no Programa de Desenvolvimento Sustentável de Territórios Rurais (PRONAT), em parceria com diversas instituições da sociedade civil, nos governos federal, estaduais e municipais. O PRONAT tem por objetivo promover o planejamento, a implementação e a autogestão do processo de desenvolvimento sustentável dos territórios rurais e o fortalecimento e dinamização da sua economia.

30/mar - UERGS pelo desenvolvimento da região 

Três Cachoeiras

22/mai - Funcionários do GHC conhecem cooperativa de agricultores

Mostardas e Viamão

01 de julho - Pesquisadora da UNB visita comunidades Guarani e de remanescentes de quilombos da Casca

5 
Legenda: D. Ilza, pesquisadora Elaine Pasquim, D. Rosa na Casca, Mostardas
Por: Marina Guahnón

Entre os dias 26 a 30 de junho o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural e o Núcleo de Estudos em Segurança Alimentar e Nutricional da UFRGS (NESAN) receberam a pesquisadora Elaine Pasquim, que é vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia e doutoranda da Universidade de Brasília, orientada pela Prof. Elisabetta Recine do Observatório de Políticas de Segurança Alimentar e Nutrição/OPSAN, do Depto de Nutrição.

Em seu projeto de pesquisa, Elaine aborda o papel da extensão enquanto produção de conhecimento no meio acadêmico através da análise dos projetos selecionados pelo edital de Proext em 2014, cuja temática se centrasse em Segurança Alimentar e Nutricional. Visando compreender como se dá produção de conhecimento na interação entre o saber acadêmico e o popular, bem como de que maneira isso contribui para a população e para a formação dos estudantes.

Em seu projeto de doutorado foram selecionados três destes projetos para observação in locu, entre eles o projeto “Segurança Alimentar e Nutricional: consolidação do Observatório Socioambiental do Rio Grande do Sul em rede com povos indígenas e comunidades tradicionais", desenvolvido pelo NESAN. Para entender a articulação dos povos e comunidades tradicionais com o Observatório Socioambiental em Segurança Alimentar e Nutricional, a pesquisadora visitou a aldeia Guarani do Cantagalo, em Viamão, e a comunidade de remanescentes de quilombo da Casca, em Mostardas.

Plenária Territorial do Litoral

A Plenária Territorial que consolidou o CODETER Litoral (Colegiado de Desenvolvimento Territorial) ocorreu no dia 14 de agosto na Câmara dos Vereadores de Osório. O evento contou com a participação de cerca de 80 representantes dos 24 municípios que compõem o território. Com intensa programação o evento contou com a apresentação da estrutura e representantes do colegiado, dos núcleos técnico e diretivo, das câmaras temáticas e os primeiros resultados das pesquisas realizadas pelo NIPEDETE. O Cacique Guarani da Aldeia Pindoty, de Riozinho, Professor Felipe Brizoela, membro do núcleo diretivo, ressaltou em sua fala, a importância da participação de indígenas e demais povos e comunidades tradicionais na discussão sobre o desenvolvimento territorial, “para que ninguém venha fala por eles”. Na parte da tarde todos participaram do trabalho participativo conduzido pelos técnicos da EMATER Luis Fleck e Gustavo Alves, iniciando o debate sobre a construção do Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável.

Facebook


Dias 28 e 29/set - V Seminário Observatórios, metodologias e impactos: dados e participação

V Seminário OBSERVATÓRIOS, METODOLOGIAS E IMPACTOS – DADOS E PARTICIPAÇÃO dá sequência à tematização de interesse da REDE DE OBSERVATÓRIOS SOCIAIS, um coletivo de Observatórios com atuação no campo social comprometido com a organização e democratização das informações, assim como com a afirmação de políticas públicas no contexto da sociedade contemporânea. Entre os observatórios que participam destacam-se o OBSERVASINOS, OBSERVAPOA, OBTEIA (Observatório da Política Nacional de Saúde Integral das Populações do Campo, da Floresta e das Águas), OBSSAN-RS/NESAN.

O evento dá continuidade ao debate sobre o papel dos Observatórios, suas metodologias e impactos, e seu uso como ferramenta estratégica de afirmação da democratização do Estado e da sociedade brasileira.

Leia a notícia na íntegra.

registrado em:
« Março 2020 »
Março
DoSeTeQuQuSeSa
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031