Sustentar o ativismo: um movimento de mulheres brasileiras e a colaboração entre pai e filha

Sustentar o ativismo: um movimento de mulheres brasileiras e a colaboração entre pai e filha

 

Em 1986, no Rio Grande do Sul, um grupo de jovens mulheres iniciou um movimento por direitos à aposentadoria e à licença-maternidade para as mulheres trabalhadoras rurais, buscando fortalecer o papel das mulheres em suas famílias e comunidades. Em Sustentar o ativismo, Jeffrey W. Rubin e Emma Sokoloff-Rubin revelam os bastidores da trajetória desse extraordinário movimento, que ampliou direitos democráticos através da luta em defesa dos direitos das mulheres. Como dupla de pai e filha pesquisadores, eles descrevem os desafios da pesquisa etnográfica e relatam como sua mútua colaboração proporcionou-lhes uma perspectiva singular da ardente luta por igualdade.

Em 2002, Jeffrey e Emma fizeram sua primeira viagem de pesquisa conjunta a Ibiraiaras e Sananduva, onde, ao longo dos dez anos seguintes, conduziriam entrevistas com ativistas. Suas vívidas narrativas das vidas das mulheres desvelam o imenso esforço exigido para sustentar um movimento social nos anos que se seguem às primeiras conquistas, quando o caminho político a percorrer já não é tão claro e a meta de reformar os papéis de gênero mostra-se muito mais difícil do que as atividades jamais poderiam imaginar. Destacando as tensões internas ao movimento quanto à melhor forma de produzir a mudança, Sustentar o ativismo demonstra que os movimentos sociais precisam incluir múltiplas vozes para se sustentarem e que as democracias necessitam dos movimentos sociais para melhorar a vida das pessoas.

 

ISBN 978-85-386-0345-0

Organizadores: Jeffrey W. Rubin e Emma Sokoloff-Rubin

« Novembro 2019 »
Novembro
DoSeTeQuQuSeSa
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930