PortugueseEnglishSpanish

By

Pesquisador da UFRGS receberá o titulo de Doutor Honoris Causa da Universidade de Montpellier

NT_20161130101335_cod1506O Prof. Dr. Ricardo Augusto da Luz Reis, do Instituto de Informática da UFRGS, receberá o titulo de Doutor Honoris Causa da Universidade de Montpellier.

A distinção será concedida no dia 09 de dezembro, na França, por sua contribuição na esfera internacional e na  formação de especialistas e pesquisadores em sua área.

Trajetória de Ricardo Reis

Ricardo Augusto Da Luz Reis é professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Ele é Doutor em Instituto de Engenharia National Polytechnique de Grenoble em TI, opção microeletrônica (1983). A sua investigação é na interface entre o microeletrônica e de tecnologia da informação, no domínio do software e ferramentas o projeto de arquiteturas de circuitos integrados. Com mais de 500 publicações e inúmeros protótipos, é reconhecido internacionalmente por suas contribuições para a síntese automática de topologias circuitos digitais CMOS. Ele representou o Brasil em muitos casos Internacional e contribuiu para inúmeras colaborações com a França, em particular com a Universidade de Montpellier desde 1990.

Fonte: Fapergs

By

Professora do Instituto de Artes conquista Prêmio Açorianos de Literatura 2016

Divulgação

Divulgação

A Professora Paula Ramos venceu o Prêmio Açorianos de Literatura 2016 nas categorias de Projeto Especial e Livro do Ano, com o livro Modernidade Impressa: artistas ilustradores da Livraria do Globo de Porto Alegre. O trabalho é fruto de pesquisa iniciada há mais de 15 anos, a partir da realização do seu mestrado e doutorado.Os vencedores do Prêmio foram divulgados no dia 28 de novembro.

O livro aborda a história da Livraria do Globo a partir de sua produção gráfica, enfatizando os artistas ilustradores que trabalharam na legendária Seção de Desenho da empresa, na primeira metade do século XX, sob a gerência do designer alemão Ernst Zeuner. Os lançamentos editoriais se destacavam pela produção visual assinada por artistas como João Fahrion, Sotero Cosme, Nelson Faedrich e Edgar Koetz.

Surgida em 1883 como uma modesta papelaria, localizada na antiga Rua da Praia, a Livraria e Editora Globo foi uma das mais prósperas empresas do Rio Grande do Sul no século XX, revolucionando o cenário editorial e a linguagem gráfica brasileira.

Fonte: UFRGS Notícias