PortugueseEnglishSpanish

By

Professores da UFRGS estão entre os vencedores do Prêmio Pesquisador Gaúcho

jovem pesquisador gaucho

Nesta terça-feira, 13 de setembro, foram divulgados os vencedores do Prêmio Pesquisador Gaúcho. Entre os ganhadores  estão dois professores da UFRGS. Na área de Física e Astronomia, a ganhadora é a pesquisadora do Instituto de Física Thaisa Storchi Bergmann; e na área de Matemática/Estatística/Computação, o professor do Instituto de Informática Manuel Menezes de Oliveira Neto.

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (FAPERGS) divulga nesta terça-feira, dia 13 de setembro, os destaques da pesquisa científica no Estado por meio do Prêmio Pesquisador Gaúcho 2016. A UFRGS conta com dois pesquisadores premiados na modalidade Pesquisador Destaque.

Manuel Neto é professor no Departamento de Informática Aplicada e desenvolve pesquisas nas áreas de computação gráfica, processamento de Imagens, visão computacional, realidade aumentada e realidade virtual, entre outras. Ele é orientador de pesquisa em destaque nesta semana no UFRGS Ciência. Thaisa Bergmann está ligada ao Departamento de Astronomia e realiza estudos na área de astrofísica extragaláctica. Foi a primeira cientista a detectar a presença de um disco de acreção em torno de um buraco negro no centro de uma galáxia inativa. Em 2015 conquistou o prêmio L’Oréal-Unesco para Mulheres na Ciência.

Cerimônia

A solenidade de premiação será realizada no dia 6 de outubro de 2016, no Salão de Convenções da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS).

Fonte: UFRGS Notícias

By

Professora do Instituto de Física da UFRGS ganha prêmio L’Oréal-Unesco para Mulheres na Ciência

Divulgação

Divulgação

A professora Thaisa Bergmann, chefe do departamento de Astronomia, está entre as vencedoras do prêmio L’Oréal-Unesco para Mulheres na Ciência.

A área de pesquisa de Thaisa é em astrofísica extragaláctica, com foco nos processos de alimentação e feedback de buracos negros supermassivos em galáxias. Ela foi a primeira cientista a detectar a presença de um disco de acreção em torno de um buraco negro no centro de uma galáxia inativa.

O prêmio reconhece mulheres que contribuíram para o avanço científico. Segundo a Unesco, apenas 30% dos pesquisadores no mundo são mulheres.

Fonte: FAPERGS e UFRGS