Laboratórios

 

As diversas unidades da UFRGS às quais os docentes pesquisadores do Curso estão vinculados apresentam uma considerável infraestrutura experimental e de apoio técnico.

 

Uma breve descrição das principais facilidades experimentais, infra-estrutura e ambiente de pesquisa nos quais os docentes e discentes do PGMicro estão inseridos é apresentada abaixo, listadas conforme as unidades universitárias a que os docentes do PGMicro estão vinculados.

 

Instituto de Física:

 

- Laboratório de Microeletrônica do Instituto de Física, que conta com

Sala Limpa (composta por Sala de Fotolitografia, Sala de Processos Químicos e  Sala dos Fornos), Implantador de Íons, Salas de Medidas (com diversos equipamentos para medidas elétricas DC e AC). Detalhes podem ser acessados em http://www.if.ufrgs.br/microel/index.html

 

- Laboratório de Laser e Óptica: Possui estrutura experimental para Sensoriamento e Espectroscopia no infravermelho/visível/ultravioleta, Fabricação e Caracterização de Guias de Onda / Filmes (Eletro)Ópticos (para aplicações como Instrumentação, Fotônica e Energia), Desenvolvimento de Filmes a Vácuo, Sol-Gel e Compósitos (para aplicações em Tecnologias da Informação, Biológicas e Sensoriamento). Instrumentação óptica e desenvolvimento de dispositivos eletro-ópticos para aplicações industriais. Detalhes podem ser acessados em www.if.ufrgs.br/laser/

 

- Laboratório de Fabricação de Nano Estruturas e Filmes Finos: O L3FNano produz nanoestruturas em metais de transição para uso em diversas tecnologias, desde superfícies superhidrofóbicas auto limpantes até fotocatalisadores para produção de hidrogênio e degradação de poluentes. Dentre as diversas nanoestruturas produzidas no L3FNano, também destacamos a produção físico química de nanopartículas de diversos materiais, como metais e semicondutores para uso em sistemas biológicos e células fotovoltaicas.

 

Instituto de Química:

 

- Laboratório de Superfícies e Interfaces Sólidas: O LASIS dispõe de um equipamento de análise de superfícies além de facilidades para limpeza de amostras. Ele consiste numa estação Omicron que com uma câmara de análise, que opera em ultra-alto vácuo,  uma fonte de raios-X duplo ânodo (Al e Mg), para análise por espectroscopia de fotoelétrons induzidos por raios-X (XPS), uma fonte de UV (He), para análise por espectroscopia de fotoelétrons induzidos por radiação no ultravioleta (UPS), uma fonte de íons (He+, O2+, Ar+), para espectrometria de íons de baixa energia (LEIS) e desbaste das amostras, um canhão de elétrons, para análise por espectroscopia Auger e para neutralização de amostras dielétricas, um analisador hemisférico, capaz de analisar em energia as partículas carregadas, sete channeltrons, para detectar, tanto os fotoelétrons quanto os íons espalhados, e um espectrômetro de massa de alta resolução do tipo quadrupolo para realizar a técnica de espectrometria de massa de íons secundários (SIMS).

 

Engenharia Elétrica:

 

- LAPROT - Laboratório de Prototipação e Teste: destina-se ao desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão pertinentes à prototipação rápida e teste de sistemas eletrônicos dedicados. No âmbito deste laboratório, circuitos dedicados são desenvolvidos em diferentes tecnologias e com diferentes técnicas de projeto e teste.

- LAPSi - Laboratório de Processamento de Sinais: destina-se à pesquisa, desenvolvimento e aplicação de algoritmos de processamento digital de sinais e imagem, filtragem adaptativa, implementando tanto software quanto hardware necessários à realização destas tarefas.

 

- LCE - Laboratório de Caracterização Elétrica: é o mais novo laboratório, recentemente implantado. Destina-se a caracterização elétrica de dispositivos semicondutores, encapsulados ou não. Principais equipamentos já instalados e em uso: Agilent 4156, analisador de parâmetros de semicondutores, Máquina de microponteiras (micromanipulador) da Cascade Microtech, modelo EP6, para medida de circuitos integrados diretamente na lâmina de silício (sem necessidade de encapsulamento prévio). Câmara térmica modelo TENNEY TUJR-A-F4 (permite realizar medidas elétricas com o circuito de interesse em temperaturas de -75 a +200 C, com precisão de  +/- 0.3  Celsius). Há ainda neste lab diferentes equipamentos de suporte, como fontes de tensão, multímetros e osciloscópios.

 

Instituto de Informática:

 

- Laboratório de Síntese de Circuitos Lógicos: dispõe de infraestrutura computacional e diversas ferramentas para o Projeto de Circuitos e  Sistemas Integrados.

 

- Laboratório de Prototipação Rápida de Sistemas Eletrônicos: Possui infraestrutura para prototipagem de sistemas integrados em FPGAs e FPAAs, incluindo hardware estado-da-arte dos principais vendors, como Xilinx e Altera.

 

- Laboratório de Desenvolvimento de Ferramentas de CAD: dispõe de infraestrutura computacional e diversas ferramentas para o Desenvolvimento de Ferramentas de CAD.

 

Além destes laboratórios vinculados a unidades acadêmicas, os alunos e docentes do PGMicro tem acesso e tem usado rotineiramente centros interdepartamentais, como o:

 

- Centro de Microscopia Eletrônica, que possui equipamentos como Microscópio Confocal FV1000, Microscópio Eletrônico de transmissão JEOL JEM 120 EXll, Microscópio Eletrônico de Varredura JEOL JSM 6060 e JSM 5800, dentre outros . Detalhes em http://www.ufrgs.br/cme/

 

-        Linha de Montagem SMD do Laboratório LASCAR (Escola de Engenharia): Linha completa de montagem de placas SMD contendo printer, pick-and-place automática, forno de refusão, máquina de inspeção óptica e estação de retrabalho BGA.

 

Recursos de Informática

 

As quatro unidades universitárias possuem laboratórios de Informática conectados à Internet e acesso ao Portal de Periódicos da Capes. Além disto, estes laboratórios estão equipados com hardware e software necessário para as atividades do Curso.

Destacamos ainda que temos licença para uso dos pacotes de EDA mais relevantes internacionalmente, dentre os quais podemos citar aqueles fornecidos por empresas como Cadence, Synopsys, Xilinx, entre outras.

 Estes pacotes de EDA incluem mais de 300 ferramentas com licenças universitárias utilizadas desde a simulação de processos de fabricação e dispositivos (TCAD), até o projeto de um sistema em chip completo (SoC) utilizando técnicas de projeto nos níveis de abstração mais altos.

 Temos ainda "design kits" oferecidos por diferentes foundries, e acordos para prototipagem (produção de pequenos lotes de circuitos integrados) através de serviços multi-projetos, como CMP e Europractice.

Uma modificação importante em 2020 foi no sentido de reestruturar a infraestrutura de ferramentas de CAD para microeletrônica do programa. Conseguiu-se uma bolsa da Pró-reitoria de Pesquisa (PROPESQ) para manter um bolsista responsável pela instalação de ferramentas, licenças, PDKs (Process Design Kits) e suporte. A estrutura multiusuário, antes suportada pelo NSCAD com recursos do extinto programa governamental CI-Brasil, agora denomina-se CADMICRO e conta com apoio institucional da PROPESQ (Bolsa), Instituto de Informática (rede, espaço físico e recursos financeiros para licença de software), Escola de Engenharia (recursos financeiros para licença de software), CPD (hospedagem de servidores e VPN) e PGMICRO (gestão, recursos humanos e manutenção, através de recursos de custeio PROAP-CAPES). Detalhes sobre esta infraestrutura multiusuário (serve também alunos e docentes do PPGEE (Eng. Elétrica), PPGC (Computação) e dos cursos de graduação em Engenharia Elétrica, Engenharia de Computação e Ciência da Computação da UFRGS) podem ser encontrados em: https://www.cadmicro.ufrgs.br/

Language / Idioma

English  Español

« Junho 2022 »
Junho
DoSeTeQuQuSeSa
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930